12 dezembro 2019

Resenha | Uma Noite Para Se Entregar - Tessa Dare


Livro: Uma Noite Para Se Entregar
Série: Spindle Cove #1
#5 - Como Se Livrar De Um Escândalo
Gênero: Romance de Época
Autora: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Páginas: 288
Ano: 2015

Resenha:
Victor Bramwell, tenente-coronel do Exército Britânico, viu sua vida sair do rumo quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Apesar de estar bem melhor agora, Victor sabe que não está preparado para voltar para o trabalho, mas ele não sabe fazer mais nada na sua vida, por isso ele precisa voltar para o exército. Sua ultima esperança é o Conselheiro Real, Sir Lewis Finch devolver seu comando, por isso ele parte para Spindle Cove com a intenção de implorar pela ajuda do Conselheiro.

Susanna Finch é a filha única do Conselheiro Finch e lidera as jovens que chegam em Spindle Cove em busca de paz. Todas as mulheres que vão até lá por um motivo ou outro não se adaptaram ao casamento ou querem fugir de algum sentimento que desenvolveram pelo homem errado. Seu objetivo é mostrar a essas mulheres que não são elas as erradas. Susanna faz o que pode para deixar as garotas a vontade e com a autoestima elevada. E o esquema tem funcionado muito bem até o momento em que Victor Bramwell chega no local.

Depois de uma confusão envolvendo um rebanho de ovelhas, Bram consegue falar com Finch mas em vez de obter seu lugar de volta, Finch diz que no momento ele ainda não está recuperado para voltar e lhe dá um titulo de nobreza, Conde de Rycliff, e a missão de formar uma milicia entre os poucos homens locais. E Bram só aceita porque recebe a promessa de que assim que estiver completamente curado isso pode mudar. O problema é que quem manda em Spindle Cove são as mulheres e Suzanna não vai ceder um milimetro do seu território.

"Somos todas mulheres aqui, e Spindle Cove é nosso lugar, onde saboreamos a liberdade em pedaços pequenos e doces." 

Eu já li alguns livros da Tessa, inclusive o ultimo dessa série que amei e somado a isso só li resenhas positivas da série, então imaginem as minhas expectativas lá nas alturas para o livro. E elas foram alcançadas. O livro é tudo o que imaginei e mais um pouco. Tanto que devorei ele. E depois de conhecer Spindle Cove, Tessa está ganhando o posto de minha autora favorita de romances de época, que até então era da Sarah MacLean. A Tessa escreve romances de época, um gênero que a gente sabe vai ter muitas coisas machistas durante a história porque infelizmente era assim na época. Mas a Tessa dá seu jeitinho e de todos os romances do gênero e de todas as autoras que já li, suas histórias conseguem ser sim feministas.

Estamos cansados de ouvir a expressão " mocinha a frente do seu tempo" para descrever as protagonistas da maior parte dos romances de época. Mas pela primeira vez eu li uma cena onde a mocinha realmente diz o que todas nós queremos dizer. Estou cansada de ver livros onde a mulher é tratada como "propriedade", não só nos romances de época. Esse negócio de "você é minha" já deu e as autoras poderiam parar de escrever isso nos livros. Eu pirei quando li a cena e não podia deixar de transcrever ela aqui na resenha.

"Diga... Linda Susanna, quero ouvir você dizer que é minha."
Ela segurou o rosto dele nas mãos e olhou-o nos olhos.
Vou dizer isto: declaro posse total sobre meu corpo, meu coração e minha alma; mas, esta noite, escolho compartilhar todos eles com você."

Eu sou da época onde os livros do gênero eram publicados como romances de banca e já gostava deles. Mas eles só vieram a ganhar força e reconhecimento com os livros da Série Os Bridgertons, que foi acredito onde muitos leitores conheceram e se apaixonaram pelo gênero. Eu tenho um carinho especial por essa série da Julia, mas se comparar as duas autoras, a Julia acaba se tornando brincadeira de criança perto da Tessa. Me perdoem os fãs, eu gosto da Julia, mas a Tessa tem histórias tão fortes e bem humoradas ao mesmo tempo, que ela está ano-luz a frente das outras autoras.

Os protagonistas do livro e da série em geral são todos cativantes e não dá para ler o primeiro livro e não querer ler todos da série para saber mais sobre cada um deles. Ainda bem que já tenho os outros livros aqui porque preciso ler mais sobre Spindle Cove. O cenário escolhido pela Tessa é incrível e com certeza a ele se deve uma grande parte do sucesso da história. Suzanna também é aquela protagonista que já ganha a gente logo no começo do livro. Ela é forte e luta pelos seus direitos, mas não deixa de ser feminina por fazer coisas que "são de homens".

Já Bram me fez passar nervoso em alguns momentos. O homem cabeça dura. Mas esse foi um dos motivos que rendeu ótimas risadas durante a leitura. E essa é mais uma das características da escrita da Tessa. Pelo menos todos os livros dela que li até agora tiveram histórias fortes, mas com um senso de humor aguçado. E outra coisa que tem bastante também são cenas eróticas. Até mais do que o normal para livros do gênero. Quanto a edição segue os padrões da editora. E com essa capa linda de morrer e que tem uma modelo com sardas, ilustrando a protagonista do livro, o que raramente acontece. Só me resta indicar o livro para todos os amantes do gênero e para quem nunca leu, esse pode ser um bom início.

Nota:









14 comentários:

  1. Oi, Sil como vai? Que bom que a leitura desse livro tenha lhe proporcionado prazer em lê-lo. Acredito em uma leitura prazerosa de ser realizada, principalmente para os amantes desse gênero. Romance de época nunca foi uma leitura em que me causasse tanto prazer em ler, ultimamente tenho tentado me arriscar nesse gênero, mas os livros no geral são bastante idênticos uns dos outros, aí eu prefiro ler os outros gêneros literários. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Sil! Esta série, na verdade os livros da Tessa, são maravilhosos. São romances fofos, emocionantes e divertidos. Que bom que curtiu a leitura. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Oi Sil, eu amo a Tessa Dare e adoro essa série! Gostei bastante do primeiro e do casal, mas confesso que emu preferido é o segundo! Já espero sua opinião rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sil
    Esse foi meu primeiro contato com a Tessa e a princípio não gostei. Eu achei o envolvimento dos casais muito rápido, estava tão acostumada com os romances mais lentos e mornos da Julia, que me assustei com esse. Mas depois li os demais da autora e adorei, a Tessa é do tipo de autora que vale muito a pena.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  5. essas personagens cabeça dura nos fazem passar nervoso mas ao mesmo tempo nos rende risadas né rs gostando de conhecer essa série por aqui

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Olá, Silvana! Tudo bem?

    Primeiramente, que coleção linda! Quando empilhadinhas assim, principalmente... Eu sou do tipo que me deixo levar por uma edição bonita haha, por isso, já fiquei instigado a ler. A sua resenha, sempre muito clara, ajudou nisso. Parece ser uma obra e tanto! E olha que não é um dos meus gêneros favoritos, viu.

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Sil.
    Também acho irritante essa mania de "Você é minha " ,como de podessem ser nossos donos.Nosso corpo pertence a nós e somente nós.

    Ainda não li nada da autora,mas amei sua resenha.

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  8. Amei sua resenha Sil, ainda não li nenhum livro da Tessa e já quero.
    Vou colocar na minha lista de 2020
    Beijos
    www.dearlytay.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Sil,
    Como te falei lá no insta, minha mãe tem os 3 primeiros livros dessa série e eu NUNCA li. Acho que simplesmente caiu no esquecimento, em meio aos outros romances de época, sabe? Mas agora estou voltando a ativa com o gênero e já estou procurandoo dicas que vão me prender!
    Ou seja, acho que vou ter que comprar os próximos dessa série LOGO, HAHAHAHAA.
    grande beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi
    que bom que amou a leitura, já li dois livros de uma outra série da autora e tenho muita vontade de ler essa, pois parece ser muito boa, quero muito ler e conhecer esses personagens.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sil!
    A Tessa é uma das minhas autoras favoritas de época justamente pelo modo como ela desenvolve a mocinha. Todas as suas são bem independentes e a velha à frente do tempo, por motivos variados, e amo como ela consegue equilibrar tratar desses assuntos com o romance.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil,
    Mais uma que não faço ideia quando vou poder conhecer, mas fica a vontade.
    Já gostei pela maneira que ela constrói as personagens femininas, bom humor com certas lições nas entrelinhas é sempre bem-vindo.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  13. Oi Sil, tudo bem?
    Menina, eu AMEI o quote que você separou. Concordo em gênero, número e grau com você sobre os clichês machistas. E só por romper com isso eu já estou looouca pra conferir as obras da Tessa. Obrigada pela dica!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo