29 março 2021

Resenha | A Rainha do Nada - Holly black

Livro: A Rainha do Nada
Série: O Povo do Ar #3
#1 - O Príncipe Cruel 
#2 - O Rei Perverso
Gênero: Fantasia
Autora: Holly Black
Editora: Galera Record
Páginas: 294
Ano: 2020

Esse livro faz parte de uma trilogia, contêm spoilers dos livros anteriores.

Resenha:

Jude Duarte sempre foi fascinada pelos feéricos, desde seus sete anos quando Madoc matou seus pais e levou Jude e as irmãs para o Reino das Fadas. Mesmo sabendo que nunca será como eles e precisando estar sempre alerta, principalmente por causa do Príncipe Cardan e seu grupo de amigos, Jude não teria escolhido outra vida. Ela ama Elfhame e fará de tudo pra viver ali para sempre. Como existem poucas opções para um humano poder viver bem entre os feéricos, Jude acaba escolhendo a que acredita vai se sair melhor, ser uma espiã para um dos príncipes, já que sua capacidade de mentir a torna "especial" entre eles. 

E de espiã, Jude em um golpe de mestre acaba se tornando a senescal do agora Grande Rei Cardan, mas comete um erro que lhe tira tudo o que sempre sonhou. Ao concordar em se casar com Cardan e se tornar a Grande Rainha de Elfhame, Jude é traída duplamente e exilada do Reino das Fadas. Jude não sabe de quem sente mais raiva, de Cardan e da irmã por conta da traição, ou dela mesma por ter confiado neles. E depois de tanto tempo vivendo em Elfhame, Jude não sabe mais como viver entre os humanos e acaba procurando a companhia dos feéricos que assim como ela também estão exilados e acaba fazendo alguns serviços para eles em troca de dinheiro. 

E é em um desses serviços que ela fica sabendo que Cardan está correndo um grande perigo. Mas exilada Jude não pode tomar nenhuma atitude, até que uma oportunidade se apresenta e Jude não pensa duas vezes em voltar para o Reino das Fadas. Taryn, sua gêmea acaba metida em uma confusão e pede que Jude se passe por ela durante um interrogatório, já que Jude é imune ao encantos das fadas. Mas ao chegar em Elfhame, Jude se vê presa em meio a planos de uma guerra iminente e como Grande Rainha ela tem a obrigação de defender seu reino. E ela ainda tem que lidar com seu coração traidor que bate mais forte toda vez que ela chega perto de Cardan, e uma maldição proferida a ele no seu nascimento.

O Rei perverso foi uma dos melhores livros que li no ano passado, então a ansiedade para ler esse livro estava grande e as expectativas maiores ainda. Já comecei me decepcionando com o tamanho do livro que não tem nem 300 páginas. Na hora pensei em como a autora ia fechar a história bem com tão poucas páginas. Mas eu deveria ter confiado mais na autora, que até o momento, esse é o décimo livro que li dela, ainda não me decepcionou. E já dizia William Shakespeare: Tudo está bem quando termina bem e é exatamente isso que acontece nesse livro.

Quando li O Príncipe Cruel eu já conhecia o Reino das Fadas da autora e já sabia que eles não eram aquelas criatura boazinhas que estamos acostumados a ver nos contos de fadas. Mas não estava preparada para tamanha crueldade vindo de Cardan, o protagonista, e seus amigos. Por isso enquanto todo mundo ficava shipando o casal eu queria era ver ele longe dela. Terminei o livro odiando ele com todas as minhas forças. E em o Rei Perverso não foi diferente, ainda mais com aquele final. Mas confesso que mudei de ideia nesse terceiro livro. Ainda tenho algumas ressalvas, mas agora gosto muito dos dois juntos. Ainda mais como Rei e Rainha do que como casal propriamente dito.

Já Jude eu sempre soube que seria uma ótima rainha por toda sua inteligência e disposição para lutar contra as injustiças. è claro que ela comete erros, alguns bobos até, porque ela é humana, diferente dos feéricos que a rodeiam. Ela tem fraquezas que acabam sendo sua força nos momentos mais precisos. Suas jogadas foram calculadas para cada oponente que ela tinha em sua frente. E ela fez isso usando as armas que tinha a seu alcance. Mas ainda tem uma questão que eu queria socar a Jude, sua irmã Taryn que fez o que quis a trilogia inteira, traiu e machucou a irmã toda vez que teve uma oportunidade e Jude parece esquecer de tudo muito fácil. 

Mas nem isso me fez considerar o livro menos que cinco estrelas e favorito. Pode até não ter sido tão bom quanto seu antecessor, mas sempre vejo uma grande dificuldade em autores de fantasia para terminar seus livros e amei tudo o que Holly fez por aqui. Até o vilão da história, que vocês podem ver pelas minhas resenhas anteriores, é tão bem construído que se tornou um dos meus personagens favoritos da história, e a gente quer que ele se de mal, mas ao mesmo tempo fica aquela esperança de ter um jeito de tudo se resolver, porque você não quer ver um personagem tão bem aproveitado durante toda a trilogia, simplesmente morrendo como geralmente é o fim dos vilões da história.

E existem tantos personagens bons nesse livro que fica dificil citar aqui cada um deles. Temos até novos personagens sendo inseridos nesse ultimo livro e outros que fazem uma participação especial, já conhecidos de quem leu o livro O Canto Mais Escuro Da Floresta. E entendo a insatisfação de algumas pessoas com esse ultimo livro, porque li várias resenhas negativas dele, mas eu amei, mesmo faltando o "final" de algumas pessoas e a autora "floreando" um pouco ou muito para falar a verdade, e não vou falar mais nada pois corro o risco de soltar spoilers hehe. Quanto a capa tem tudo a ver com o livro e acho ela linda apesar de a de O Rei perverso ainda ser minha favorita das três. E quero deixar registrado a minha indignação com a editora que só recebeu as cartas do Cardan para Jude quem comprou o livro na pré-venda. Até entendo que quem compra na pré-venda tem que ter algum incentivo a mais, mas aqui no caso as cartas são fundamentais para o bom entendimento da história e quem não comprou como eu ficou a ver navios.

Nota:






16 comentários:

  1. Eu ainda não li essa série, vi vários comentários elogiando e eu mesma por já ter lido livros da Holly sei que ela não decepciona (ou pelo menos não me decepciona) com sua escrita, tô querendo entender porque não li quando tem tudo que eu gosto. Li a resenha aqui e agora preciso caçar spoilers (sim gosto de spoilers hahaha) e comprar o primeiro livro hahaha

    Obrigada, adorei a resenha :)

    ResponderExcluir
  2. Arrasou na resenha, estou amando acompanhar histórias com essa temática. Essa ainda não conhecia, mas já coloquei na lista! <3

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Às vezes o livro não é do jeito que a gente espera. Mas isso não faz dele ruim. A história pode ser interessante assim mesmo. Acho que é isso o que aconteceu aí. Um abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
  4. Eu li as resenhas dos livros anteriores e lembro como vc estava ansiosa para a leitura desse. Confesso que se fosse no meu caso, ao ver as 300 páginas desse livro eu ficaria feliz em pensar que a autora fez um desfecho compacto, haha. Odeio finais arrastados e cheios de enrolação. Que bom que você teve uma boa experiência com esse livro, eu amei a capa dele, mas tbm acho sacanagem a falta das cartas se elas são cruciais para o entendimento da história.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sil
    Sua resenha foi bem positiva e isso é muito legal. Eu vi algumas amigas dizendo se decepcionarem com o final, mas eu acho que foi justamente a desconstrução da Jude ao longo desse livro que pode ter feito muita gente amar ela. Infelizmente eu desisti no segundo porque a história não me empolgou, mas quero ler mais livros da Holly futuramente.
    Beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil, sua linda, tudo bem?
    Eu vi o lançamento da editora da história que vem antes dessa trilogia. Não sabia que o pessoal se frustrou com o final, vi tantos elogios, inclusive, salvo engano, acho que ela venceu o goodreads. Não me bata, mas me interessei por esse vilão. É tão difícil encontrar bons vilões hoje em dia e abstraindo o que eles fazem, geralmente sã os personagens mais complexos. Espero poder ler um dia e tomara que eu goste. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    https://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil
    Eu ainda pretendo ler essa trilogia, pois gosto bastante da autora e é uma das poucas que escrevem fantasia que eu realmente me apego a história e personagens. Todas as resenhas me deixam mais curiosa.

    Sil
    blog kzmirobooks.com • Siga no Instagram: @kzmirobooks

    ResponderExcluir
  8. Oi Sil, pois é, vi várias resenhas negativas mesmo, inclusive do colaborador do blog. Eu ainda não li nada da autora, mas tenho boas expectativas!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sil! Tudo bom?
    Que bom que tu curtiu tanto! Nos dias de euforia eu dei 4 estrelas mas acabei baixando porque achei o final meio deus ex machina demais (até pros meus critérios UHUHSAUHSAUHSAUHSAUH). Ainda assim foi uma ótima despedida dos personagens e eu tenho saudade de Jude e Cardan todo dia. Muito maravilhosos!

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  10. Amei a resenha. Quero muito ler essa série, sempre ouço muitos elogios, mas quero esquecer das expectativas para aproveitar tudo rs
    A capa está linda
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Não curti muito esse final. A parte 1 do livro foi ótima, mas chegou na parte 2 e virou fanficagem ruim.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil! Apesar de gostar de alguns aspectos da história no volume um, não me animei a seguir com a leitura da série. Ainda bem que você curtiu e gostou do desfecho. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  13. Amo mapas dentro dos livros, para os de fantasia, dá todo um toque especial.
    Essa história deve ser incrível desde o primeiro livro.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi, Sil. O livro parece-me incrível. Que bom que gostou. Adorei a resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Sil

    Eu fui lendo dando umas puladas porque ainda estou amadurecendo a ideia de ler ou não essa série. Que bom que foi uma conclusão bacana, o que mostra que não é a quantidade de páginas que faz uma boa história. É concordo com você quanto a questão da pré-venda, vi outras pessoas reclamando. Pelo menos poderiam ter disponibilizado online.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Sil,
    SPOILER:
    Já vou soltar a bomba: como assim a Jude não fica imortal no final? kkkk
    É clichê, eu sei, mas poxa!!!!!!!!!!!!!! Eu queria vê-los felizes para sempre! rs
    Bom, mas nem é isso que me incomoda nessa obra, é que faltou um 'confronto' mesmo, sabe? Eu queria ver um embate UAU, e foi algo mais... Jude fazendo exatamente o que precisava fazer. É um livro MUITO BOM mesmo, só não foi meu favorito da série.
    E SIM, estou IRRITADÍSSIMA em não ter acesso as cartas. AFFFFF.
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo