09 junho 2020

Resenha | O Amor Não é Óbvio - Elayne Baeta


Livro: O Amor Não é Óbvio
Série: Não
Gênero: Jovem Adulto/LGBTQ+
Autora: Elayne Baeta
Editora: Galera Record
Páginas: 392
Ano: 2019

Resenha:
Íris Pêssego é uma garota de dezessete anos que como toda adolescente tem seus segredos. Mas Íris até que tem pouca coisa a esconder de seus pais e do mundo. Ela tem somente três segredos e dois deles sua melhor amiga Poliana Rios tem conhecimento. O primeiro é que ela conversa com sua gata Margot. Isso não seria muito estranho afinal muita gente conversa com seus animais de estimação. A diferença é que Íris sente que é como se Margot lhe respondesse. O segundo é que Íris é apaixonada por Cadu Sena desde a oitava série, mas sabe que nunca terá uma chance com ele porque Cadu namora com Camila Dourado e eles são perfeitos juntos. Até Íris reconhece isso e está feliz em ter uma paixão platônica.

E seu terceiro e ultimo segredo que nem Polly sabe é que ela não é a unica amiga de Íris. Sua vizinha de sessenta e oito anos a Dona Símia é a amiga de novela de Íris. As duas não perdem um capitulo da novela Amor em Atos. E Íris é tão apaixonada pela novela que por vezes ela se perde e acaba misturando ficção com a realidade e acaba julgando as pessoas à sua volta pelos princípios da novela. E até mesmo fica comparando o romance de Cadu e Camila com o de Rosa e Edgar, protagonistas da novela. E por coincidência ou não justo quando Íris fica arrasada porque quando enfim Edgar e Rosa parecia que finalmente iam ficar juntos, algo acontece para separar os dois, não é que Cadu e Camila terminam o namoro?

As especulações do porque do fim do namoro tomam conta do colégio, mas quando se descobre o verdadeiro motivo do termino todo mundo fica chocado. Camila trocou Cadu por uma garota, Édra Norr. Num primeiro momento só o que Íris consegue pensar é que Cadu está livre e finalmente ela pode ter a sua chance com ele. Mas ela não pode deixar de questionar o motivo que levou Camila a trocar um namorado perfeito por uma garota. Então Íris começa a observar Édra de longe tentando descobrir o que Camila viu nela e diz a si mesma que é tipo um projeto científico. Mas quanto mais observa Édra mais Íris percebe que está mais interessada nela do que em Cadu e descobre que nada é óbvio nesse mundo, principalmente o amor.

"O amor é assim Íris - Dona Símia sorriu para mim. - Devastador, enlouquecedor, enriquecedor, arrebatador, ardente, intrigante, divertido, compreensivo, imprevisível e, às vezes, quem sabe, até mágico e surreal como cenas de novela... O amor pode ser traduzido em várias palavras que a gente pula no dicionário, mas que têm significados intensos e incríveis. A gente é nada e o amor é tudo. Tudo. Menos óbvio. Por isso a gente leva um tempo até enxergá-lo, mesmo que ele esteja assim, dançando bem na nossa frente."

Eu recebi esse livro no ano passado em parceria com a editora. Mas vi tantos comentários negativos sobre o livro que acabei desistindo da leitura. Só que esse ano estou participando de dois desafios e um deles o #DesafioMulheresDaLiteratura o livro do mês de junho é um livro LGBTQ+ e resolvi ler ele. E mesmo não tendo dado nota máxima para o livro por alguns pontos que vou explicar, eu gostei bastante da leitura e recomendo sim para quem ainda não leu nenhum romance do gênero. Antes de mais nada vamos falar da edição que está muito bem feita, mas eu particularmente não gosto das ilustrações da capa que soube foram feitas pela própria autora. Mas gosto é pessoal né?

Bom vamos começar pelos pontos negativos. Eu achei o livro muito grande para prender o publico alvo do livro que são os adolescentes. É raro pessoas dessa idade se interessarem por livros de 400 páginas a não ser que seja de alguém já famoso ou de alguma série que já esteja lendo. E a história daria para ser contada em menos páginas. O tamanho assusta e o peso do livro também. Acho que por ultimamente eu só estar lendo no kindle que é super leve, isso me incomodou bastante. Outra coisa que me fez tirar um ponto da nota foram o começo que ficou enrolando muito com a Íris obcecada e perseguindo a Édra e o final que não foi do meu agrado. Depois de tudo o que rolou no livro queria sim um final diferente.


Mas fora isso eu gostei bastante da história. Eu só tinha lido um livro com um casal lésbico antes e achei esse bem mais leve e a autora soube retratar as coisas de uma forma mais natural. Mas também o outro que eu tinha lido se passa nos anos 80 onde ser gay era sinônimo de AIDS. Eu achei os personagens do livro muito bons, principalmente a Edrá que fiquei fui fascinada por ela e assim como aconteceu com a Íris, fui me apaixonando por ela ao longo da história. Não tem como não se apaixonar por alguém tão autoconfiante e faz um contraponto ótimo com a Íris e seus medos, principalmente de se imaginar sentindo algo por uma garota. A química entre as duas é perfeita, ainda mais depois que Íris deixou de ser uma perseguidora e começou a interagir com a Édra.

Outra coisa que amei na história é a parte sobre as novelas. Para quem não sabe sou noveleira de plantão, toda minha família na verdade e claro que super acreditei nela misturar os personagens com a realidade porque a gente faz isso por aqui hehe. E nisso entra um dos meus personagens favoritos do livro a dona Símia, que apesar de Íris acreditar ser ela apenas uma velhinha que gosta de novela e chá, são dos seus lábios que saem os melhores conselhos e os maiores incentivos para que Íris siga seu coração e assuma o que realmente é e deseja. E além desses ainda temos muitos personagens interessantes no livro como o Cadu, a Polly, o Maurício e por ai vai, é um leque de personagens bem construídos e que fazem o leitor torcer por eles.

O Amor Não é Obvio pode até não estar entre os melhores livros que li na minha vida e concordo com muita coisa que li nas resenhas negativas, mas com a falta de livros representativos no mercado não dá para já ir tachando o livro de ruim sem ter lido ele. A autora é nova e com certeza vai melhorar bastante em suas próximas histórias. E também tem aquilo de que nem todo mundo vai gostar da mesma coisa. O certo é que eu gostei da história, shipei não só as protagonistas, mas outros casais no livro e recomendo a leitura para quem é romântico como eu e gosta de torcer por um final feliz. E antes de finalizar tenho que dizer que amei o epílogo.

Nota:











23 comentários:

  1. Oi, Sil
    Eu acho essa capa muito linda, e até comentei com uma amiga o quanto acho legal a autora mostrar que nessa fase de descobertas, é muito comum a gente se confundir sobre a nossa orientação sexual e etc. Acho legal que a autora abordou o tema LGBTQ, principalmente porque precisamos mais de livros assim, dedicados ao público adolescente que também pode estar passando por essas descobertas. Em relação aos pontos negativos, concordo que não me chamaria atenção pelo tamanho da capa, porque não entrega uma história leve se for pensar nisso, mas eu gostei do tema e como nunca li nada com personagens homossexuais, eu adicionei na lista.
    Beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já fiquei chocada só com a sinopse, pois eu achei que ia ser uma historinha clichê de adolescente, mas ela foi tomando um rumo que eu não esperava. Acho que as suas ressalvas são bem importantes, pois é mesmo difícil o público jovem ter paciência com um livro com mais de 200 páginas, haha. Eu mesma que já passei da fase adolescente prefiro livros mais sucintos, mas é claro, não dá pra negar que a temática do livro é mesmo bem legal.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  3. A autora é bastante talentosa mas eu não suporto a capa desse livro kkkk Fora que eu vi uns comentários recentes sobre algumas situações que ela coloca na história e o meu interesse que não existia continua não existindo
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Acho incrível esse projeto Galera, da editora Record, que inclusive lançou o livro da Modices que já tá na minha lista há um tempão, mas que só comprarei quando ler todos os títulos parados na minha estante! hahaha :)

    Sua resenha mesmo foi muito feliz em levantar alguns pontos importantes. Eu não canso de defender que escrever é a arte de cortar palavras e um livro com 400 páginas precisa ter uma história muito boa pra se sustentar.

    Acredito que a autora, a medida que for pegando experiência, se atente para esse detalhe tão importante. Ademais, me interessei muito pela história e forma como você trouxe nos faz querer ler já! Joia a resenha.

    Muitos beijos!
    Neila Bahia ♥️
    neilabahia.com | Instagram | Pinterest 

    ResponderExcluir
  5. Oi Sil, eu não li esse livro, mas já vi que tem muita polêmica. Mas a Ari lá no blog, amou a leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sil como vai? Apesar de as ressalvas me parece um bom livro de ser lido. As edições de essa editora costumam ser bem caprichadas. Ótima resenha. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá...
    Eu acho essa capa maravilhosa! Entendo totalmente as suas ressalvas e acho que também poderiam me incomodar... Ainda assim acho a premissa do livro interessante e, talvez no futuro, eu resolva dar uma chance á ele.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Não estou na vibe de romance mesmo sendo um dos gêneros que mais gosto. Esse livro não me chamou tanto a atenção, acho que não me conquistou a sinopse.
    Mas, no momento estou me aventurando em clássicos rs
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sil

    Eu li ano passado e realmente é um livro extenso demais sem necessidade. Mas nem resenhei porque encontrei coisas extremamente problemáticas no conteúdo e, como não achei saudável, achei melhor deixar pra lá. Espero que a autora aprenda com os erros e que faça um trabalho melhor da próxima vez.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Sil! Tudo bom?
    Meu grande problema com esse livro foi o tamanho dele. Dava pra cortar metade e tirar umas enrolações sem motivo e seria uma história bem mais legal de acompanhar; a coisa de stalker também achei meio creepy então acabei não conseguindo torcer pelo casal principal. Se fosse um thriller teria dado mais certo HUSHAUHUASHSUAHUSAHUSA

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  11. Sil, enquanto eu preparava a minha wishlist de niver, esse livro apareceu para mim. Achei o título bem fofo e até que eu curti as ilustrações. Mas realmente gosto é pessoal! E acho que a personagem que eu mais gostaria de conhecer é a senhorinha noveleira. Eu não sou a mais noveleira, mas tem umas que pegam a gente e a realidade acaba meio que imitando a arte (nem que seja só no nosso pensamento). Acho que temas assim são sempre relevantes, mas concordo que o número de páginas pode "assustar" um pouco o público-alvo! Mas quando o assunto é interessante, muitas vezes as páginas passam rápido e quando nos tocamos: chegamos ao final. ♥

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  12. Oiii Sil

    Também achei esse livro bem grande, a trama parece ser bacana mas quando colocam páginas demais de recheio complica, especialmente para captar o publico alvo mais jovem como vc comentou. De momento não me chama a atenção, mas quem sabe futuramente.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Esse livro me chamou a atenção durante o lançamento, mas depois de uns comentários recentes no twitter e uma resenha negativa que vi por aí (que pesa bem para o lado stalker do livro), eu não ando querendo ler ele não rsrs.
    Ao menos gostei desse lance de ter o lado noveleiro e ser divertido (é necessário ter histórias lgbt+ mais leves!)

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil,

    Confesso que a premissa em si desse livro não me atraiu para ler :(
    Eu leio livros do gênero e gosto, mas depois de tantas resenhas ressaltando alguns pontos eu desisti da história e até o dei o livro de presente.
    Mas que bom que no geral deu para gostar da história.



    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  15. Eu adorei a proposta do livro e precisamos de mais livros representativos como esse, a história me lembrou um filme da Netflix, "Você nem imagina", mas só lembrou pq o como acontece é diferente. Ótima resenha, Sil! ♥

    Beijos
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  16. Estou bem por fora, pois só li as positivas. Darei uma olhada no Skoob.
    Eu também não simpatizei muito com a capa, mas fiquei mais curiosa com a interação com a senhorinha e a novela do que com o romance em si.
    E, nossa, essa aí é stalker mesmo ein. Kkkkk

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  17. Olá Sil,

    Esse é mais m livro que fico conhecendo aqui, a premissa parece interessante, pena não ser tudo o que você esperava, mas como você mencionou, é bom ver surgir livros do gênero.

    Bjs.

    https://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Oi, Silvana. Deixei um comentário extenso demais onde critiquei muito a editora. Achei melhor retirar. A Record já foi uma grande editora com muitos títulos importantes, mas ela precisa achar, urgente, a fórmula certa para prosseguir nos tempos de hoje.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  20. Oi Sil,
    Assim... Quando vi o lançamento, confesso que não chamou minha atenção. Entendo que a representatividade é muito importante, só não seria o tipo de livro que eu compraria, sabe? E não gosto da capa também, rs.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Concordo que de cara o tamanho assuste um pouco o publico, mas... esse livro parece ter conquistado sua parcela de fãs, embora eu veja que divide opiniões rsrs

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo