18 dezembro 2019

Resenha | O Amor De Um Duque - Lorraine Heath


Livro: O Amor De Um Duque
Série: Sins for All Seasons # 2
#1 - Desejo e Escândalo
Gênero: Romance de Época
Autora: Lorraine Heath
Editora: Harlequin Books
Páginas: 320
Ano: 2019

Resenha:
Existe um costume entre os lordes da sociedade de "descartar" seus filhos bastardos. As crianças são entregues recém-nascidas para algumas mulheres que cuidam dos bebês como se fossem seus filhos em troca de uma quantia de dinheiro. Mas a verdade é outra, os bebês são entregues para serem mortos e muitas vezes enterrados nos quintais dessas próprias mulheres. Ettie Trewlove é uma delas, mas ela nunca teve coragem de fazer nada de mal para as crianças e por isso ela já tem quatro filhos adotivos. Mas sempre tem lugar para mais um e quando uma linda bebê é deixada em sua porta, ela logo se apaixona pela criança, a quem dá o nome de Gillie. 

Gillie é a mais nova de quatro irmãos por isso ela aprendeu a se defender e se impor desde muito cedo. E mesmo ela sendo mulher, ninguém desrespeita Gillie por ser dona da Taverna Sereia e Unicórnio, que fica em Whitechapel, uma das parte mais pobres de Londres. Por isso quando ela escuta o som de alguém sendo atacado nos fundos de seu estabelecimento e vai verificar o que está acontecendo e encontra um homem sendo atacado por outros quatro, ela não hesita em intervir e os quatro fogem depressa quando veem Gillie. O homem está quase morto, mas Gillie leva ele para sua casa e chama um médico e enquanto espera descobre que o nome do homem é Thorne.

Na verdade ele é O duque de Thornley, que estava em Whitechapel procurando sua noiva. Eles iriam se casar naquele dia, mas o irmão da noiva apareceu dizendo que ela não viria para o casamento pois havia fugido para Whitechapel. Humilhado Thorne decide ir até lá procurar por ela, mas acabou sendo emboscado e quase morto pelos quatro homens. Mas ele ainda quer encontrar a noiva fujona e assim que se recupera dos ferimentos, ele pede a ajuda de Gillie para encontrá-la. E quanto mais tempo passa com ela, Thornley percebe que é alguém como Gillie que ele queria como esposa, mas será ele capaz de enfrentar a sociedade por amor a ela?

"— Isso nos torna perfeitos um para o outro, não é?
Perfeitos, e ainda assim, imperfeitos. Ela levantou a cabeça.
— Você é um perigo para o meu coração.
— Não mais que você é para o meu."

Esse é o segundo livro da série Sins of all Seasons, que vai contar as histórias de uma família de seis bastardos que foram abandonados por seus pais na porta da mesma mulher e foram criados como irmãos. No primeiro livro Desejo e Escândalo conhecemos a história de Mick e nesse segundo de Gillie, a mulher que me intrigou no primeiro livro por ser dona de uma taverna, coisa impensável para uma mulher na época. E assim como já tinha amado o primeiro livro, amei esse segundo também. A começar por essa capa maravilhosa, que foi escolhida por votação dos leitores e foi a que eu votei. Combinou muito com a do primeiro livro. Mas não muito com nossa protagonista e já explico o porque.

Diferente do primeiro livro, onde temos uma história forte, mas que foi mesclada com um tom divertido, nessa a abordagem vai mais para o drama. O que não deixou a história menos interessante. Como já falei na resenha do livro anterior, o assunto gira em torno do destino dos bastardos da época, que eram descartados com a maior facilidade pelos pais e sem nenhum remorso. Mas hoje em dia apesar de não existir mais isso de bastardo, todos filhos tem direitos iguais, pelo menos aqui no Brasil, ainda existem muitos pais que descartam seus filhos como se fossem lixo. Pais que não reconhecem os filhos sem a interferência da justiça e mães que abandonam filhos recém-nascidos como se estivesse jogando uma roupa suja fora. Infelizmente isso não mudou nada ao longo dos anos.


Mas o que gostei e muito nesse livro foi a forma como a autora construiu a personagem principal. Sempre vemos falar sobre mulheres a frente do seu tempo, mas que são chamadas assim por uma ou outra atitude diferente das outras protagonistas do gênero. Já Gillie não. Ela não é uma dama, ninguém manda nela, ela é dona de seu próprio nariz e sabe se defender sozinha, mesmo tendo quatro irmãos a disposição para resolver qualquer coisa. Gillie é encantadora a sua maneira. E uma coisa que amei foi que ela não precisou mudar sua aparência durante o decorrer da história, o duque se apaixonou por sua personalidade e não pelo o que ela era por fora. Ela foi autentica e precisa em seus valores o livro todo.

Já o duque eu me apaixonei por ele conforme ele foi se apaixonando por Gillie e mudando sua forma de ver as coisas. Eu confesso que esse foi um dos poucos romances de época que fiquei na dúvida sobre o final do livro. As diferenças entre eles eram muitas e eu particularmente não sabia como encaixar os dois em um mesmo lugar para o amor entre eles dar certo. E amei a forma como a autora finalizou a história. E além dos protagonistas maravilhosos, ainda temos bastante da família Trewlowe, que já havia me encantado no primeiro livro. Sempre que algum deles aparece nas histórias um dos outros, eles roubam as cenas. E termino essa resenha indicando o livro é claro para quem gosta do gênero. Mas deixo a dica para que leia os livros na ordem de publicação, porque mesmo sendo histórias independentes, temos uma espécie de continuação na historia da família Trewlove.

"O mundo é excepcionalmente injusto com as mulheres", disse ela uma vez a Gillie, "mas isso não vai mudar até que as mulheres mudem. Você faz um grande desserviço à causa ao esconder o que é. Abrace e mostre ao mundo que você é uma força a ser reconhecida."

Nota:








17 comentários:

  1. Oi, Sil como vai?.para quem é amante desse gênero, acredito que seja uma leitura maravilhosa, mas não consigo ser atraído por um livro desse. A capa é lindíssima. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá...
    Eu gosto muuuuuito de romances de época, mas, já tem um bom tempo que não leio e preciso urgentemente de ler algo do gênero!!!!
    Gostei bastante da premissa desse livro e fiquei muito curiosa pra conhecer a Gillie, devido a todo o seu diferencial... Amei demais!!!
    Se anotei a sua dica? É claro que sim!!!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Lindas capas!!! Parecem livros ótimos, ainda não conhecia.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  4. Oi Sil, tudo bem? Eu adorei o segundo volume, gostei mais do que o primeiro até! Achei que o final foi resolvido com muita facilidade, mas nada que me incomodasse. A autora é ótima!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sil
    Eu amei demais esse livro mas prefiro o primeiro confesso hahaha eu fiquei chocada com os rumos que a trama tomou, a autora conseguiu me surpreender bastante. Louca para ler o próximo!
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil, amei a resenha e achei bem original o enredo, acho que nunca li nada assim nos livros de época que já li, e também não conhecia essa autora, fiquei com vontade de conhecer e de ler também o primeiro livro!!

    Beijos Mila

    ResponderExcluir
  7. Oi Sil!
    Eu nem leio romamce de epoca mas amo essas capas centradas nas roupas das personagens. Sao tao lindas.
    Nao tinha ouvido falar desse mas parece envolvente. Gillie parece uma otima personagem de fato.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Não é meu estilo de leitura, mas achei a capa dos dois livros lindas!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Sil, tudo bem?
    Achei a capa lindíssima! Essa autora eu não ouço falar tanto, mas se você amou o livro 1 e o livro 2 ela realmente deve ser ótima. E eu adorei sua descrição da protagonista, super empoderada de verdade e que sabe quem ela é. Já curti! ♥
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  10. Oi Sil,
    Que boa alma essa moça ter acolhido todos os bebês.
    E já simpatizei bastante com a protagonista. Realmente é uma abordagem diferente, para a época retratada, mas a autora parece lidar super bem.
    Só que como se passa em Whitechapel difícil não pensar no Jack Estripador. Hahaha

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  11. Por isso, às vezes, te chamo de princesa. Porque você ama esses livros. Sem falar na educação tb, digna de princesa. Um abraço, princesa.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Sil!
    Eu ainda vou ler essa série e conhecer essa autora que todo mundo elogia.
    Menina, fiquei curiosa com esse casal principalmente por você ter falado sobre não ver como poderiam ficar juntos
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  13. ola
    amo romances de epoca e essa seie esta na minha lista de desejados ja faz um tempinho
    espero conhecer a escrita da autora em breve

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil! Gosto muito dos dois livros desta série, a autora me encantou muito com estes romances. O primeiro acho mais forte, mas este não deixa de ser excelente também. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  15. Oi, Sil!
    Amo romances de época, mas ainda não conhecia nada sobre esse!
    Vou anotar a dica ;)

    Beijinhos 😗
    Thay - Sankas Books

    ResponderExcluir
  16. Oi Sil,
    Eu gosto de livros mais dramáticos, então acho que o 2 vai me agradar mais do que o livro 1. Só que como ainda não tenho essa série, ela não será uma das próximas que lerei, até porque, você me fez tirar o armário aquela coleção da Tessa Dare, lembra? rs
    Depois até posso comprar mais alguns romances de época e esses estarão na lista, rs.
    AH, sua unha combinando com o livro está linda!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Até brilha!!!!!
    Beeeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo