24 fevereiro 2021

Resenha | A Lista de Convidados - Lucy Foley

Livro: A Lista de Convidados
Série: Não
Gênero: Suspense
Autora: Lucy Foley
Editora: Intrínseca
Páginas: 301
Ano: 2021

Resenha:

O casamento do ano está prestes a acontecer. Ele será realizado na Ilha Cormorant e contará com a presença da família e de amigos íntimos do casal. Alguns deles chegarão na ilha só no dia da cerimônia, mas os padrinhos vão estar lá na véspera para o ensaio do casamento. Quem está organizando tudo é Aoife, a cerimonialista que trocou os salões chiques de Dublin pela propriedade decadente da ilha que fica na costa da Irlanda. Após a reforma o lugar ficou perfeito para casamentos de celebridades que querem algo pitoresco em seu casamento. E a beleza e o conforto da mansão compensam o inconveniente da ilha ser praticamente incomunicável e por vezes assolada por tempestades violentas. 

O casamento da vez é entre Jules Keegan, a dona da revista The Download, uma revista on-line de design e lyfestyle que ela criou a partir de um blog e hoje nada em dinheiro, tanto que no casamento não temos nada menos que o perfeito. O noivo? Will Slater, o aventureiro astro de um reality show, o Sobreviva À Noite, e enquanto todos dizem que o casamento esta fadado ao fracasso, já que os noivos não tem quase nada em comum e estão se casando apenas alguns meses após se conhecerem, quem conhece eles mais intimamente vê o quanto estão apaixonados e não conseguem ficar muito tempo longe um do outro.

E os convidados variam entre o grupo de amigos da época de colégio do noivo, entre eles Johnno, que parece ter um segredo compartilhado com o noivo, Olivia a meia-irmã da noiva um tanto quanto esquisita e Charlie, melhor amigo e mestre de cerimônia, que não parece estar muito satisfeito com o casamento, atraindo assim a desconfiança da esposa Hannah. E o casamento que parecia ser o mais perfeito dos últimos tempos começa a desandar quando o tempo vira para uma tempestade torrencial e as luzes começam a oscilar durante a festa. E num desses apagões um corpo é encontrado e resta saber quem foi a vítima e o mais importante, o assassino.

Lucy Foley é a autora de A Última Festa, livro que também veio primeiro para o Clube Intrínseco como esse, mas eu não me interessei muito em ler ele, mesmo sendo um gênero que eu amo, porque vi mais resenhas negativas do que positivas dele. E quando fui pegar esse para ler não fui com muitas expectativas porque já tinha lido algumas resenhas dele que diziam ser os dois livros muito parecidos com um enredo e sequencia de acontecimentos iguais. Então talvez por isso eu acabei gostando muito do que encontrei. Esse negócio de ir para uma ilha isolada onde vai acontecer um assassinato já de cara me lembra um dos meus livros favoritos da Agatha Christie, E Não Sobrou Nenhum. Claro que não chega aos pés do livro citado, mas ainda assim é uma leitura que vale a pena.

O livro é narrado por cinco personagens, Aoife, Jules, Hannah, Olivia e Johnno. E alterna entre os acontecimentos na véspera do casamento até a hora atual e no presente após a descoberta do crime. E achei isso muito interessante porque podemos ver a história sob o ponto de vista de diversas pessoas e ter uma visão diferente de cada um dos personagens. E uma coisa que gostei bastante é que a autora segura até onde pode quem é a vítima e claro quem é o assassino. Porque a cada capitulo que termina, capítulos curtos que dão toda uma agilidade a trama, a gente troca de palpite sobre quem é a vítima e seu algoz. Eu formulei um monte de teorias e mudei meu pensamento várias vezes durante a leitura.

E o que é mais interessante no livro é que o crime em si não é o foco da história e sim seus personagens e os segredos que cada um esconde. Tanto que temos vários plot twists no livro, porque cada segredo descoberto é uma reviravolta na história. E todo mundo tem o seu por aqui. Teve um em particular que fiquei de queixo caído quando revelou, nem me passou pela cabeça nada daquilo. E a cada segredo revelado eu ficava "é essa pessoa que vai morrer e essa que vai matar por causa disso". Mas o livro ia terminando e eu ainda estava no escuro, ansiosa pelo momento em que os segredos seriam descobertos e as pessoas confrontadas. 

E quando por fim a vítima é revelada abre um leque de suspeitos porque varias pessoas ali tinham um motivo para matar essa pessoa. E no fim como sempre era alguém que eu nem tinha cogitado. Meu único porém com o livro e que me fez não dar nota máxima foi o final. Algum dos confrontos esperados não aconteceram e algumas coisas ficaram em aberto. Mas fora isso foi uma leitura muito prazerosa para o gênero e se o outro livro da autora já citado for parecido com esse, vou querer ler ele com certeza. Mais uma aposta da Intrínseca para o clube muito bem feita. Quanto ao livro já disse aqui que gosto dessas capas de uma cor só, mas esse tom de verde especificamente não é dos meus favoritos. 

Nota:








15 comentários:

  1. Oi Sil,

    Eu nunca li nada da autora, mas estou vendo elogios sobre esse livro.
    Já gostei em saber que temos vários plots, isso me deixou mais curiosa para ler e tentar desvendar o mistério.
    Eu confesso que não gosto muito de capas lisas, prefiro as que tem imagens rsrs.

    Bjs
    https://diariodoslivrosblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sil! Tudo bom?
    Eu peguei esse livro sem expectativa nenhuma e fiquei muito feliz com o que encontrei! É bem um jogo de Detetive mesmo, passei a história toda tentando encontrar pistas e me fazendo perguntas pra ver onde a trama ia levar. Me surpreendi no fim porque eu já desisti da carreira de Sherlock Holmes, nunca acerto o assassino KKKKKKKKKKKK

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Silvana!
    Adorei a premissa do livro.
    Adoro um bom mistério.
    E o bom é que você foi sem muita sede ao pote, então teve uma surpresa muito boa, né?
    Gosto de histórias assim, principalmente porque não dá para saber nem quem morreu. Me lembrei o Big Little Lies, que a gente não sabia nem quem morreu e nem quem matou.
    Gostei da dica!

    Beijoooos

    Teca Machado
    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, gostei da resenha. Converso que amo historias de mistério, acabo me sentido parte do livro.
    Beijos!
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  5. Oi Sil, tudo bem?
    Entendo e fico feliz que você tenha gostado! Mas sério, enquanto eu lia só consegui pensar que a Lucy Foley pegou a mesma fórmula de A Última Ceia e replicou em seu novo livro: um mistério num lugar isolado e focando na vida pessoal dos personagens. Fiquei tão decepcionada com A Última Ceia que vou acabar passando esse. :(
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil! Tudo bem? Eu não li nada da autora, mas eu tenho muita vontade, inclusive amo boas reviravoltas rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil
    Confesso que eu gostei do enredo, e até me deu vontade de ler por causa da trama a lá detetive, mas eu também vi muitas resenhas negativas de A última festa, o que desanima bastante a leitura. Talvez eu dê uma chance mesmo assim.
    Beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  8. " já de cara me lembra um dos meus livros favoritos da Agatha Christie, E Não Sobrou Nenhum."

    Quanto comecei a ler a postagem, foi o primeiro nome que me veio à cabeça - "O caso dos dez Negrinhos", cujo nome agora é "E Não Sobrou Nenhum". Não dá para comparar as obras porque sóexiste uma Agatha Christie, assim como só há um Stephen King, um Paulo Coelho e um Augusto Cury. E que bom que seja assim!

    Achou vou procurar versões dele em ebook por aí, embora eu ja esteja com minha leitura engatilhada. Obrigado por compartilhar essa resenha e aque bom que esse clube de livros da Intrinseca parece estar valendo a pena. Parecem bons livros, pelo que venho acompanhando.

    ResponderExcluir
  9. Eu gostei bastante do livro. Acho que por ver muita resenha negativa do outro livro da autora, fiquei com medo de não gostar desse, mas fui surpreendida positivamente. Teorizei muito e acertei em cheio haha. Gostei também de como os convidados estiveram conectados, sem falar que a ampla visão foi algo ótimo. Por fim, o jogo de investigação foi a cereja do bolo. Eu adorei jogar com os amigos após finalizar a leitura. Não foi um dos melhores livros de suspense que li, mas foi uma leitura bem agradável e fluida.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  10. Sil, menina, eu amo tramas assim. Não conhecia esse livro, mas adivinha se não fiquei com vontade de conferir?!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  11. Oi Sil

    Também não curto esse tom de verde .

    Eu li o "A ultima festa " no ano passado e não gostei.Fui com altas expectativas , falaram que tinha vibe Agatha Christie e blá blá blá . Mas não encontrei nem metade do que haviam prometido .
    Porém ,ainda tenho vontade de ler "A lista de convidados ", apesar da premissa de um grupo de pessoas presa em um lugar aonde acontecera um crime muito parecida com a do outro livro tenho esperança desse ser melhor.Ganhou o premio do "Goodreads Choice Awards " em 2020 e entrou no clube da Reese .

    É uma pena você não ter lido o primeiro para ter seu veredito , mas pelas suas observações acredito que podr ser melhor que o primeiro.

    Amei a resenha
    Beijos

    mundinhoquaseperfeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Eu adoro um bom mistério, então já fiquei bem curiosa com o livro. O outro também está na minha lista, a Carol do Caverna me indicou até.
    Eu leio as resenhas da autora e noto msm que tem uma "tentativa" de tornar ela uma nova Agatha... mas como vc falou as opiniões são sempre diversas.

    Agradeço imensamente por suas "participação" no aniversário do Canto e suas belas palavras. hihi
    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  13. Oi, Sil. Como vai? Li este livro e embora não tenha me agradado por completo eu gostei da leitura. Que bom que gostou, embora não completamente. Ótima resenha. Eu particularmente não gosto das capas do clube intrínsecos, acho excessivamente simples, emboora não sejam feias. Abraço!



    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil,
    Vou te falar que eu gosto da ideia de usar casamento como plano de fundo. Adorei o do Bonini e esse já me animou, rs. Não sei, acho que contrasta a beleza do evento com a tragédia do assassinato e eu fico presa, sabe? rs
    Devo ser estranha! kkkkk
    Que bom que você não se decepcionou!
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Sil! Este mês vou ler A última festa em uma leitura coletiva e se gostar já quero conferir este, que tanto me lembrou E não sobrou nenhum, com também a Ilha de Harper. Eu estava querendo muito ver sua opinião sobre a obra e fiquei muito animada com o que você achou.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo