12 julho 2017

Resenha | Os Filhos da Tempestade - Rodrigo de Oliveira


Livro: Os Filhos da Tempestade
Série: ?
Gênero: Terror, Suspense e Mistério
Autor: Rodrigo de Oliveira
Editora: Planeta do Brasil
Páginas: 336
Ano: 2017

Resenha:
Foi em 1692 que Salém passou pelo período mais conturbado de sua história. Uma escrava contou a um grupo de garotas o que sabia sobre as tradições vodu e depois disso as garotas começaram a ter pesadelos e convulsões e até a agir como animais. Uma dessas garotas era filha do reverendo Samuel Parris e como o médico não encontrou nenhuma explicação racional para o que estava acontecendo, declarou que a garota era vitima de bruxaria. A cidade então foi tomada pelo pânico e liderados pelo juiz Samuel Sewall, uma verdadeira caça as bruxas teve início, com muitos inocentes sendo mortos. Cinco anos depois o episódio parece superado até que o juiz Sewall conhece Carol Smith e um suposto caso de bruxaria se apresenta novamente em suas mãos. Para não acontecer uma nova caça as bruxas, Sewall decide mandar Carol para ser julgada no Vaticano e justifica essa decisão dizendo que a questão é referente ao céu e ao inferno e nada mais justo do que os padres lidarem com ela. 

Carol embarca no galeão Vivian rumo a Europa. Ela fica isolada de todos, mas John um dos marujos, fica encarregado de sua alimentação e acaba se rendendo ao charme de Carol. Ela pede que John lhe traga uma rosa de presente e se possível seu medalhão que lhe foi tirado no momento em que foi presa. Incapaz de resistir, John trás o que ela pede, e quando entrega a rosa ele acaba ferido pelos  espinhos. Então Carol corta sua mão e une seu sangue ao de John dizendo que agora ele lhe pertence. Carol se entrega a John, que nem percebe que está fazendo amor em cima de um pentagrama. E enquanto isso uma tempestade surge do nada matando a todos no navio. Carol tira a vida de John e a oferece como um sacrifício para seu mestre, pedindo que ele salve sua vida. Mas seu mestre decide fazer algo melhor e com o sacrifício de Carol cria um pedaço do inferno na terra. Essa parte do mundo posteriormente seria conhecida como Triângulo das Bermudas.

Tiago não poderia estar mais empolgado. Ele vai viajar para o exterior sem seus pais e é sua primeira vez em um avião. Tiago vai para Los Angeles participar de um concurso musical com vários de seus colegas do conservatório de música. E ainda tem um bônus: Cíntia, a garota que ele está interessado, também vai nessa viagem. O avião sai do Rio de Janeiro com um tempo ótimo, mas quando chega no Caribe o comandante percebe uma grande tempestade e tenta desviar dela, mas não consegue e depois de muito pânico o avião cai no mar e menos de um terço da tripulação sobrevive à queda. E o pior ainda não tinha passado. Logo que os sobreviventes conseguem sair do avião eles são pegos por um redemoinho. Tiago pensou que tinha chegado a sua vez, mas ele acorda em um lugar completamente diferente. A primeira coisa que ele percebe é o céu claro sem nuvens e o Sol a pino, e segundo é que o lugar mais parece um cemitério de embarcações. E somente os adolescentes que estão vivos, todos maiores de dezoito morreram no redemoinho. É então que eles veem uma ilha. E eles percebem que não estão sozinhos. Mas a presença humana é o menor dos perigos que eles vão enfrentar.

"- Qual é, se ele conseguiu a gente também consegue. Sobrevivemos à queda de um avião em meio a uma tormenta! Somos os Filhos da Tempestade agora - Cíntia falou, em tom zombeteiro, desafiando os amigos."

Eu me apaixonei pela escrita do Rodrigo na série As Crônicas dos Mortos e quando vi que ele estava lançando um livro novo, é claro que já quis ler. Nem precisava saber nada sobre o livro e já sabia que ia gostar. E foi assim que comprei o livro, sem nem ler a sinopse. Só dai quando o livro chegou aqui em casa fiquei sabendo que era um livro que ia tratar de um assunto que sempre fui fascinada: o Triângulo das Bermudas. Eu assistia todos os filmes que sabia ser sobre isso. Navios, aviões que desapareciam naquele trecho. Eu que sempre fui fã de mistérios não tem como não ficar curiosa para saber se é verdade mesmo e o que realmente acontece por lá. Então imaginem minha ansiedade para a história. Um autor que amo, com um assunto que sempre fui fascinada. E ainda bem que minhas expectativas foram atendidas. O livro é tudo o que eu esperava e mais um pouco. 

O livro não é tão adulto como as Crônicas dos Mortos. Fora a primeira parte que é mais pesada, o restante vai acompanhar adolescentes, por isso a história é mais leve. Mas nem por isso deixa de ter aquela pegada de suspense misturada com terror, caraterística do autor. Depois do começo arrasador, temos uma acalmada na história quando nos é apresentado os adolescentes que acabam na ilha. Então vamos acompanhar a adaptação desses jovens, que não é nada fácil. Aqui o livro poderia ter sido dividido em primeira e segunda parte porque temos um outro personagem inserido na história. Uma adolescente colombiana acaba indo parar na ilha e encontra os já conhecidos personagens e eles vão viver uma nova aventura. E quando a gente pensa que tudo terminou, o autor deixa um gancho enorme para um próximo livro, que não sei se haverá ou não. E ainda faz uma revelação surpreendente. Fiquei de cara quando descobri.

Quanto aos personagens, temos três que tem mais destaque que os outros, Carol, Tiago e Melina, mas todos os outros são relevantes. Só uma dica: não se apegue. O autor continua tão mau como em As Crônicas dos Mortos e mata sem dó. Carol é a primeira personagem que aparece e é ela quem dá inicio a toda essa confusão. E mesmo não aparecendo ao longo da história, seu nome é citado o tempo todo. Tiago é um adolescente de quatorze anos que mostra muita maturidade e acaba se tornando o líder do grupo. E por fim Melina, a terceira protagonista que aparece no meio da história, mas que também é um dos pontos chaves de todo mistério. Enfim, é um livro que indico sem pensar duas vezes. A história é ótima e a edição está muito bonita. A capa tem tudo a ver com a história e logo que vi ela me lembrei dos filmes que assistia sobre o Triângulo das Bermudas. Se você assim como eu, é fã de um bom livro de suspense com toques de terror, esse livro é para você.

"Aquele lugar era maldito. Ele viciava, seduzia e aprisionava as pessoas. Era como uma gigantesca teia de aranha da qual era impossível escapar."

Nota:





16 comentários:

  1. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas parece ser muito interessante pelo o que você escreveu.
    Beijos, muito legal o livro!

    batomveermelhoblog.blogspot.com
    @batomdamanda

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sil!

    Nossa, sinistro, hein hsuahsu Não curto esse assunto de vudu, e essas histórias de bruxaria, salvo HP hahah Comprei dois thrillers recentemente. Vou dar uma folguinha no gênero. Deixo passar a dica, mas é legal você ter curtido! Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nada do autor, mas pelo visto estou perdendo muita coisa. Adorei a história desse livro e a capa achei muito bonita também :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Senhor, estou pra enlouquecer com esses lançamentos, não consigo ler tudo e fico só adicionando a lista ...

    https://clebereldridge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nossa Sil
    essa historia é be forte
    bruxaria, feitiço, mistério, terror
    bem interessante hehehe
    Gostei bastante da resenha
    bju

    Karina Pinheiro

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil, tudo bom?
    Apesar de ter tido umas problemáticas com os personagens das Crônicas dos Mortos (especialmente os homens daquela história), a escrita do Rodrigo é realmente maravilhosa, do tipo que prende e faz valer a pena continuar até o fim. Ainda não terminei a série, mas fiquei bem interessada nesse!
    Também ADORO Triângulo das Bermudas, todo o mistério envolvendo aquela localização. Bom saber que a história caminha bem do início ao fim. Vou tentar adquirir na Bienal!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Sil, eu conheço o Rodrigo porque li um livro de As Crônicas dos Mortos. Não sou bem o público-alvo do livro, mas com certeza o autor arrasa na narrativa e puxa, ele continua malvado hehehehehe adorei a resenha!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Oi, Sil

    Desde que eu li as resenhas dos livros das Crônicas dos Mortos aqui eu fiquei com vontade de conhecer a escrita do autor, mas eu acabo nunca comprando os livros.
    Eu nunca liguei muito para o Triângulo das Bermudas, mas lendo sua resenha eu fiquei tentada a ler o livro, gostei desse início no passado... sempre curto histórias assim cujo passado tem relação com acontecimentos no presente.
    "não se apague"... melhor conselho! hahahah

    Beijo
    - Tami
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  9. O livro parece ser maravilhoso. Eu provavelmente ja devo ter lido alguma resenha dos livros dele, mas não ne encaixo como alguem que vai ler haha

    Beijão,
    Querida Cretina

    ResponderExcluir
  10. Adoro esse tipo de historia, mas não tenho muito paciência para ler um livro todo, só se for muito bom para prender minha atenção!

    Você já conhece o Blogueira que Inspira? Seria um prazer te ter como seguidora! Amei seu blog:)

    www.blogueiraqueinspira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie Sil =)

    Desde que li a sinopse desse livro achei a premissa dele interessante, mas estava esperando ler alguma resenha para saber mais da história. Como fã de fantasia logo de cara a capa chama a atenção e pelos pontos que você citou a história parece ser bem interessante.

    Só fiquei assustada com a parte do não se apegue rs... esses autores maus viu XD

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  12. Nossa, amei a história! Já quero ler, é um tipo de leitura que adoro e também sou fascinada pelo triângulo das bermudas.

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Sil, tudo bem?


    Esse é mais um livro e mais um autor que fico conhecendo aqui, logo de cara me chamou atenção pela capa e a sua resenha me deixou super curioso, dia mais do que anotada.....bjs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil! Eu vou conhecer o trabalho do autor por esse livro e espero gostar muito, se me agradar compro o box da outra série. Confio na sua opinião e estou bem animada.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  15. Eu não conhecia o autor, mas fiquei curiosa e ainda mais por você gostar tanto.
    É maravilhoso altas expectativas com um autor e ele consegue superá-las, não é?
    Fiquei curioso com o livro, ainda mais por se concentrar em mais personagens do que geralmente é.
    Alguns autores são realmente maus e não podemos nos apegar a nenhum personagem.
    Espero conhecer o trabalho do autor logo.
    Adorei a resenha!
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  16. Oi Sil,

    Já ouvi falar do autor, mas não sabia desse livro dele.
    A premissa é bem interessante! Eu leria.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo