30 setembro 2019

Resenha | Mortos Não Contam Segredos - Karen M. McManus


Livro: Mortos Não Contam Segredos
Série: Não
Gênero: Suspense, Jovem Adulto
Autora: Karen M. McManus
Editora: Galera Record
Páginas: 352
Ano: 2019

Resenha:
Ellery sempre foi obcecada por livros e séries de crimes reais. Sua obsessão vem do desaparecimento de sua tia Sarah, gêmea de sua mãe Sadie, quando elas tinham dezessete anos. Isso foi há vinte e três anos, mas Sadie nunca mais foi a mesma. E sendo gêmea também, Ellery sabe bem o que sua mãe sente, porque ela não consegue nem pensar na dor que seria se ela perdesse Ezra. Por isso ela não culpa sua mãe pelo que está acontecendo. Sadie acaba de ser internada em uma clínica de reabilitação e o juiz exige que os gêmeos fiquem com alguém da família nos quatro meses que Sadie vai passar na clinica, e o único parente deles é a avó Nana que vive em Echo Ridge, lugar onde a tragédia aconteceu.

A pequena cidade de Echo Ridge parece ser perfeita à primeira vista com suas casas de cercas brancas e suas ruas arborizadas, mas a realidade é outra, já que o desaparecimento de Sarah não foi a unica tragedia na cidade. Cinco anos atrás, Lacey Kilduff rainha do baile de boas-vindas foi assassinada. E por coincidência ela tinha a mesma idade e morava na mesma rua que Sarah. O principal suspeito pelo morte de Lacey foi o namorado dela Declan Kelly, mas fora a família dele ter sido vista por todos como os párias da cidade, nada foi provado contra Declan. E só agora que eles estão sendo novamente aceitos pelos moradores de Echo Ridge, porque a mãe de Declan se casou com Peter Nilsson, que é praticamente dono da metade da cidade.

E o pesadelo que aconteceu cinco anos atrás parece estar de volta. Mal recomeçam as aulas e alguém começa a deixar pichações pela cidade avisando que a temporada de caça a Rainha do Baile de Boas-Vindas começou. Primeiro vandalizam o centro cultural onde estava sendo realizado um jantar para arrecadar fundos para Bolsas de Estudo em Memória de Lacey, depois é a vez do cemitério, e por fim os armários das três candidatas a Rainha. E Ellery decide investigar o que está acontecendo porque não se sabe como, o nome dela foi parar entre as três concorrentes, já que ninguém votou nela. E Ellery precisa encontrar o assassino, porque ela pode ser a próxima vítima. Então uma das garotas desaparece e por coincidência, ou não, o último a vê-la é Malcolm, irmão de Declan.


Quando a editora lançou por aqui o livro Um de nós está mentindo da mesma autora, foi um verdadeiro fervo em cima do livro. Foi tanto marketing e tantas resenhas positivas que ficava dificil não querer ler o livro. Mas acabei não lendo ele. E esse foi meu primeiro contato com a autora. E apesar de algumas ressalvas, eu gostei do livro e da escrita dela. Se tem uma coisa que gosto é quando a leitura flui e a gente não vê passar as páginas do livro. E a Karen é assim, tanto que li o livro em um dia. Ela sabe dosar a história e vai soltando as informações aos poucos, com isso prendendo o leitor e fazendo com que a gente queira ler só mais um capítulo e quando percebe já terminou.

A narrativa é dividida entre a visão da Ellery e do Malcolm. A Ellery me irritou um pouco por conta das suas "certezas" em relação ao crime, que mudavam a cada nova pista que surgia, mas o Malcolm foi bem objetivo, além de que mesmo a Ellery estar tecnicamente mais envolvida nos crimes, eu me senti muito mais conectada com o Malcolm, pois achei ele mais humano e mais cheio de sentimentos. A Ellery é aquele tipo de narradora não confiável porque ela se achava a detetive, e mesmo que algo não se encaixasse no que ela achava ser a verdade sobre o ocorrido, ela tentava torcer as coisas para que ela estivesse certa. Já as partes do Malcolm era a realidade mesmo, sem falar que ele está frágil e isso já desperta empatia com o leitor.

A história apesar de ser um suspense, é bem juvenil, até infantil em certas partes. Por isso acho que ela é mais indicada para um publico mais jovem. Para quem gosta, a história lembra bastante a série Riverdale. O meu problema com o livro foi que achei tudo meio superficial. A autora não focou em nada. Temos os dramas adolescentes, temos a famosa rivalidade entre os grupinhos na escola, temos as mensagens que vão apavorando os alunos, os crimes acontecendo, os adultos sendo babacas como sempre e fingindo que está tudo bem, mas é só isso, ela não se aprofundou em nada. Por isso eu disse que gostei, mas não está entre os melhores que li na minha vida.

Ele vale sim a leitura, mas esquecendo que ele é um suspense e sim lembrando que ele é um jovem adulto. O mistério envolvido até que é interessante, eu confesso não descobri o assassino, mas acho que isso se deve em parte como disse, a narrativa da Ellery, que fica levando o leitor para os caminhos errados o tempo todo. E também achei que a autora colocou mistérios demais e depois não sabia o que fazer com todas as pontas soltas e fechar tudo bonitinho. Mas enfim, acho que se eu tivesse lido esse livro quando era mais jovem teria amado ele, por isso eu indico sim para o publico alvo do livro. Se eu que estou fora dessa faixa etária gostei, imagino que quem está dentro vai apreciar bastante a leitura.

Nota:








16 comentários:

  1. Oi, Sil como vai? Pena o livro ter tantos pontos negativos, apesar dos pontos positivos do livro. Ótima resenha. Quem sabe eu dê uma chance ao livro. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Não. Você não gostou. Kkkk Mas é isso mesmo. Pode ser um bom livro para algumas pessoas. Com certeza, será. Confesso que imaginei algo completamente diferente. Eu já vi filmes com essa coisa de colegiais e rainha do baile como pano de fundo. É legal, mas... de imediato, Eu procuraria outra coisa.

    ResponderExcluir
  3. Que pena que o livro não foi 100% pra ti. Eu acho que ele é apenas isso, um livro para passar o tempo sem te marcar realmente. Uma pena que não tenha sido tão bem desenvolvido, mas acho que é justamente pela faixa-etária a qual se destina mesmo por isso que ele deve ser um pouco raso mesmo. Pelo menos a leitura não foi tão ruim, então não foi um tempo perdido rs

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  4. Ai amiga, se antes eu já não queria ler, depois que você disse que era uma boa pra quem gosta de Riverdale, aí mesmo que eu passo longe desse livro
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. Participe!

    ResponderExcluir
  5. Oi Sil, foi meu primeiro contato também, mas minha experiência foi bem mais positiva e olha que eu detesto tramas adolescentes, achei que o romance até ficou em segundo plano rsrsrs mas é assim mesmo, cada um vê de um jeito.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil! Eu gostei do livro, achei a trama envolvente, mas o outro da autora é melhor. Boa semana. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil! Tudo bom?
    Eu tenho curiosidade pra ler só pelo hype na autora, mas imagino que teria os mesmos problemas que você :v aquele outro dela também recebeu as mesmas críticas, então pelo jeito a autora não melhorou muito ASUHUHASUHASUHASUHASUHASUH pelo menos tem uma capa bonita!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi
    eu li o outro livro da autora e gostei, que bom que curtiu esse apesar de ser um pouco mais uma leitura jovem, infanto juvenil, quero ler esse.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sil
    Eu li o primeiro da autora e gostei bastante, por isso estou animada com a leitura dele. O fato de ser um suspense jovem adulto me chama mais atenção, senão nem leria KKK
    Beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Sil,
    Eu também queria ter lido o outro livro, por ter um toque de Pretty Little Liars, rs. Porém, depois de várias resenhas negativas, eu desisti, sabe?
    Agora, vem esse lançamento que também tem a maior propaganda, mas não atinge o que promete com o suspense... Acho que vou adiar a leitura.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Sil, não acredito que você já leu e resenhou este livro, estou protelando para ler...
    Que pena que não foi aquilo tudo, eu ainda pretendo ler este livro sim! Adorei Um de nós está mentindo, talvez eu adore este também!!


    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil.
    Apesar de ter lido o outro livro da autora e não esse, sinto que nossas experiências são bem parecidas. Eu gostei de Um de Nós, mas achei juvenil com personagens poucos cativantes. A propaganda não faz tanto jus, mas é um livro interessante.
    Amei sua resenha Sil.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  13. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Diferente de você, li o livro anterior da autora e gostei bastante, porém, é como você mesmo disse, deve ser encarado como um young adult e não um livro de suspense para adultos. Apesar das suas ressalvas, estou muuuuuito ansiosa para realizar a leitura desse livro.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Sil! Achei a premissa interessante, mas confesso que quando você falou que parece Riverdale fiquei com um pé atrás haha.
    Mesmo assim, acho que seria uma leitura que eu faria, uma vez que costumo gostar de livros mais juvenis e esse me pareceu bem diferente do que costumo ler :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  15. Adorei sua resenha, Sil. Esse livro me chamou muita atenção, mas confesso que acho que não leria por ter muitas pontas soltas e pela autora não ter conseguido finaliza-lo com perfeição. Uma pena, porque a premissa é ótima! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  16. Ele é minha leitura atual e espero gostar, amo ler jovem e adulto e estou esperançosa em gostar dele!

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo