14 julho 2021

Resenha | Infâncias Roubadas - Angela Marsons

Livro: 
Infâncias roubadas
Série: Detetive Kim Stone #3
#1 - Gritos no Silêncio
#2 - Jogos Malignos
Gênero: Suspense
Autora: Angela Marsons
Editora: Gutenberg
Páginas: 399
Ano: 2021

Resenha:
A detetive Kim Stone não estava em seus melhores dias. Na noite anterior um rapaz de dezenove anos que tentava sair do mundo do crime e Kim sentia, estava sob sua responsabilidade, acabou perdendo a vida por culpa de uma repórter que só pensou no furo jornalístico que teria. E as coisas com certeza estavam prestes a piorar porque ela é chamada para ir a delegacia com urgência em um domingo. Chegando lá Kim descobre se tratar de um sequestro de duas garotas de nove anos, Charlie e Amy, amigas inseparáveis. As mães receberam um telefonema avisando sobre o sequestro e uma das mães pediu para que a investigação fosse deixada a cargo de Kim, já que as duas se conheceram quando crianças. 

O caso parece ser idêntico a um que aconteceu treze meses antes, onde somente uma das garotas sobreviveu. Por isso dessa vez a polícia vai tentar algo diferente e vai haver um bloqueio de mídia, o que é exatamente o contrário do que se faz em um caso de sequestro onde a divulgação dos fatos é essencial para que a vítima seja encontrada com vida, e um bloqueio de polícia, Kim vai montar sua base de operação dentro da casa de uma das garotas e como as famílias são amigas, todos vão ficar no mesmo ambiente. E Kim já esperava que o caso fosse difícil, mas não podia imaginar que ia se deparar com algo tão sinistro.

O sequestro na verdade é uma espécie de leilão onde os pais que fizerem a maior oferta vai ter sua filha de volta, enquanto a outra criança será morta. Então a amizade das famílias, que não era somente entre as crianças, acaba com uma mensagem de texto pois cada um quer sua filha de volta com vida. E Kim se vê presa entre essa guerra enquanto luta contra o tempo para salvar as duas crianças. E ela não abre mão de trazer as duas de volta vivas. E enquanto tenta descobrir o porque da escolha das famílias pelo sequestrador, segredos vão sendo revelados e Kim vai correr contra o tempo para tentar encontrar uma brecha que leve ela até a identidade dos sequestradores antes que seja tarde demais. 


Esse é o terceiro livro da série com a detetive Kim Stone. Eu li os dois primeiros e fui arrebatada pelo quanto os livros são bons. A autora foi genial, principalmente em Jogos Malignos onde ela criou uma história de tirar o folego com plot twist em praticamente todo final de capítulo e no final amarrou todas as pontas e o livro acabou entrando para meu top de livros favoritos do ano de 2019. Então já imaginem a minha expectativa ao pegar esse livro para ler. E felizmente a autora continua sendo surpreendente e a Kim Stone minha detetive favorita se igualando ao Hercule Poirot em minha escala de melhores detetives da ficção. 

Assim como alertei no segundo livro, apesar dos livros da série ter historias fechadas com começo, meio e fim, o ideal é que os livros sejam lidos na ordem, porque a vida da detetive e seus dilemas é metade da história. Literalmente porque em cada livro conhecemos um pouco mais sobre ela e principalmente sobre seu passado, o que ajuda e muito a entender suas ações e sua personalidade no presente. Inclusive a autora traz pessoas de seu passado em cada história. Por isso se quiser pode até se arriscar a ler os livros fora de ordem, mas saiba que estará deixando de aproveitar uma grande parte da história, já que nessa série em especial temos um suspense/drama muito bem construído ao longo da série. 

E assim como nos outros dois livros da série aqui não temos que descobrir a identidade do culpado. O suspense aqui é saber se Kim vai conseguir salvar as garotas. Apesar de que temos uma revelação daquelas no final. Temos alguns capítulos onde acompanhamos o que está acontecendo com os sequestradores. E nessas partes tem que ter estômago forte porque um deles em especial é um sádico que faz cada coisa e a gente fica com o coração na mão pelas garotas. Que nervoso que me dava ao ler os capítulos pela visão das meninas, era aflição real mesmo. Achei esse terceiro livro bem forte, quase se comparando aos livros da Karin Slaughter, que é outra autora que pesa a mão nas cenas violentas.

E além da Kim, temos sua equipe que eu já tinha gostado muito nos outros livros e nesse novamente temos uma participação expressiva deles, até em um caso paralelo ao das garotas. Sem falar nos personagens secundários, um em especial, Matt Ward, o negociador, que assim que apareceu eu já shippei com a Kim porque os dois são exatamente iguais e os embates entre eles parecia uma luta de MMA. Enfim, foi um livro que me tirou o folego e eu não conseguia largar de tanto que a história me prendeu. Recomendo muito para quem é fã de um bom livro do gênero. Se ainda não conhece os livros da autora não perca mais tempo e corra garantir o seu. Infâncias Roubadas sem dúvida está entre os melhore lidos do ano. 

Nota:





 


14 comentários:

  1. Oi
    esse realmente parece um livro de tirar o folego, só de ler sua resenha já fiquei agoniada aqui para saber o que aconteceu, vou anotar o nome desse livro para futuramente ver se compra.
    Boa dica.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Sil, tudo bem?
    Você sabe que adoro um livro policial, né?
    Adicionando a série da detetive Kim no Skoob right now! Fiquei louca pra ler. =)
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  3. Oi Sil, eu leio tanto romance que às vezes eu preciso me arriscar em outros gêneros. Eu não conheço a série, mas fiquei interessada! Se vc que que gosta de suspense curtiu é pq deve ser bom!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Percebe-se a empolgação no texto. Parece mesmo muito boa essa série. É bom quando cada livro fecha um arco. Embora alguns personagens sejam os mesmos, pois são os mais importantes da série, um caso novo por livro é ótimo. E ler na ordem nos faz ter aquele algo mais na compreensão de algumas coisas, entre um livro e outro, que se interligam, mas só os leitores assíduos é que ficam sabendo. É como compreender as obras em uma outra camada.

    ResponderExcluir
  5. Oi Sil.
    Eu ainda não conhecia essa série , mas fiquei curiosa quando você disse que a detetive Kim iguala com Hercule Poirot.
    Até hoje nenhum.detetive que eu conheci conseguiu ss igualar ao detetive belga.

    Amei a resenha

    Beijos

    https://mundinhoquaseperfeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. parece maravilhosooo. Ainda não conhecia, mas adorei os elementos que destacou.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  7. Sil, menina, que trama boa é essa???? Eu amo esse tipo de história, mas nunca tinha ouvido falar da série (se ouvi, não tô lembrando). Faz tempo que não leio nada parecido. Já vou salvar aqui o post pra colocar na minha lista de desejados lá na Amazon, hehe!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    ResponderExcluir
  8. Oi Sil,
    Preciso voltar a ler suspense, no momento estou só na leitura dos romances. Achei muito bom este enredo.

    Beijinhos
    https://tecendoaliteratura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Sil,
    A premissa me lembrou o livro A Corrente, onde uma criança só é liberada do sequestro quando a família sequestra outra criança, virando um ciclo. Acho que esse vc já até leu.
    Como fã de suspenses, eu amei conhecer esse livro. Mas, vou colocar primeiro Jogos Malignos na minha lista, assim eu leio os livros na ordem certa. E com o aviso sobre a similaridade com a Karin Slaughter, eu já fico em alerta sobre o tipo de conteúdo que posso encontrar no livro, pois a Karin pesa na mão mesmo O.O
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi, Sil! Tudo bem?

    Faz um bom tempo que não leio nada do genero, mas achei bem interessante. Não conhecia a autoraou os livros, mas achei genial ela conectar os livros para que informações sobre a detetive apareçam em cada um. Parece ser daqueles livros que a gente só larga quando está tudo resolvido porque haja coração para esperar resolução!

    Beijos

    ResponderExcluir

  11. Oi, Sil! Como vai? Parece uma obra de tirar o fôlego, não é mesmo? Por eu gostar muito deste gênero fiquei tentado a lê-lo, embora o fato de ser série me desanime um pouquinho, pois prefiro obras de volume único. Ótima resenha. Abraço!


    http://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil!
    Eu tenho um livro da autora aqui, mas ainda não o li.
    Estou querendo voltar aos thrillers agora que meu emocional estabilizou um pouco por conta da pandemia. Não sabia que esses eram uma série, olha que desligada eu!
    Vou anotar aqui para não ler fora de ordem!
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Sempre tive muita curiosidade com histórias que envolvem detetives e investigação, principalmente quando são bem construídas, pois envolvem o leitor de forma tão absoluta né? Não sabia dessa série mas já fiquei curiosa para ler.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá Sil,


    Não li nada da autora, mas já vão para a minha lista de desejados, gosto demais do gênero e fiquei curioso.


    Bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo