24 junho 2022

#127 | A Estante Aumentou!

Final do mês passado foi meu aniversário e me presenteei com alguns livros que estavam na minha lista de desejados. Mas só comprei também porque entraram em promoção hehe. Também chegaram alguns livros de parceria e do Clube Intrínsecos. E fiz uma promessa de meio de ano que só vou comprar livros físicos se ler os que já estão na minha estante, fora os que forem de série porque dai não vou conseguir me segurar. Vai funcionar assim, tenho que ler pelo menos 5 livros físicos para poder comprar 1 novo. Espero que assim consiga ler os que estão na estante e também diminuir os e-books que estou lendo, porque se deixar só leio e-books e os físicos só ficam lá pegando pó hehe. 

Recebidos

Recebi da Faro Editorial esses três livros. No lugar errado, na hora errada foi lançamento de maio e os outros dois de abril. Foi um parto para conseguir receber os livros por conta da transportadora que fez a maior confusão na entrega dos parceiros. E acabou vindo o pedido duplicado. Nunca chegava e quando chegou veio dois de cada hehe. Já tem resenhas de todos eles no blog.


Do Clube Intrínsecos veio esse livro que vou esperar as resenhas para saber se quero ler, porque incialmente não me atraiu. E esse brinde se alguém recebeu e sabe o que é me avisa porque eu não sei hehe. E infelizmente a Intrínseca anunciou que o Clube terá seu fim em setembro. É uma pena porque foi o clube que eu mais gostei de assinar.


E esses foram os que comprei. Esse acabei conseguindo pegar a edição com os brindes, mesmo não tendo comprado na pré-venda. Mas é outro que vai ficar na estante até eu ter lido a trilogia Caraval, que estou esperando a editora publicar ainda. 


Esses três são livros que estavam na minha lista de desejados da Amazon e aproveitei que baixaram os preços para comprar. Nona Casa eu quero desde que lançou, mas nunca baixava. Quando aconteceu comprei na mesma hora. Carrie eu já li, mas queria ter essa edição na minha coleção.


Também comprei esse da Literalize na pré-venda. Que edição maravilhosa, assim que der vou incluir ele na fila de leitura. 




Desapegos

Consegui separar alguns livros para doar esse mês. São livros que já li há muito tempo e não vou reler e também tem esses dois da Faro que acabei recebendo duplicado. E tem esse de não-ficção que veio na Trama Box e que não vou ler. 




Desejados

Esse mês não teve muita coisa que entrou no meu radar não. Só esse de época que achei a capa linda e esse da Agatha que faço coleção. 





20 junho 2022

Resenha | O Lorde Que Eu Abandonei - Scarlett Peckham

Livro: 
O Lorde Que Eu Abandonei 
Série: Os Segredos De Charlotte Street #3
Gênero: Romance de Época
Autora: Scarlett Peckham
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2021

Resenha:
Henry Evesham é um homem de fé que preza pela moral e os bons costumes. Tanta dedicação a sua causa, acabou lhe rendendo uma indicação na Câmara dos Lordes e ele agora ocupa o cargo de lorde-tenente e está em uma missão que investiga o dano dos vícios sobre os inocentes de Londres e uma forma de combatê-lo. Para tanto ele vem investigando as conhecidas transações carnais praticadas em algumas casas conhecidas e principalmente aquela do número 23 da Charlotte Street, frequentada por muitos lordes da sociedade e conhecida por suas práticas peculiares. Mas depois de tanta provação, seu relatório parece estar terminado, e finalmente ele vai poder ficar longe de todas essas tentações. 

Henry só precisa ir até a famosa residência mais uma vez, já que depois de ter saído praticamente correndo em sua ultima visita, ele acabou perdendo seu diário pessoal. Henry não encontra o diário, mas sim uma oportunidade de colocar seus dons de bom samaritano em prática. Justamente no momento em que se despede da Sra. Brearley, a dona da casa, Alice Hull, a criada da casa, adentra o local feito um furacão, desesperada porque recebeu noticias de sua família, que pede que ela volte urgente para casa já que sua mãe tem poucos dias de vida. E por coincidência a residência da família de Alice é próxima da casa do pai de Henry, que lhe oferece uma carona até lá. 

Alice reluta em aceitar já que a impressão que tem de Henry não é muito boa, mas pela urgência da situação, ela acaba aceitando. Alice foi criada no campo, mas devido a algumas circunstâncias ruins precisou deixar tudo para trás e tentar a vida em Londres. E acabou indo parar justamente em uma casa que presta alguns serviços carnais fora do habitual. Mas em vez disso assustar Alice, seu desejo é fazer parte disso tudo e está treinando para se tornar uma das damas da casa que realizam os desejos mais secretos da aristocracia local. E agora ela vai ter que viajar ao lado do sujeito mais puritano de Londres, e não perde uma oportunidade de provocá-lo. Mas aos poucos essas brincadeiras dão lugar a um desejo insano. De ambas as partes, o que no caso de Henry é como ter que escolher entre perder sua vida ou sua alma.


Esse é o terceiro livro do que seria uma trilogia e agora descobri se tratar de uma série. A autora chegou como uma grande promessa dos romances de época por ter usado uma abordagem diferente em seus livros que chegaram a serem comparados a um Cinquenta tons de época. A casa que faz a ligação e da título a série, é conhecida por dentro dela as pessoas poderem expressar e colocar em pratica seus desejos sexuais de uma forma segura e sigilosa. O primeiro livro eu amei, o segundo fiquei com alguma coisa que não consegui identificar me incomodando, e esse terceiro infelizmente foi uma decepção. No primeiro temos a prática BDSM abordada e nesse terceiro além de outros assuntos, a autora escolheu falar sobre hierofilia.

Ela escolheu falar sobre religião usando dois extremos, de um lado um fanático que acredita que tudo é pecado até o açúcar, e do outro uma prostituta que abomina religião. E nem um lado nem o outro mostra o que significa a verdadeira fé, que não está no ato de julgar e condenar e sim em amar e aceitar. Por isso não gosto de ler livros que abordem algum assunto relacionado a religião, porque estou cansada de ver abordagens completamente erradas sobre o assunto. Se eu quero criticar algo e chocar como parece ser o caso aqui da autora, primeiro eu tenho que estudar o assunto e no caso deixar claro que a visão que estou expondo na história não condiz com o que a verdadeira fé representa e sim o que algumas pessoas acreditam que ela seja. 

Eu sou cristã e me policio o tempo todo para não julgar algo diferente do que acredito. Ninguém é obrigado a acreditar e seguir o mesmo que eu, mas respeito me é devido sim. E confesso que se eu soubesse que seria esse o assunto do livro e que seria dessa forma que ele seria abordado, eu não teria lido ele. Justamente para não ficar nessa posição que estou agora. Não tenho nada contra qualquer prática que seja, e nem é essa minha reclamação e sim com a forma com que a autora escolheu abordar o assunto. Mas tentando deixar isso de lado e olhar para o livro apenas como um romance, o que foi um esforço enorme da minha parte, o livro é apenas mediano. 

Depois da página 100 as coisas até começam a melhorar, mas chegar até lá que foi a dificuldade. Demorei uma eternidade para ler esse livro e se eu fosse alguém que consegue largar uma leitura, eu o teria feiro. O tanto de maravilhosa que tem a protagonista do segundo livro, essa tem de sem sal. Alice é uma pessoa preconceituosa que julga Henry desde o primeiro instante, o que é engraçado levando em conta que ela própria sofre preconceito com a vida que escolheu. E Henry foi a única coisa que gostei no livro. E olha que tinha detestado suas atitudes no livro anterior. Mas enfim, não sei ainda se vou continuar lendo essa série porque infelizmente ela veio num decrescente. Mas sua opinião pode ser diferente da minha, então se o livro te interessou, leia ele.

Nota:








17 junho 2022

Top 5 | Editoras no Kindle Unlimited

Para quem ainda não conhece, o Kindle Unlimited é um programa de empréstimos de e-books da Amazon. Você paga uma mensalidade e pode ler quantos livros que estão no programa que conseguir e pode manter até 20 deles no seu Kindle ao mesmo tempo. Mas não é preciso ter um Kindle para ler os livros. Como é um aplicativo dá para ler em qualquer dispositivo que tiver a mão. O valor mensal do programa é de R$19,90, mas o primeiro mês é grátis. E esse valor já é um bom negócio porque geralmente esse é o preço de um e-book, e ainda direto eles tem promoções onde três meses de assinatura saem por apenas R$1,99. Quase de graça né? 

E não é somente de e-books nacionais mal escritos que o programa sobrevive, como muita gente acredita. Tem editoras que tem praticamente todo seu catálogo no programa. Hoje vou trazer algumas delas aqui para vocês conhecerem. São editoras que sempre estão presentes em minhas leituras e que recomendo muito alguns de seus livros. É só clicar no nome das editoras para ser redirecionado. 

1- Editora Charme

A Charme tem em seu catálogo grandes nomes do romance contemporâneo como Mariana Zapata, Vi Keeland, Penelope Ward, Abbi Glines e Ella Maise, e de romances de época Madeline Hunter, Lucy Vargas e Mary Balogh.

2- The Gift Box

Já na The Gift Box você vai encontrar romances com temas mais pesados e bastante drama e temos nomes como Penelope Douglas, Tillie Cole, Lily White e Tara Sivec.

3 - L3 Book Publishing

Essa é uma editora que conheci recente e já amo seus livros. São aqueles romances gostosos e fáceis de ler e recomendo para quem gosta do gênero. Temos nomes como Stacy Reid, Lucy Score, Pippa Grant e Claire Kingsley.

4 - Cherish Books Br

Essa editora apesar de mais velha no mercado ainda tem muitos nomes não tão conhecidos. Mas seus livros são igualmente bons. Temos Lauren Royal, Christy Anderson, Emma Wildes e Mara Jacobs.

5 - Grupo Editorial Record

Essa não preciso nem comentar porque acredito que é uma das editoras mais conhecida entre os leitores. E temos muitos livros deles no KU. Só tome cuidado quando for um livro de série que geralmente eles só colocam o primeiro no programa.


Bonus: AllBook Editora

Não poderia deixar de citar essa editora que conheci recente e que amei todos os livros que li deles até agora. 





16 junho 2022

Resenha | Se liga, Dani Brown - Talia Hibbert

Livro
: Se liga, Dani Brown
Série: As Irmãs Brown #2
Gênero: Romance
Autora: Talia Hibbert
Editora: Paralela
Páginas: 381
Ano: 2022

Resenha:
A última coisa que Danika quer na vida é ter um relacionamento que envolva sentimentos. Para que complicar se é tão mais fácil se somente envolver o desejo e a satisfação de ambas as partes? Por isso nada de jantar antes, nem conversa depois do sexo. Todos os seus relacionamentos foram assim, inclusive o último com Josephine. Se aquela coisinha desagradável chamada amor resolve aparecer, Dani foge o mais rápido possível. Mas desde Josephine, está difícil de encontrar alguém que queira o mesmo que ela, por isso Dani resolve apelar para as forças superiores e pede ajuda a Oxum para encontrar alguém que só queira se divertir, sem complicações ou sentimentos envolvidos, e que quando estiver diante dessa pessoa ela receba um sinal de que é a pessoa certa.

Dani fica muito atenta, já que essa não é uma de suas qualidades, mas lá se vão alguns meses e nada ainda do sinal. Então ele vem, quase que na forma de um príncipe montado em um cavalo branco e pronto para salvar a donzela em perigo. No caso foi Zaf, o segurança do prédio onde Dani dá aulas, que veio tirar ela do elevador onde ficou presa durante um treinamento. Dani sabe que Zaf não combina muito com ela, já que ele é um cavalheiro que com certeza está atrás de compromisso, mas ela não pode ignorar os sinais e se foi ele que o universo mandou, ela vai aceitar. Ainda mais que Zac saiu do prédio com Dani no colo e um dos alunos filmou tudo e o vídeo acabou viralizando. 

O que Dani não imaginava era que essa fama repentina pode ser um pesadelo para Zaf, que na verdade é Zafir Ansari, um jogador de rúgbi aposentado há sete anos depois que uma tragédia se abateu sobre sua família. Mas Zaf tem uma ONG e quando ele percebe que a mídia não está interessada em seu passado e que o vídeo pode trazer visibilidade e muita ajuda para as crianças do projeto, ele resolve entrar na onda. Mesmo que isso signifique fingir um namoro com Dani, já que por causa do vídeo todos acreditam que eles estão juntos. E Dani está super de boa com esse namoro falso, já que assim ela pode ter a parte boa da coisa, sem precisar fingir sentimentos que não existem. Mas será que não existem mesmo?

"Não. O que eu quis dizer é que um relacionamento não deveria ser assim.  Não deveria ter prioridades diferentes, ninguém deveria ser punido por ser quem é."

Eu amei o primeiro livro das Irmãs Brown, por isso estava super ansiosa para a leitura desse, já que a Dani me pareceu ser uma mulher bem interessante nas vezes que apareceu no livro da Chloe. E não sei se foram as altas expectativas, mas acabei não gostando desse segundo da mesma forma que gostei do primeiro. Talvez para quem for ler os livros com um espaço de tempo entre eles, essa impressão seja diferente. Não que o livro não seja bom, pelo contrário, os livros da autora tem se mostrado os melhores romances contemporâneos publicados ultimamente, e pensei muito antes de dar minha nota, porque dei um cinco para o livro da Chloe, mas o livro da Dani merece mais do que um quatro. Então seria um quatro e meio.

O motivo de eu não ter dado nota máxima para o livro foi justamente a Dani. Mas pensando bem agora que estou escrevendo a resenha, isso pode ser um pouco de machismo da minha parte. A autora escolheu a protagonista feminina para falar de algo que estou cansada de ver nos livros, mas no papel masculino: Dani tem medo de relacionamentos. E se a gente aceita de boa isso quando é em um homem, porque esse pé atrás quando acontece com a mulher? Temos que rever isso. Mas ainda assim, como disse, a história da Chloe está bem viva na minha memória e fica inevitável a comparação entre as duas e a Chloe me conquistou muito mais. Ainda mais que Zaf é perfeito e a gente acaba tomando as dores dele. 

Zaf é o típico príncipe encantado que só existe nos livros infelizmente. E que acaba estragando nossa visão dos homens reais. Porque quem não queria ter alguém como ele para amar e ser amada? Esse tanto de leitoras solteiras é tudo culpa dessas autoras que descrevem um homem ideal que nunca vai existir de verdade hehe. E a Talia é perita nisso, porque não sei quem é mais perfeito, o Red ou o Zaf. Acho que o Zaf tem uma certa vantagem porque imaginem, ele gosta de ler romances. É pra acabar mesmo. E teve uma cena que me acabei de rir porque já aconteceu parecido comigo, ser pega quando está lendo bem as partes mais hots da historia. 

E risadas foi o que não faltou durante a leitura. Nos dois livros da série a autora usou da comédia romântica para abordar assuntos sérios de uma forma leve, mas profunda e muito bem escrita. Aqui além do já citado medo da protagonista de desenvolver sentimentos por alguém e não alcançar as expectativas de ambas as partes, temos um pós luto que agravou a ansiedade do protagonista masculino. E ainda temos toda a representatividade presente na história. Dani é negra, gorda, bissexual e bruxa e Zaf é descendente de mulçumanos. Enfim, fica aqui a minha indicação de leitura. Se ainda não leu, aproveite e já se jogue nos dois livros da série porque são leituras super válidas e gostosas. Quanto a capa, gostei bastante, e nem sou fã dessa cor, mas representa bem os protagonistas. 

Nota:







14 junho 2022

Top 5 | Meus crushes dos filmes

Domingo foi o dia dos namorados e para comemorar nada melhor do que fazer postagens relembrando nossos crushes, (na minha época nem existia essa palavra hehe). Hoje trago para vocês os galãs do cinema por quem eu suspirava na minha adolescência. Como sou um pouco mais velha que os leitores do blog, talvez vocês nem conheçam alguns ou então pensem: "nossa esse velho!". Mas sou velha também hehe.

Keanu Reeves

Começando por esse que ainda tenho uma quedinha por ele, e quem não? hehe. Assisti mil vezes Velocidade máxima e Matrix que não entendia nada só por causa dele.

Tom Cruise

Esse é outro que a exemplo do Keanu Reeves, não envelhece. Conheci ele no filme A Lenda que era uma porcaria na verdade, mas eu só assistia por causa dele hehe.

Richard Gere

Quem aqui não assistiu Uma linda mulher e se apaixonou pelo ator que atire a primeira pedra. E olha que ele já não era tão novo na época do filme hehe.

George Clooney

Outro galã que tirava suspiros da mulherada. E também é outro que só melhorou com o tempo.

Denzel Washington

Já esse estrelou um dos meus filmes policiais favoritos e depois via tudo dele que encontrava pela frente.


Ai vocês vão perguntar onde estão o Brad Pitt e o Leonardo DiCaprio nessa lista? Então, nunca fui muito fã de loiros hehe...

E vocês, já tiveram um crush em algum desses? Qual seu crush dos filmes?




11 junho 2022

Resenha | No lugar errado, na hora errada - Greer Hendricks e Sarah Pekkanen

Livro
: No lugar errado, na hora errada
Série: Não 
Gênero: Suspense
Autora: Greer Hendricks e Sarah Pekkanen
Editora: Faro Editorial 
Páginas: 256
Ano: 2022

Resenha:
Shay Miller enxerga o mundo através de estatísticas. E não é nem por conta do seu trabalho, pesquisadora de mercado que analisa dados para ajudar empresas a tomarem decisões sobre os produtos que vendem, e sim desde que entendeu ainda criança que os números impactam como as pessoas te veem. Elas olham para você e vem quilos, metros, anos, notas, feitos, tudo em números e, te julgam dependendo da quantidade deles que você apresenta. É por isso que Shay sabe que três sempre é demais e está ficando cada vez menos dentro do apartamento que divide com seu amigo Sean desde que ele começou a namorar. 

E Shay estava mais uma vez fugindo do casal apaixonado quando presenciou um suicídio na estação do metrô. A mulher olhou dentro dos seus olhos antes de se jogar na frente do trem e aquilo marcou Shay que não consegue esquecer o que aconteceu e acaba entrando em pânico cada vez que tenta usar o metrô. E quando ela descobre o nome da mulher que se matou, Amanda, acaba indo até a casa dela e depois ao serviço fúnebre, onde conhece as irmãs Cassandra e Jane Moore, amigas de Amanda. As duas acreditam que Shay sabe mais sobre Amanda do que está contando e decidem se aproximar dela para descobrir se realmente Amanda falou mais do que deveria. 

Sem suspeitar de nada, Shay acaba sendo levada pelo glamour que cerca a vida das irmãs, porque elas são tudo o que Shay sempre sonhou para si. As duas são lindas, sofisticadas, bem sucedidas em suas carreiras e Shay acaba contando uma ou duas mentiras e exagerando um pouco sobre seu relacionamento com Amanda. Mas isso acaba virando uma bola de neve e quanto mais Shay tenta consertar seu erro inicial, mais mentiras ela precisa contar, inclusive para a policia. Só que quando Shay está com as irmãs, ela sente ter a vida que sempre mereceu e que faria qualquer coisa para isso se tornar realidade. Mas ela nem desconfia que o preço pode ser muito mais alto do que ela pode pagar: sua própria vida.

"Inicialmente, as irmãs acreditaram que Shay seria a pior pessoa possível com quem se envolver após o suicídio. Agora, parece que é justamente o oposto.
Ela é perfeita.
Todo esse tempo, elas têm tentando descobrir quem era Shay.
Agora as irmãs devem concentrar todos seus esforços em quem Shay poderia ser."

No ano passado eu tive meu primeiro contato com a escrita das autoras e fiquei maravilhada em como elas escrevem de um jeito que prende a gente na história e a gente não consegue largar o livro até terminar. E o pior nem é isso. Elas fazem a gente de boba e a gente gosta. Isso sem falar nos personagens que não são lá tão corretos, para dizer o mínimo, e a gente acaba se apegando e torcendo por eles, mesmo que eles não estejam fazendo nada de muito certo. A história é narrada em primeira pessoa pela Shay e em terceira quando acompanha a Cassandra e a Jane e as outras amigas do circulo delas e, logo no começo já sabemos que elas fizeram alguma coisa muito errada e que Amanda pagou por isso com a vida e elas acreditam que de alguma forma Shay sabe o que é.


Ai já entra a curiosidade para saber o que elas fizeram, e a tensão de ver como elas vão cercando Shay e a tonta vai caindo na delas como um patinho. Vai dando um nervoso porque aparentemente Shay é uma boa pessoa e as outras não. Shay é aquele tipo de pessoa perdida na vida que acaba se agarrando a primeira mão que lhe oferecem, não importa o tipo de ajuda que essa pessoa está oferecendo. Eu ficava agoniada por ela, porque a gente que está de fora claramente enxerga onde isso vai dar e a personagem não. Ou apenas não quer enxergar na verdade, porque tudo está conveniente para ela. É o famoso se fazer de tonta para viver. Mas apesar disso ela é uma ótima personagem, com várias camadas que a gente quer desvendar e torce para que ela tenha um final minimamente feliz.

Quanto a personalidade das irmãs, não posso falar muito, nem delas nem das outras amigas, porque se não vou acabar soltando spoilers. Só sei dizer que fui feita de besta novamente pelas autoras várias vezes durante a leitura. Não consegui descobrir quase nada dos mistérios apresentados por elas e quando a gente pensa que acabou, ainda tem mais uma coisinha no final que você fica, é isso então né? É um livro mais que recomendado para quem ama um bom suspense. Quanto a edição, notei uma diferença nesse livro se comparado aos outros da Faro. A fonte está menor, e como estou acostumada com os outros livros da Faro, tive uma pequena dificuldade na hora de ler. Mas não é nada exagerado, é só que a Faro acostumou a gente mal mesmo hehe, e de resto está tudo maravilhoso como sempre. 

Nota:








08 junho 2022

Resumo Cinéfilo de Maio/2022

Tick, Tick... Boom!

Olívia



Ainda estou aqui
Sinopse: Filmow
Nota: 3,5/5
Romance adolescente com uma pitada sobrenatural. É um romancinho água com açúcar, coisa que eu já esperava. Mas, acho que faltou algo mais pra nos envolver ainda mais com a historia. Porém, pra quem gosta de historias de amor. tenho certeza que vai gostar. 

King Richard: Criando Campeãs
Sinopse: Filmow
Nota: 4,5/5
Will Smith vive uma historia real de um pai sonhador. No qual planeja o futuro das filhas e as treina diariamente para serem tenistas. O filme conta a trajetória das tenistas Vênus e Serena Willians. Papel que rendeu o Oscar para Will, como melhor ator.

Downton Abbey - o filme
Sinopse: Filmow
Nota: 4,5/5
Eu sou fã da serie. Ela é linda e belamente produzida. O filme é um presente para os fãs. 

Capitã Nova
Sinopse: Filmow
Nota: 3/5
Em um futuro assolado pelas consequências humanas. Uma piloto volta ao futuro para impedir um desastre global. Mas, a viagem não sai exatamente como ela esperava. O filme inicialmente é paradinho, mas ele vai ganhando corpo e a historia vai nos prendendo. Gostei.



Batman
Sinopse: Filmow
Nota: 3/5
Peço desculpa aos fãs. Eu não consegui gostar do filme. Juro que tentei, Até revi pra vê se tinha perdido algo. Mas...sinceramente, não foi. A nota 3 é pela qualidade da produção.

16 Quadras
Sinopse: Filmow
Nota: 4/5
Bruce Willis está muito bem no papel de policial corrupto/arrependido. A historia nos prende a atenção do inicio ao fim. Até um final que tenho certeza que agrada a todos. Recomendo

Confie em mim
Sinopse: Filmow
Nota: 4/5
É uma adaptação do livro com o mesmo nome de Harlan Coben,  nosso queridinho. A historia é boa e bem produzida. Talvez por ser uma produção Polonesa e num ritmo um pouco lento e confuso. Achei que ficou a desejar em alguns momentos. Porém, é um bom filme. 

Tick, Tick... Boom!
Sinopse: Filmow
Nota: 4/5
Baseado na vida de Jonathan Larson. Que precocemente morreu sem poder ver onde a sua obra chegou. Andrew Garfield está muito bem no papel. Avisando que é um filme musical, e talvez para quem não goste do gênero, pode não gostar. Vale a pena assistir. 


Sentença 1º temp.
Sinopse: Filmow
Nota: 3/5
Nova serie da Prime. Camila Morgado, novamente arrasando. No papel de uma advogada criminalista e com vários problemas pessoais. Heloísa, entra em defesa de uma mulher que mata um homem com óleo quente. E ao se aproximar cada vez mais da verdade, mais perturbadora a historia vai ficando. Torço pela 2º temporada. 

Moonfall - Ameaça Lunar
Sinopse: Filmow
Nota: 1,5/5
Gente sinceramente fiquei decepcionada com o filme. Vi tantos comentários que me deixaram curiosa, que parecia ser um excelente filme... Mas, me senti uma idiota por ter esperando tanto do filme. Nem vou continuar. Se você assistiu, me conta o que achou. Vai que é eu que não assisti direito hehehe

Maravilhosa Sra. Maisel 4º temp
Sinopse: Filmow
Nota: 3/5
Sou fã da serie, acho divertida e leve. E  ainda trás temas atemporais. Porém, essa temporada deixou a desejar. Mesmo assim, tem seus momentos marcantes. Espero que a próxima temporada, seja melhor. 

Onde os fracos não tem vez
Sinopse: Filmow
Nota: 4/5
Ganhador do Oscar de 2008 e tantos outros. Onde os fracos não tem vez. É um filme para assistir com atenção. Degustando a historia e seus diálogos. As atuações estão incríveis. Vale a pena assistir. 


Silvana



Julie and the Phantoms (1ª Temporada)
Sinopse: Filmow
Nota: 4.5/5
Eu peguei a dica dessa série no blog Estante da Ale. Demorei para assistir porque não sou tão fã assim de musicais, mas finalmente me rendi e amei. Me diverti, me apaixonei, me emocionei. Só não foi perfeita porque queria mais episódios e infelizmente ela não foi renovada para uma segunda temporada. Eu não entendo a Netflix. Tem tantas séries ruins com quinhentas temporadas e quando a série é boa eles cancelam.

De volta aos quinze
Sinopse: Filmow
Nota: 4/5
Esse eu também peguei a dica no blog da Ale. Eu não li o livro, então não sei se ficou fiel ou não. Mas adorei a série. São poucos episódios, então dá para maratonar fácil. E além de abordar assuntos super relevantes, a série é só nostalgia para quem viveu naquela época. E gosto cada vez mais da Maisa. E olha que não dava nada para ela, confesso. Só não gostei mais da série porque não vi química no casal principal nem com a Maisa, nem com a Camila. 

Com amor, anônima 
Sinopse: Filmow
Nota: 2/5
Esse filme eu assisti por indicação da Netflix mesmo. E perdi meu tempo. Filme bobo e fraquinho. Não sei se um publico mais jovem, tipo bem jovem mesmo possa apreciar mais do que eu.


A Love So Beautiful (1ª Temporada)
Sinopse: Filmow
Nota: 3/5
Eu só tinha assistido um dorama até então que gostei bastante. Mas com esse a minha experiência não foi muito boa. Pelo menos até uma metade. É aquele típico clichê da garota esquisita que é apaixonada pelo bonitão da classe e não enxerga que tem alguém muito melhor apaixonado por ela bem ali do lado. Cansei de ver a menina se humilhando e o cara nem ai para ela. E shippei o casal errado só para variar. Mas do meio em diante melhorou e acabei gostando no final. 

Quanto Mais Vida, Melhor 
Sinopse: Filmow
Nota: 2.5/5
Infelizmente a novela teve mais momentos ruins do que bons. Teve um começo sofrível, depois melhorou muito quando eles trocaram de corpo, mas logo cair na mesmice, e o final deixou muita coisa a desejar. A Giovanna Antonelli praticamente levou a novela nas costas junto com sua antagonista a Júlia Lemmertz. Eles erraram feio em insistir em um romance entre o personagem do Vladimir Brichta e da Bárbara Colen que foi uma personagem sem sal e intragável a novela inteira. Quanto ao casal formado pelo Mateus Solano e Valentina Herszage, a emissora havia acabado de reexibir uma novela onde os atores eram pai e filha e ficou muito estranho aquilo ali.







06 junho 2022

Resenha | Turma da Mônica Jovem: Luz, gatos, confusão! - Mauricio de Sousa

Livro
: Luz, gatos, confusão!
Série: Turma da Mônica Jovem #2
Gênero: Infantojuvenil
Autor: Mauricio de Sousa
Editora: Milk Shakespeare
Páginas: 96
Ano: 2022

Resenha:
Esse é o segundo volume de quatro que serão publicados pela Faro Editorial pelo selo MilkShakespeare com a turma da Monica jovem. Cada volume conta com três histórias super divertidas e cheias de aventuras com essa turminha que aprendemos a amar quando crianças e que continuam tão interessantes agora adolescentes. As histórias do livro são uma novelização da série exibida e coproduzida pelo Cartoon Network e como tem muitos mais episódios na série, espero que a editora traga mais do que apenas os quatro volumes prometidos. 


Porque além de histórias incríveis, ainda temos uma edição que dá gosto. O livro é recheado de ilustrações que intercalam com o texto e feito todo em duas cores. No primeiro volume era preto e roxo e nesse segundo preto e verde. E nas orelhas dos livros temos os personagens da turminha. E como falei na resenha do primeiro volume, eles cresceram, mas a essência de cada um deles continua ali. Em cada personagem e possível ver as características que fizeram deles não apenas personagens, mas amigos de toda criança que se aventurou pelos quadrinhos dessa turminha. Mesmo cada um tendo seu favorito, o meu era o Cebolinha, a gente torcia por todos de igual forma.


E amo eles adolescentes, mas tendo acompanhado eles por tantos anos como crianças, ainda fica um pouco estranho ver por exemplo, a Mônica descobrindo ter outros tipos de sentimentos pelo Cebolinha que não a raiva de tanto que ele aprontava com ela. Mas ao mesmo tempo é muito interessante acompanhar eles adolescentes porque afinal todo mundo cresce um dia. E eles passam por todo tipo de conflito, autoafirmação e todas aquelas coisas típicas que acompanham o crescimento. Vemos isso claramente nos personagens através das histórias que são acima de tudo muito divertidas. Eu ri que nem boba lendo elas.

A primeira, Gatos e Afins, claro foi minha favorita. Nesse caso sou meio a Magali porque queria poder trazer todos o gatos abandonados que encontro na rua para minha casa. Na história a Magali está com quinze gatos dentro do quarto dela e seu pai dá um basta porque é alérgico, mas ela não consegue se desfazer deles e tem uma ideia brilhante para pode continuar com todos. Na segunda história Luz, Câmera, Cascão, a turminha está participando de um festival de curtas do bairro e acabam indo filmar na escola durante a noite e encontram mais do que esperavam e na terceira, Batalha de Quitutes, Quim vai participar de um concurso de gastronomia para provar que não é somente o filho do padeiro. 

Mas enfim. Não posso falar muito sobre as histórias para não acabar soltando algum spoiler, já que as histórias são curtas, com cerca de trinta páginas cada uma delas. Só me resta indicar o livro para todo fã da turminha. As histórias são divertidas, cheias de aventuras e valem a pena a leitura. Na resenha do primeiro volume vi que muita gente ainda tem receio de ler as histórias com eles jovens. Eu também tinha, mas afirmo que foi uma das melhores coisas que fiz, porque amo cada um deles ainda mais. 

Nota:







02 junho 2022

Resenha | Mestres do Mistério - vários autores

Livro
: Mestres do Mistério
Série: Não 
Gênero: Romance Policial
Autores: Arthur Conan Doyle, Edgar Allan Poe, Jacques Futrelle, G.K. Chesterton e Wilkie Collins
Editora: Faro Editorial 
Páginas: 160
Ano: 2022

Sinopse:

Cinco mestres do suspense estão reunidos em uma sala trancada... 

Imagine o seguinte cenário: um personagem resolve se isolar em uma sala. Diz que quer se concentrar, que precisa de alguns minutos para si, e dá a entender que se sente ameaçado por outra pessoa. Na despedida, faz questão de trancar a porta por dentro. E algo suspeito acontece. Horas depois, ele não responde às batidas na porta. Então ela é arrombada. Dentro da sala, descobrimos o seu cadáver, com indícios de assassinato. Mas como é possível, se a porta ficou o tempo todo trancada e a chave continua na fechadura, do lado de dentro? 

Essa premissa consagrada pelos escritores mais talentosos é o ponto de partida de todas as histórias reunidas neste livro. E o segredo por trás de cada trama cabe a você descobrir! 

Então, apure os sentidos, aguce seu senso de detetive e prepare-se para entrar em um mundo de suspense e mistério, desfrutando das histórias mais criativas publicadas em todos os tempos. 

Com curadoria de Victor Bonini!

Resenha:
Desde que vi a Faro anunciando esse livro, eu já desejei ele. Como fã de livros de mistério desde que me conheço por gente, é claro que assim que ele chegou aqui em casa já furou a fila na pilha de leitura e acabei lendo ele em um dia de tão bom que é. Como vocês podem ver pela sinopse, o livro tem a curadoria do Victor Bonini, de quem já resenhei alguns livros aqui no blog e que assim como eu é fã da Agatha Christie. Bonini reuniu nesse livro cinco contos que partem da mesma premissa, mas não é somente essas cinco histórias que usam o mistério do quarto fechado como ponto de partida, ela é bem comum nos romances policiais porque prende o leitor em um mistério considerado praticamente impossível de desvendar.

Mas não quando temos detetives como Sherlock Holmes em cena. Logo no primeiro conto já vamos nos deparar com o detetive inglês no conto A aventura dos dançarinos. Por já ser fã do Arthur Conan Doyle e seu famoso detetive eu já havia lido esse conto anteriormente, mas confesso que depois de tantos livros lidos as histórias se embaralham em nossa mente e da história só lembrava mesmo é das figuras dos dançarinos. E temos mais uma história incrível do autor com um desfecho surpreendente. Mas o que chama a atenção nos livros com o detetive não é nem a resolução do caso em si, e sim a forma como a mente do detetive trabalha e de como ele consegue solucionar o caso que seu amigo e parceiro o Dr. Watson, assim como o leitor, nem imagina antes de ele revelar os detalhes. 


O segundo conto, Os assassinatos na Rua Morgue do autor Edgar Allan Poe, também foi uma releitura. Esse conto foi meu primeiro contato com o autor e foi o que mais gostei dele até agora dos que eu li. Aqui também temos um cenário onde é praticamente impossível descobrir o que aconteceu, e o crime e a resolução em si é ainda mais interessante do que a do conto anterior. E confesso que achei que o autor deu uma viajada na resolução do mistério, mas ainda assim é impressionante. Também pouco me lembrava da história, só tinha uma coisa muito clara na minha mente quando lembrava desse conto, a capa do livro que peguei emprestado na biblioteca municipal aqui da minha cidade. Era uma capa bem feia por sinal, e relendo agora vi que a capa traz um baita de um spoiler.

O terceiro conto foi o que mais me prendeu e se tornou meu favorito do livro. Em O problema da cela 13, Jacques Futrelle traz um personagem que fiquei encantada em conhecer. Já disse aqui em outras resenhas o quanto personagens inteligentes me atraem e o professor Augustus Van Dusen está bem acima da média. Já me apaixonei pelo personagem e vou querer ler outras histórias com ele. Eu fiquei vidrada no conto esperando que ele ia cumprir o que prometeu, fugir de uma cela trancada em uma semana usando a mente, apenas tentando descobrir a forma que ele ia conseguir. E assim como os outros personagens do conto, fiquei besta com o desenrolar da história e das revelações finais.


Em seguida temos O homem invisível do autor G. K. Chesterton. E foi o que menos gostei dentre os cinco. Precisei ficar pensando nele um tempo antes de passar para o próximo conto porque de primeira não entendi muito bem a história, principalmente o final. E por ultimo temos A história do viajante a respeito de uma cama estranhamente ruim do autor Wilkie Collins. Achei a história bem intrigante também, assim como no segundo e quarto conto, ela tem um tom mais sombrio que deixa o cenário mais sufocante e intrigante. E finalizou o livro com chave de ouro. Se você assim como eu aprecia romances policiais, esse livro vai ser uma bela aquisição a sua coleção. 

E agora preciso falar dessa edição que mais uma vez temos a Faro arrasando. A capa é paperback, mas parece ser capa dura de tão lindo que são os detalhes nela. As gravuras lembram bastante molduras com detalhes específicos das histórias. Na hora lembrei das edições de colecionador que tinham nas bibliotecas. Na contra guarda, na folha de rosto e nas aberturas de capítulos temos ilustrações lindas dos autores. E um detalhe que amei é que temos a tradução das palavras de outros idiomas que são usadas durante a história, na forma de notas de rodapé. Eu amo os livros da Agatha, mas como faz falta a tradução de algumas palavras e até mesmo frases inteiras usadas pelo detetive Hercule Poirot.   

Nota:






31 maio 2022

Resumo Literário de maio/2022

Em maio consegui ler bastante coisa. Meu computador e depois meu celular deu problema e acabei tendo mais tempo para ler. Foram 20 livros e 1 conto. E 7.225 páginas lidas. Vamos aos números.

5 são livros físico

15 são e-books + 1 conto

4 foram escritos por homens

17 foram escritos por mulheres

8 são nacionais

13 são estrangeiros

E esses foram os lidos e resenhados:


Segredos Mortais
Nota: 3/5 
Resenha: em breve

Acorda Pra Vida, Chloe Brown
Nota: 5/5 💗
Resenha: Aqui

Amari e os Irmãos da Noite
Nota: 5/5 💗
Resenha: Aqui

O Lorde Que Eu Abandonei
Nota: 2/5 
Resenha: em breve


Se liga, Dani Brown
Nota: 4/5 
Resenha: em breve

Willa, A Salvação da Floresta
Nota: 5/5 💗
Resenha: aqui

Mestres do mistério
Nota: 5/5
Resenha: em breve

Esses foram os lidos que não terão resenha no blog. Lembrando que todos eles estão no Kindle Unlimited.

Troca de Mensagens 
Sinopse: Skoob
Nota: 5/5
Eu peguei a dica desse livro no blog da Luiza. Gostei da premissa da história e não me arrependi. Foi a primeira leitura do mês de maio e comecei muito bem. O livro é uma delicinha, daqueles romances fofos para ninguém botar defeito. Metade do livro a interação entre eles se dá através de mensagens como diz o título do livro. Eles começam com uma bela amizade que se transforma em amor e quando finalmente se encontram pessoalmente já estamos completamente apaixonados. Os dois protagonistas são muito fofos, aliás todo mundo nesse livro é maravilhoso e não vejo a hora de ler os outros livros da série com eles.

90 dias para Não casar
Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
Esse eu peguei a dica na Amazon quando estava procurando o clichê casamento de mentira. Gostei do título e teria gostado muito da história se não fosse uma coisa que acontece logo no começo do livro. Depois daquilo não consegui olhar para o protagonista masculino da mesma forma, nem acreditar no amor todo que ele dizia sentir pela garota. Se não fosse por aquilo seria uma linda história de amor, daquelas bem sessão da tarde. Mas sou dessas que guarda rancor hehe. 

Atração Proibida
Sinopse: Skoob
Nota: 1/5
Fazia tempo que eu não tinha o azar de pegar um livro tão ruim como esse para ler. Não tem um nada que se salve aqui. Nem as cenas de sexo que são de péssima qualidade. E se não fossem por elas eu ia achar que tinha sido escrito por uma criança de tão mal escrito que está. Esse negócio de publicar ebook na Amazon com tanta facilidade, acabou com a qualidade da coisa, qualquer um pega um tema polêmico, enche de cenas de sexo e acha que tem uma história. Passem longe desse livro.

Como Namorar a Irmã do Seu Melhor Amigo

Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
Esse eu peguei por indicação da Amazon. Eu já tinha lido um livro da autora e gostado muito. Foi uma leitura rápida e que ri horrores e com esse não foi diferente. É cada situação que fica difícil não rir. O protagonista masculino tem uma ideia tão "brilhante" para conquistar a garota que a gente sabe onde isso vai dar. Só a protagonista feminina que é descrita como muito inteligente e pela idade dela, 32 anos, achei ela muito tapada em relação aos relacionamentos. Até porque ela trabalha com isso. Mas como um todo vale a leitura. 

B. D. L 
Sinopse: Skoob 
Nota: 5/5
Eu sempre vejo esse livro sendo indicado no Facebook, a curiosidade falou mais alto e resolvi ler. E devorei as mais de 700 paginas em dois dias de tão boa que é a escrita da autora. Já quero ler outros livros dela. A autora abordou um assunto tabu e gostei muito da forma como ela o fez. Já vi o mesmo assunto sendo abordado em outros livros e foram tão mal escritos, só jogados na história como uma forma de chocar o leitor. Mas aqui não, ela sabia o que estava fazendo e foi muito feliz em sua abordagem. E achei o final coerente com o que ela se propôs.  

Nada Santa
Sinopse: Skoob 
Nota: 3/5
Gostei tanto de BDL que já emendei em outro livro da autora. Optei por um mais leve dessa vez. O livro foi claramente inspirado, e até tem uma partes copiadas mesmo, no filme Mudança de Hábito. Vi que algumas pessoas se incomodaram com isso. Eu como fã do filme vi como uma homenagem. Mas não gostei tanto quanto do outro. Foi tudo muito rápido e faltou um desenvolvimento principalmente na relação do casal que do nada já se amam e a gente fica como assim? Mas vale a leitura pelas cenas engraçadas.  

Corações Indomáveis 
Sinopse: Skoob 
Nota: 4/5
Esse é o terceiro livro de uma série onde as mulheres que são as milionárias. São quatro amigas e cada uma tem seu livro escrito por uma autora diferente. O primeiro gostei já o segundo passei raiva com a protagonista e por isso as expectativas estavam baixas para esse terceiro. E acabei achando esse o melhor até agora. Primeiro que é repleto de animais fofos e segundo que temos um protagonista masculino apaixonante. Ainda não é um cinco estrelas, mas vale a pena a leitura. 

A Muralha de Winnipeg e Eu
Sinopse: Skoob 
Nota: 4/5
Esse aqui faz tempo que peguei a dica no blog da Ale. Mas como na epoca eu tinha acabado de ler Para Lukov, com amor da mesma autora e me irritei muito com os protagonistas, anotei a dica, mas não quis ler na época. E gostei muito da história, mas me incomodei com algumas coisas. Primeiro, quer escrever em primeira pessoa, escreva, mas custa colocar mais de um ponto de vista? E a narrativa da autora me incomodou bastante. Os capítulos não tem sequência. Um não começa onde o outro terminou. Passam dias, até semanas de um capítulo para o outro. A impressão que deu foi que o livro estava sendo publicado semanalmente em alguma plataforma, não sei se foi isso que aconteceu. Por esses motivos não dei nota máxima, porque a história com certeza me prendeu. Mas já vi que romance slow burn não é para mim. Não gosto do amor miojo, mas o contrário também me dá nos nervos. Prefiro um meio termo.

Atração em jogo
Sinopse: Skoob
Nota: 5/5
Eu já tinha lido um outro livro da autora, que gostei, mas não tanto assim. Mas como achei a sinopse desse livro bem interessante, resolvi me aventurar. E casou de ser um romance slow burn também, o que eu não tinha gostado tanto assim no livro anterior. Não que eu desgoste, mas me dá agonia ter que ler 500 páginas para sair um beijo hehe. Mas o romance aqui foi tão lindo e o protagonista masculino é tão apaixonante que me vi devorando o livro e claro dei nota máxima. 

Má Conduta
Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
Esse eu peguei grátis esses dias na Amazon e peguei por causa da autora. Até agora gostei de todos os livros que li dela. E com vinte minutos de leitura já queria torcer o pescoço do protagonista masculino. Mas isso é normal nos livros da autora. E as mocinhas não ficam atrás. Algumas delas são bem intragáveis. Mas como um todo a história é muito boa. E a autora ainda fala sobre TOC. 

Te encontro na livraria
Sinopse: Skoob
Nota: 2/5
Esse aqui eu não lembro onde foi que peguei a dica. Achei a sinopse interessante e gostei do título. Mas que livro fraco. O amor acontece mais rápido que miojo, em um único encontro. E ainda se fosse um encontro memorável, daqueles de cinema, mas não, foi bem chatinho. E falando em chato, que protagonista feminina mais sem sal. O protagonista masculino nem sei dizer porque mal aparece na história, só vive viajando. Então nem sei quando foi que teve tempo do amor entre eles nascer e desenvolver. E ainda a autora quis colocar quinhentos problemas para resolver nas 20 páginas finais. 

Por Odiar Você 
Sinopse: Skoob
Nota: 4/5
Eu peguei esse livro por sugestão da Amazon e gostei bastante. Ele lembra muito o primeiro livro da série Cretino Irresistível. Ele tem o chefe e a assistente que se enfrentam o tempo todo só que na verdade só querem se pegar. As cenas entre os dois são bem engraçadas, o livro é curtinho dá para ler em um dia e só o final que achei que a autora colocou um drama meio desnecessário. Mas gostei e vou ler os outros livros da série. 
Por Viver com Você
Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
Já esse aqui é um conto que fica entre o livro um e dois da série. Ele se passa em apenas um dia e serve para saber como ficou a vida dos protagonistas do primeiro livro um ano e meio depois, que é quando se passa o conto. E também já temos um pequeno vislumbre do que encontrar no livro dois.

Por Encontrar Você
Sinopse: Skoob
Nota: 4/5
E o segundo livro seguiu tão bom quanto o primeiro. Acho que gostei até mais porque os personagens são mais interessantes. E apesar de não ser nada original, a premissa da história é muito interessante. E a escrita da autora é muito boa, tanto que a gente lê o livro em uma sentada porque não consegue parar de ler. Para quem gosta de um bom livro de romance hot, essa série é uma ótima pedida. 







© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo