20 dezembro 2017

Resenha | A Conquista - Elle Kennedy


Livro: A Conquista
Série: Amores Improváveis # 4
#1 - O Acordo
#2 - O Erro
#3 - O Jogo
Gênero: New Adult
Autora: Elle Kennedy
Editora: Paralela
Páginas: 336
Ano: 2017

Resenha:
Sabrina James tem um objetivo em mente: entrar em Harvard e ter um ótimo emprego como advogada, e nada vai conseguir tirar seu foco. Nem sua família desajustada. Tampouco a falta de dinheiro, nem que para isso mal sobre tempo dela dormir e comer, já que ela tem dois empregos. E muito menos a opinião das pessoas a seu respeito. Quem olha Sabrina na faculdade de Briar acha que ela é fria, antipática e se acha melhor que todo mundo, a bruxa do campus. Mas passa longe disso. O que ela não quer é se envolver com alguém que tire seu foco. Por isso ela só transa com atletas, porque ela sabe que eles querem o mesmo que ela: sexo casual, sem nenhum relacionamento. A única pessoa que ela passa longe é Dean Di Laurentis, já que ele está no mesmo curso que ela, e é seu adversário direto, mas não joga com as mesmas regras que ela.

Por isso quando John Tucker dá em cima dela em um bar, Sabrina não dá muita bola já que Tucker é um dos melhores amigos de Dean. O que Sabrina não sabe é que Tucker é completamente diferente dos seus amigos do hóquei. Tucker foi criado pela sua mãe para ser um cavalheiro e sonha em conhecer "a mulher", se casar e ter filhos. Ele não pretende seguir carreira no hoquéi como seus companheiros do time, e sim abrir seu próprio negócio. Mas por mais que tente, Sabrina não consegue resistir à insistência de Tucker e eles acabam transando no carro dele. E mesmo sendo a melhor transa da vida de Sabrina, ela não atende aos apelos de Tucker para que continuem a se ver e até bloqueia o numero dele. Tucker não consegue parar de pensar em Sabrina, mas como ela foi tão enfática ao dizer não, ele decide deixá-la em paz.

Mas mesmo respeitando a vontade de Sabrina, quando surge uma oportunidade de ir até Boston, onde Sabrina mora, Tucker não hesita e vai até lá com a esperança de acabar esbarrando dela. E isso acontece. Eles se esbarram, mas é no bar de strip-tease que Sabrina trabalha como garçonete. Sabrina morre de vergonha de Tucker ver o lugar onde trabalha e o uniforme que ela tem que vestir e tem ainda mais certeza de que eles não vão dar certo juntos, já que ela não merece alguém como ele. Porém Tucker com seu jeitinho acaba conquistando Sabrina aos poucos e ela decide tentar um relacionamento. Mas essa relação entre eles tem prazo de validade, já que ela vai para Harvard e ele vai voltar para casa no fim do semestre. Até que um acontecimento inesperado muda todos os planos que eles tinham até então. Resta saber como eles vão enfrentar essa surpresa, se vai unir ou separar os dois de vez.

"Quando ele me beija, não é como das outras vezes. Aqueles foram beijos brutos, quentes e carregados de energia sexual. Esse tem a leveza de uma pétala de flor e é doce como o mel em que ele envolve suas palavras. É como se Tucker estivesse despejando ternura em mim aos baldes. A cada toque dos seus lábios contra os meus, está repetindo a promessa de não me dar nada mais do que o que eu pedir.
E é este beijo - este beijo doce, terno e atencioso - que me assusta mais do que qualquer coisa na vida."

O que dizer desse livro e dessa série? Eu relutei em ler porque o gênero é recheado de clichés que não gosto e acabei apaixonada pela história, pelos personagens e pela escrita da autora. Ele tem os clichê que não gosto?  Sim, aos montes, mas a história é tão envolvente que compensa. Eu li a série fora de ordem, comecei pelo segundo, li o terceiro, depois o primeiro e agora o último e nem isso fez com que eu achasse alguma coisa negativa para dizer da história. Nem as aspas no lugar dos travessões me incomodaram. Quando percebia que era aspas já estava na metade do livro. E término essa série num misto de tristeza e muita felicidade. Tristeza porque não queria me despedir dos personagens e até chorei no final, e felicidade porque tive a certeza de que existem autores que conseguem se destacar criando uma história incrível mesmo em meio a um monte de clichês. 

Meu casal favorito continua sendo o Garrett e a Hannah, mas o meu crush mudou. Não tem como não amar e desejar que o Tucker existisse na vida real e que assim, meio casualmente, eu desse de cara com ele por aí. E olha que nem sou muito fã de ruivos. Mas o Tucker é o cara. Tá difícil de encontrar alguém como ele. Eu mudei meu marido literário. Era o Rhysand, mas o Tucker ainda conseguiu superá-lo. Ele é um cavalheiro, gentil, amoroso, lindo pore fora e por dentro e ainda por cima não foge de suas responsabilidades. Em alguns momentos fiquei até com raiva da Sabrina por ficar tentando afastar ele, e com isso fazendo com que as outras pessoas achassem que era ele o errado da história. Já a Sabrina quebrei a cara com ela. Por isso não gosto de narração em primeira pessoa. Conhecemos ela no livro anterior pelos olhos de Dean e como ele odeia a Sabrina, leva o leitor a fazer o mesmo. Mas ela é completamente diferente do que dá a entender no terceiro livro. Ela é o Dean de saias e acho que até por isso eles batem tanto de frente. 

E além de poder vivenciar a linda história entre a Sabrina e o Tucker, ainda podemos matar a saudade dos casais dos livros anteriores. Eu amei cada interação deles na história. Como a história aqui acontece quase que simultaneamente com a história de O Jogo, eles interagem mesmo para valer mais do meio do livro para frente. E até por isso senti um pouco a falta do Dean, mas como disse, a história dele estava acontecendo ao mesmo tempo. Para quem leu o final de O Jogo já sabe o que esperar de A Conquista, mas como sei que tem gente que lê fora da sequencia preferi não falar sobre o que acontece que muda a vida do casal. Enfim, eu poderia ficar aqui falando o dia todo sobre essa história maravilhosa, mas vou parar por aqui. Só leiam, tenho certeza de que você vai amar. E antes de terminar só vou falar da capa, porque é minha favorita de todas.

Nota:






17 comentários:

  1. Oi, Sil.
    Eu terminei essa série com aquele sentimento de perda, tipo, perdi um filho, mds! Eu amei tudo que a Elle escreveu, mas acho que demorei tanto a ler essa história que não curti tanto como as outras pessoas, talvez seja pela Sabrina, gostei dela mas achei ela meio chata também kkk o Tucker é maravilhoso, nem dá pra dizer que queria um pra mim.
    Beijos
    https://suddenlythings.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Sil, tudo bem?
    Menina eu não dava muito por essa série não, mas parece que os livros são muito bons. Gostei que o personagem resolve parar de insistir no relacionamento quando percebe que ela não tá afim, eu odeio macho que fica insistindo e correndo atrás e forçando as minas, e isso é tão comum em livros. As autoras adoram romantizar situações assim, como se fosse um ato grandioso de amor, quando na vida real isso é terrivelmente assustador e perigoso. Fiquei muito feliz que a autora parece ter escrito um relacionamento saudável e bom de se acompanhar, livros assim tão em falta no gênero.

    Att,
    Eduarda Henker
    Queria Estar Lendo

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sil! Tudo bem?
    Q lindo chegar aqui e ver que de alguma forma sua opinião bate com a minha. Eu não gosto desses clichÊs que vem nesses livros também, mas essa série pra mim também foi uma exceção. Gostei muito do primeiro livro e gostaria muito de ler a série completa. E sim, Garret Grahan e a garota do primeiro livro são dois queridos pra mim.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sil!
    Tucker é muito crush literário mesmo. Ele e o Logan ficam empatado em primeiro de crushes dessa série.
    Eu amei a história! Fiquei com medinho de como a autora iria conduzir, mas no final acabou tudo ok.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  5. Olá Sil, tudo bem?

    Pelo que vi a série parece muito boa, para os fãs do gênero essa é uma pedida e tanto, ótima resenha....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil, sua linda tudo bem?
    O único livro que eu não tenho é esse e eu quero todos para conseguir ler na ordem e tudo de uma vez só. Sabe, você não foi a única que deu uma chance e amou. Conheço algumas pessoas que também não leriam e hoje só elogiam. A minha capa preferida ainda é a primeira, mas gosto daquela que tem roxo, só porque é a cor que eu mais gosto, risos... Não tem como não ser repetitiva, acho que vou amar todos esses livros e me apaixonar por todos os casais. Louca para ler!!! Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Sil, tudo bem?
    Ainda não conhecia esse, valeu pela dica
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  8. Admito que eu tenho um leve preconceito com romances que me parecem clichê, por já estar saturada de histórias assim, todavia sua resenha me deixou muito animada para ler esse romances e eu super já marquei para ler <3

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Essas tuas resenhas tão me cobrando a continuar a série hahahahha tenho que ler o 2!!

    Beijoss
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  10. Bom saber que você gostou bastante do livro. Eu nunca li essa série porque não faz meu estilo..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Sil! Tudo bom?
    Já ouviu falar dessa série, porém como não faz muito meu estilo, nunca parei para ler uma resenha sobre. Mas caso eu lesse, provavelmente seria a pessoa que lê fora de sequência hahahah Você acredita que li o livro 4 da série "Os Sullivans" e só depois percebi que era uma série que eu tinha lido fora de sequência?
    De qualquer forma, que bom que você tenha gostado! Gostei muito da resenha. Quem sabe eu leia esse livro um dia?
    Beijooos!

    Sonho Inverossímil

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil, eu amo essa série e a Sabrina é minha personagem preferida e o livro tb! Adoro o fato dela ser uma protagonista forte que trabalha em dois empregos e se vira sozinha hehehehehe claro que a teimosia dele não é tão legal assim, mas eu amei a história!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Oi!!! Pretendo ler essa série, eu amo livros com clichê e que nos outros volumes reencontramos os personagens. Adorei a resenha. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  14. Olá, Sil. Tudo bem? Eu entendo completamente o seu sentimento, não só sobre esse livro, mas a série, de modo geral. Realmente tem histórias que nos fisgam, mesmo possuindo alguns pontos que não nos agradam. Enfim, não sou muito adepto de livros desse gênero, mas quem sabe um dia?

    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Sil,

    Ainda não peguei essa série para ler, mas tenho certa curiosidade com os livros.
    Estão na minha lista de leitura ♥
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Sil
    Na sua resenha anterior desta série vc me convenceu, até procurei pra comprar mas não achei precinho bom, mas querooo. Vou ver nas lojas fisicas.
    Pelos teus comentários imagino que deve ser muito boa a série. Assim que eu ler te digo o que achei.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Nunca li nada da autora, mas tenho essa série em ebook, está na minha enorme lista de espera! Tenho bastante curiosidade, porque já li muitas coisas boas.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo