03 julho 2022

Resumo Literário de Junho/2022

Em junho até me surpreendi com a quantidade de livros que eu li. Mas li mais em quantidade de livros porque as páginas foram menos que as de março e abril. Continuei lendo mais e-books do que livros físicos. Geralmente o lugar que mais leio é no ônibus e o motorista agora pegou o hábito de deixar as luzes apagadas, dai como o horário que vou trabalhar ainda está escuro, só enxergo no Kindle porque tem luz própria. Foram 26 livros e 1 conto. E 7.225 páginas lidas. E as leituras foram bem oito ou oitenta esse mês. Teve muita nota 5, mas teve bastante nota 2 também. Vamos aos números.

6 são livros físicos

21 são e-books 

1 + uma coautoria, foram escritos por homens

25 foram escritos por mulheres

12 são nacionais

15 são estrangeiros

E esses foram os lidos e resenhados:


Turma da Mônica Jovem: Luz, gatos, confusão!
Nota: 5/5 💗
Resenha: Aqui

No lugar errado, na hora errada
Nota: 5/5 
Resenha: Aqui

A Influencer
Nota: 2/5 
Resenha: Aqui


Uma Chama Entre as Cinzas
Nota: 3/5 
Resenha: em breve

Uma Tocha na Escuridão
Nota: 4/5 
Resenha: em breve

Três ratos cegos e outros contos
Nota: 4/5
Resenha: em breve



Esses foram os lidos que não terão resenha no blog. Lembrando que todos eles estavam no Kindle Unlimited até o momento que liberei essa postagem.


Scrooged
Sinopse: Skoob
Nota: 5/5
Nem estamos na época, mas eu não ligo de ler histórias natalinas o ano todo. E amei esse livro. Nele temos três contos de comédias românticas que se passam na época do Natal que deixa o coração da gente quentinho de tão fofas e românticas que são. Todas as três dariam ótimos filmes de Natal, ou poderia juntar tudo em um filme só que daria super certo mesmo as histórias sendo independentes. Mas sendo um livro delas eu já esperava que fosse amar mesmo. 

O Segredo de Jake
Sinopse: Skoob
Nota: 4/5
Esse eu li porque vi todo mundo falando do livro Minha Skylar e fiquei morrendo de vontade de ler também, mas como a história desse livro se passa antes dele, resolvi ler esse primeiro. E gostei bastante com algumas ressalvas. Na primeira metade do livro temos a história pela visão da protagonista feminina e na segunda metade do protagonista masculino, mas teria ficado muito melhor ter sido intercalado por capítulos. E o segredo que dá título ao livro foi um que nunca imaginei e não sei se teria a mesma disposição da mocinha para aceitar aquilo não hehe.  

O gêmeo errado
Sinopse: Skoob 
Nota: 4/5
Eu amei os dois livros da autora que eu li até agora, então quando lançou esse eu já corri garantir o meu. Mas infelizmente não amei esse livro como aconteceu com os outros. Toda a história gira em torno de uma mentira, e isso foi o que me irritou. Porque todo mundo no livro sabia que ela estava sendo enganada pelos irmãos, até mesmo a irmã dela e mesmo a mentira sendo "por uma boa causa", não aceitei a justificativa. E infelizmente também não consegui me apaixonar pelo protagonista masculino. O amor instantâneo dele não me convenceu, porque eles já tinham uma história e antes os sentimentos dele foram bem diferentes e essa mudança foi do nada. Mas é uma boa história, só não é a melhor da autora.

Uma proposta irrecusável
Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
Esse eu peguei a dica no blog da Mika. Faz algum tempo que eu não consigo gostar de chick-lit. Tudo me parece tão bobo e irritante. O que é para ser engraçado me dá raiva. Mas continuo insistindo no gênero e infelizmente ao mesmo tempo que gostei da escrita da autora e devorei a história, li em um dia, achei muita coisa no livro que me desagradou. Principalmente a inocência sem tamanho da protagonista. A garota parecia que tinha 5 anos e todo mundo se aproveitava dela. E se tivesse mudado alguma coisa no decorrer da história, mas não, ela terminou o livro a mesma tapada do começo.

Noiva Irresistível
Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
Sempre Irresistível
Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
Esses dois são duas novelas da série Cretino Irresistível e ficam entre os livros três e quatro da série. No primeiro vamos acompanhar os dias antes do casamento do casal do primeiro livro e no segundo o pós nascimento da filha do casal do segundo livro. Ele é indicado para quem está lendo a série, porque se for fazer uma leitura aleatória as histórias não vão ser significantes. E valeu para reencontrar os personagens. Os meninos juntos são muito engraçados, mas não tem nada demais nas histórias. E o segundo serve para dar a introdução para o próximo da série. E o primeiro pelo que entendi foi a última história da série à ser escrita, mas se encaixa aqui depois do terceiro livro na ordem cronológica. 

A esposa que eu não escolhi.
Sinopse: Skoob
Nota: 2/5
Esse peguei por indicação da Amazon. E meu Deus, que enredo de novela mexicana. Acontece de tudo com o casal protagonista. Quando você pensa agora vai dar tudo certo, 2 páginas depois lá vem outra coisa para separar o casal. Quando pensei que não tinha mais nada mirabolante para acontecer eu olhei e ainda estava em 70% do livro e claro lá veio mais um monte de drama descabido. Isso tudo regado a muitas cenas de sexo. E passei vergonha alheia com algumas palavras usadas pela autora. E ainda era tudo no diminutivo.

Querida Ava
Sinopse: Skoob
Nota: 5/5 💗
Esse também foi outro daqueles livros que peguei a dica no Estante da Ale e só li mil anos depois. E me arrependi por não ter lido antes porque amei muito esse livro. A sinopse do livro engana bem porque não é nada daquilo que está escrito lá. O livro é muito mais, os protagonistas são maravilhosos, Ava é de outro mundo e com certeza quero ler tudo da autora agora. Só fica o alerta porque tem gatilho de estupro no livro.

Quem disse que é amor?
Sinopse: Skoob
Nota: 2/5
Esse aqui estou ensaiando ler faz um tempão. É um spin-off do livro Uma Mentirinha De Nada e quando comecei a ler confesso que nem lembrava mais da história. Mas foi só ler que começou a voltar, até porque esse livro acontece em paralelo com grande parte da história do outro. Mas infelizmente não gostei tanto assim do livro. A protagonista feminina é uma escrota, e torci para que o cara ficasse com outra. Eu não gosto de quando é o personagem masculino que é assim e não ia gostar do contrário. E também achei o livro muito extenso para o pouco conteúdo. 

Vertan
Sinopse: Skoob
Nota: 2/5
Esse é o quinto livro da série Filhos do Acordo. Eu tinha dado um tempo na série porque estava achando os enredos todos parecidos e só agora resolvi voltar e terminar a série. E esse quinto livro foi o mais fraco da série. Praticamente não acontece nada e até nas cenas hots achei que a autora deixou a desejar. Porque pelo menos isso tinha de bom nos outros hehe.
Sobre Rhergai
Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
Esse conto fica entre os livros dois e três da série. Mas só vi ele agora que peguei o box com a série completa no KU. Esse conto não tem validade nenhuma para a história da série, é só sex# mesmo.
Drekkor
Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
No sexto livro temos a história de um dos personagens mais intrigantes da série. Desde o primeiro livro ele chama a atenção e esse livro foi na verdade a pedido dos fãs da série. E fui surpreendida porque quase não teve cenas hots nele. Até que enfim a autora se tocou que estava faltando história nos livros. Mas ainda assim achei ele bem fraco.
Arcen
Sinopse: Skoob
Nota: 3.5/5
E por fim o ultimo livro da série e que temos como protagonista o vilão da coisa toda. E foi um dos livros que mais gostei da série. Porque enfim depois de tantos livros temos as explicações do que realmente aconteceu na história. Porque os outros eram praticamente cenas hots em excesso jogados em uma confusão enorme. Mas no final ainda a autora diz que pode escrever outros livros dessa série, o que sinceramente espero que ela mude de ideia. 

Paixão Obscura
Sinopse: Skoob
Nota: 2/5
Sabe o famoso menos é mais? Cabe exatinho aqui nesse livro. Tem de tudo nele e virou uma salada de coisas. Tem romance tabu com o tio que é praticante de BDSM e jornalista que troca informação por sexo e ainda tem a vilã da história que odeia a protagonista e coloca fotos intimas dela em sites pornográficos, tem racismo, tem politico sujo e um grupo de simpatizantes dos hooligans. Tem tanta coisa e nada foi desenvolvido a contento. Sem falar no instalove entre os protagonistas.

O problema com você 
Sinopse: Skoob
Nota: 5/5
Esse eu peguei a dica no canal da Mika. Demorei para ler, mas enfim li. E que leitura gostosa. Ele é um bullying romance com enemies to lovers e a gente se apaixona pelos personagens logo de cara. Mesmo tendo essa pegada do bullying, não tem como não torcer pelo casal. E não só por eles, mas pelos secundários também que serão os protagonistas dos outros livros da série. O certo é que amei tudo nesse livro e dei uma nota máxima merecida.

Tudo para dar certo
Sinopse: Skoob
Nota: 5/5
Esse foi sugestão da Amazon baseado nas minhas leituras. E outro livro que amei logo de cara. A protagonista feminina é hilária e os embates entre os protagonistas são épicos. É aquele jogo de gato e rato que a gente não sabe se ri ou se suspira pelo casal. Amei a história do começo ao fim e quero ler os outros livros da série porque os personagens secundários são igualmente interessantes.

Minha Skylar
Sinopse: Skoob
Nota: 5/5 💗
Eu dei um tempo antes de ler esse livro depois de O Segredo de Jake para não emendar um drama no outro. Como disse acima, o meu interesse era nesse livro, mas li o livro do Jake primeiro porque os protagonistas desse aparecem jovem nele. E eles estavam tão apaixonados que não esperava que nesse eles fossem começar separados. Por isso acabei devorando o livro porque precisava saber o que tinha acontecido para eles se separarem. E quando descobri ficou até aquele aperto no peito, já que até chegar naquele ponto a autora escreveu uma história de amor tão linda, que depois queria até chorar pelo o que aconteceu como se fosse tudo real. Eu mais do que recomendo esse livro, foi uma leitura intensa e tão vívida e uma história linda de amor.

A Consultora Teen
Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
Eu peguei a dica desse livro no blog da Nana. Como gosto dos livros da autora resolvi ler. E só quando já tinha lido metade do livro foi que lembrei da história, joguei no skoob e eu já tinha lido ele em 2016 hehe. Mas como sou dessas que não deixa leitura pela metade, reli até o final. A história é bem fofa, ideal para pré-adolescente porque a autora vai falar sobre primeiro beijo, mudança de escola, e outros assuntos típicos dessa fase de uma forma bem leve. É uma leitura rápida e até mesmo nostálgica de um tempo inocente que não existe mais. 

Tiro Certeiro
Sinopse: Skoob
Nota: 3/5
Esse é o quarto livro da série Brooklyn Bruisers. E apesar de gostar dos livros e achar eles bem escritos se comparados a outros do gênero, tem algumas coisas que me incomodam durante a leitura. Nesse aqui por exemplo a autora falou sobre um assunto muito dolorido, que não vou falar qual é para não dar spoilers para quem vai ler, e tudo se resolve em duas páginas. Depois de todo trauma que o mocinho passou era impossível ele mudar de ideia de um dia para o outro assim não. A gente sabe que alguns milagres acontecem na ficção, mas tem assuntos que não dá para abordar e não tratar devidamente. Já que vai escrever sobre aquilo, escreva a realidade do que acontece. Mas é uma boa série e vou continuar lendo.

Uma Paixão de Outono
Sinopse: Skoob
Nota: 2/5
Esse também é o quarto livro de uma série, só que de época, Estações. E para falar a verdade as histórias são tão fracas que nem me lembro do que aconteceu nos outros livros. Mas como sou dessas que não consegue largar séries no meio, eu continuo lendo os livros. E esse foi exatamente como os outros, história fraca, cenas hots para encher linguiça, dramas e acontecimentos que deveriam ser surpresa para o leitor mas, que surpreende zero pessoas e, protagonistas fracos e sem carisma. Mas não foi porque eu não gostei que os livros não vão funcionar com você. Até porque vi algumas resenhas bem positivas da série, então se quiser, se arrisque na leitura.

Um marido de aluguel
Sinopse: Skoob
Nota: 2/5
Esse aqui peguei para ler pelo clichê que o próprio título já diz qual é. E infelizmente já desgostei da protagonista feminina logo de cara. Era um tal de vou fazer biquinho que consigo tudo que me irritou. Ela é mimada, irritante e infantil. Os dois na verdade estão na faixa dos 30 e se comportam como se tivessem 15. Mas a mulher é pior. Ela não respeita nenhum limite e ainda faz a magoada quando falam isso na cara dela. A história tem um péssimo desenvolvimento, o motivo do marido de aluguel é esquecido logo de cara e a autora só lembra dele na metade do livro. E a cereja do bolo, o cara é garoto de programa há mais de dez anos e em dois dias repensa tudo por ela. Ainda se fosse um ela diferente até passava, mas assim não deu para engolir. E depois da metade do livro em diante ainda virou um drama sem fim, mas foi um pouco menos pior que a primeira metade. Infelizmente fechei o mês com uma péssima leitura. 







02 julho 2022

Resenha | A Influencer - Ellery Lloyd

Livro
: A Influencer
Série: Não 
Gênero: Suspense
Autora: Ellery Lloyd
Editora: Intrínseca
Páginas: 304
Ano: 2022

Resenha:
Dizem que nas redes sociais você tem uma vida perfeita. Ou seria a vida que seus seguidores gostaria que você tivesse? E se para agradar os fãs é preciso mentir, manipular e criar uma vida completamente diferente da real, Emmy não hesita em fazer. Dona do ig mama_semfiltro a vida de Emmy foi planejada para ser o exemplo de muitas mães de primeira viagem que precisam de suas dicas e conselhos. Uma vida feita de mentiras. Emmy era uma editora de moda bem sucedida quando viu a oportunidade diante de seus olhos e não pensou duas vezes antes de largar tudo e entrar para o mundo digital. Quando Emmy contatou uma agente, ela disse que saúde mental e maternidade era o que estava em alta no Instagram, então ela não hesitou e alguns meses depois estava grávida e com toda sua vida nas redes sociais planejada. 

Mas as fotos e legendas perfeitas não estava dando muito certo, então Emmy resolveu dar uma maquiada na situação. Por exemplo, seus filhos Coco e Bear dormem como dois anjos, mas isso não é interessante é nem gera engajamento, então nas redes sociais eles viram os próprios diabinhos que não deixam os pais dormirem e isso está atrasando o lançamento do novo livro do Dan. E como toda mentira tem que ter um fundo de verdade para ser convincente, Dan realmente não consegue escrever, mas é porque a cada cinco minutos precisa parar para atender a campainha e assinar o recebimento de algum produto grátis que enviaram para a esposa. E a casa deles perfeitamente arrumada precisa ter aquele ar de bagunça para as fotos, então nada como alguns minutos antes, sair jogando brinquedos e roupas pela casa. 

Sem falar no cabelo de Emmy, que necessita de um retoque, mas se ela pintar não vai ganhar a simpatia de tantas mães que não tem tempo de ir até um salão, nem os milhares de produtos que recebe grátis das fabricantes de cosméticos. E não custa nada fingir que saiu de casa com a roupa do avesso e com os tênis com o par trocado, afinal essas pequenas mentirinhas não prejudicam ninguém. Será mesmo? Emmy pode até acreditar que o único risco que corre é o do cancelamento ou até mesmo alguns atritos com Dan. Nada que não possa ser superado rapidamente já que eles se amam. Mas o que ela nem imagina é que o perigo é bem maior. Alguém está seguindo seus passos de muito perto e não apenas nas redes sociais e a intenção é acabar com sua vida tirando dela o seu bem mais precioso. 


Esse livro foi o 44 do Clube Intrínseco. Sempre que vem algum suspense eu já passo na frente e com esse não foi diferente. Mas infelizmente o livro deixou bastante a desejar. Dois terços do livro são muito cansativos e as coisas só melhoram quase no final, onde tudo que não aconteceu antes, cai em cima do leitor de uma vez. A história é interessante, o tema atual, mas não foi bem desenvolvida. Não temos nenhum personagem cativante, todos sem exceção são praticamente intragáveis, e ainda temos um texto praticamente sem diálogos. Demorei quase um mês para ler um livro que se fosse diferente, eu leria em um dia.

Começando pela Emmy. Ela é uma mentirosa manipuladora que tudo o que faz é pensado e planejado para as redes sociais. Tem horas que dá asco ao ver como ela usa os filhos e situações que deveriam ser mantidas privadas para ganhar seguidores e manter o engajamento. Não tem como gostar dela e não entender o lado da "vilã" da história se for pensar em tudo o que ela faz e é como pessoa. Mas por outro lado o motivo de tudo, o que a "vilã" faz é tão sem propósito que também não dá para justificar suas atitudes. Emmy errou no caso sim, mas não chega nem perto de ser um motivo para mover o ódio todo da antagonista e nem explicar seus atos.

E ainda temos Dan, o marido que poderia ser a única pessoa gostável do livro, mas que não ganha a simpatia do leitor porque fica em cima do muro o tempo todo. Na verdade ele não está em cima do muro porque escolheu um lado sim, ele sabe que tudo que Emmy faz está errado, mas finge não ver porque está confortável com aquela vida. E depois no final suas atitudes provam realmente seu caráter. Aliás, o final é um das poucas coisas boas do livro. Depois de uma história cansativa com capítulos e mais capítulos narrando a vida fútil e falsa da Emmy, temos uma quase reviravolta no final, mas que também infelizmente não tem nada de novo e já cansei de ver finais parecidos em outros livros.

Infelizmente os autores, sim autores porque o nome Ellery Lloyd é o pseudônimo do casal Collette Lyons e Paul Vlitos, apostaram em um tema que tinha tudo para dar certo porque é algo tão atual, com pessoas realmente fingindo uma vida que não existe nas redes sociais, outras acreditando em tudo e se martirizando porque a sua vida não é tão perfeita quanto a de um ou outro influencer, e ainda tem os famosos haters, mas não souberam desenvolver a história a ponto dela se tornar um suspense interessante e que prendesse o leitor em seus capítulos. Por isso é uma leitura que não indico. Mas amei a edição e a cor que acho uma das mais bonitas do clube até agora.

Nota:








30 junho 2022

Tag 50%

Pois é, o ano começou outro dia e já se foi metade dele. E como sempre temos aqui a famosa tag do meio do ano. 

1. O melhor livro que você leu até agora, em 2022.

Essa tags sempre começam com a pergunta mais dificil. Como escolher só um dentre os tantos que já li esse ano? Vou pelo gosto pessoal mesmo e vou ficar com esse. Resenha aqui.

2. A melhor continuação que você leu até agora, em 2022.

Não li muitas continuações, mas essa está a altura do primeiro livro. Resenha aqui.

3. Algum lançamento do primeiro semestre que você ainda não leu, mas quer muito.

Eu estou apaixonada nessa edição, e só não li ainda porque quero terminar a trilogia Caraval antes de ler ele. 

4. O livro mais aguardado do segundo semestre.

Sempre fico sabendo dos lançamentos no mês que lança, por isso nem sei quais estão para lançar ainda. Mas vou citar esse aqui que sei que já sai agora em julho. 

5. O livro que mais te decepcionou esse ano.

Tive algumas decepções esse ano. Mas a pior delas foi com esse livro aqui. Eu não sei como a nota dele é tão alta no skoob. Resenha aqui.

6. O livro que mais te surpreendeu esse ano. 

Eu não esperava nada desse livro porque o primeiro da série foi uma decepção. Mas amei esse segundo. Resenha aqui.

7. Novo autor favorito (que lançou seu primeiro livro nesse semestre, ou que você conheceu recentemente).

Eu vou ler tudo o que a Talia Hibbert lançar porque amei seus dois livros que li até agora. 

8. A sua quedinha por personagem fictício mais recente.

Sou dessas que me apaixono durante a leitura, mas acabo esquecendo assim que fecho o livro hehe. Então poderia citar aqui quase todos os livros de romance que li nesses meses. Mas acho que fico com o Zaf. Resenha aqui.

9. Seu personagem favorito mais recente.

Eu me emocionei tanto com esse livro que precisava encaixar ele aqui na tag. E o Mitch merece o título.

10. Um livro que te fez chorar nesse primeiro semestre.

Estou fugindo de leituras que me façam chorar, mas um que derramei muitas lágrimas foi Willa, a Salvação da Floresta. Resenha aqui.

11. Um livro que te deixou feliz nesse primeiro semestre.

Eu amei essa edição e a história é daquelas que a gente fica super feliz o livro todo. Resenha aqui.

12. Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu até agora, em 2022.

Não assisti a nenhum filme adaptado esse ano, então vou de série. Fiquei na dúvida entre a segunda temporada de Bridgerton e De volta aos quinze. E acabei escolhendo a primeira porque a série está sendo bem melhor que os livros. 

13. Sua resenha favorita desse primeiro semestre (escrita ou em vídeo).

Outra pergunta difícil porque nunca fico satisfeita com as resenhas que escrevo, mas escolhi a resenha de Marina que reli o livro para resenhar no aniversário de dez anos do blog. Resenha aqui.

14. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou esse ano.

Poderia citar aqui novamente Willa ou Era uma vez um coração partido que são edições perfeitas, mas fico com esse que também está de encher os olhos. 

15. Quais livros você precisa ou quer muito ler até o final do ano?

Como sempre falo aqui no blog, eu escolho minhas leituras na hora que vou ler, mas separei esses aqui que pretendo ler, mas não vou ficar na obrigação, se der, deu hehe. 





26 junho 2022

Resenha | O Retorno do Rei - J. R. R. Tolkien

Livro: 
O Retorno do Rei
Série: O Senhor dos Anéis #3
Gênero: Fantasia
Autor: J. R. R. Tolkien
Editora: Martins Fontes
Páginas: 450
Ano: 2000

Contêm spoilers dos livros anteriores.

Resenha:
As forças do mal estão se reerguendo e Sauron, o Senhor do Escuro, está a procura do seu anel, e é só uma questão de tempo até ele encontrar, já que o Um anel também quer voltar para seu Senhor. Por todos esses anos o Um Anel esteve em posse de Bilbo Bolseiro que ao decidir desaparecer deixou o Um Anel para seu sobrinho Frodo, que agora vai ter a missão ingrata de levar o Um Anel até Mordor, local onde ele foi forjado, para destruí-lo. Mas Frodo não vai estar sozinho nessa jornada. Uma comitiva com representantes de vários povos é formada. Mas durante a viagem eles sofrem algumas perdas e acabam se separando com Frodo e seu fiel amigo Sam seguindo rumo a Mordor enquanto Aragorn, Legolas e Gimli seguem a procura de Merry e Pimpim que foram levados pelos orcs. 

Sam e Frodo acabam se encontrando com Gollum, que serve de guia para a dupla de hobbits, mas o poder do Um Anel é mais forte que a criatura e Gollum leva Frodo direto para morte. Sam pega o Um Anel para tentar cumprir a missão, mas descobre que Frodo ainda está vivo, mas foi capturado pelos orcs. E enquanto isso Aragorn, Legolas e Gimli não encontram apenas os hobbits sequestrados, mas também Gandalf, que eles acreditavam estar morto. Eles acabam tendo um confronto com Saruman que estava se comunicando com Sauron através de um palantír (uma espécie de bola de cristal), e Pimpim movido pela curiosidade acaba usando o objeto e Sauron além de ver o hobbit e achar ser ele o portador do Anel, descobre os passos do grupo. 

Por isso o grupo acaba se separando mais uma vez, já que Gandalf  na tentativa de proteger Pimpim leva o pequeno com ele para Minas Tirith, para tentar alertar Denethor para a guerra iminente. Já Merry permanece junto dos Cavaleiros de Rohan e, Legolas e Gimli acompanham Aragorn pelas Sendas dos Mortos, local de onde ninguém nunca voltou vivo. Mas Aragorn como herdeiro de Isildur é o único que pode tentar mudar isso. E eles precisam de toda ajuda possível, seja ela dos vivos ou dos mortos. Cada um tem uma missão pela frente nessa guerra que já começou, porque a escuridão já se abateu sobre a Terra Média e eles tem muitas batalhas para lutar e sua única esperança é distrair a atenção de Sauron até que Frodo consiga destruir o anel. 


Tentei fazer um apanhado geral de como está a situação até o momento, mas isso tudo que falei não chega nem a 1% do que a história realmente entrega. Tem tanta coisa acontecendo, tantos cenários e personagens e cada um deles lutando em uma batalha diferente e tudo está ligado, e a gente fica até sem fôlego durante a leitura. Foi um nervoso, um roer de unhas, a gente torce, chora, ri, passa raiva com alguns personagens e até luta com eles. Porque se for ver é uma luta de um David contra milhares de Golias. Fica aquela sensação, é vocês são bons, mas já viu a quantidade de soldados que tem do outro lado? E soldados que não se importam em morrer.

Os dois primeiros livros são excelentes, mas se comparados a esse, eles chegam a ser somente bons de tão perfeito que é esse terceiro livro. É uma obra prima, tanto que é referencia do gênero e como disse na resenha do segundo livro, se você não leu os livros, você ainda não sabe o que são livros de fantasia. A leitura é difícil no começo? É sim, mas depois que você começa não consegue mais largar. Eu inventei de reler os livros no ano passado e acabei em uma ressaca literária de livros do gênero porque não tem comparação com os outros. Depois que você lê Tolkien parece que os outros livros perdem a cor. E só agora consegui finalizar a trilogia. E a vontade é de começar tudo de novo hehe. 

E eu ainda tive uma dificuldade adicional na leitura. Minhas edições são as da Martins Fontes, cujas páginas são brancas e as letras minúsculas. Tente ler eles a noite e com sono. Embaralha tudo e por vezes lia a mesma linha de tão confuso que ficou. Mas ainda assim gosto dessas capas antigas. E por falar em edição, não sei como está a nova da HarperCollins, mas nessa que tenho tem os mapas, um apêndice com árvore genealógica, linha do tempo, calendário, pronúncia, o que torna o universo criado pelo autor ainda mais rico e interessante. Mas na minha opinião eu preferia ter lido algumas dessas informações antes de começar a ler a história, e não depois de terminar. Teria deixado a leitura mais proveitosa. 

Quando comecei a releitura da Saga do Anel não sabia que havia uma nova adaptação desse universo da Terra Média em andamento, agora as expectativas estão lá nas alturas. Até porque de tantas adaptações que temos, os filmes da trilogia são uns dos poucos que eu gosto bastante. Mesmo tendo mudado muita coisa, dando destaque para algumas situações e personagens que são apenas mencionados nos livros, Arwen e seu romance com Aragorn que o diga, ainda é uma boa adaptação porque a essência da história e dos personagens estão ali. Mas novamente se você só assistiu e não leu os livros, saiba que está perdendo muita coisa.

Agora vamos falar sobre o melhor personagem dessa trilogia: Samwise Gamgee. Quem seria Frodo nesse churrasco se não fosse o Sam? Ele é leal, corajoso, sensato, habilidoso, sábio e quando nada disso dá certo, ele ainda continua porque é o certo a se fazer. Frodo tem lá seus méritos, mas sem Sam ele não teria chegado nem na metade do caminho. Os quatro hobbits na verdade são os protagonistas dessa história, porque tudo começa com eles e termina com eles. Merry e Pimpim também provam seu valor e fazem a diferença nessa luta do bem contra o mal. E outra pessoa que tenho que destacar é a personagem mais corajosa desse terceiro livro: Éowyn. Dentre tantos homens e praticamente três mulheres na história, é uma delas que tem colhões para ir lá e enfrentar o cara. E até por isso acho que preferia um final diferente para ela.

E além de todas as coisas perfeitas e maravilhosas que existem nessa história, o melhor de tudo na minha opinião é que existe um depois. Sim, o livro não acaba com o final da batalha como acontece em todos os livros de fantasia. Eu tenho um nervoso de saber o que aconteceu com os personagens, quem casou, quem teve filho, como ficou o psicológico deles e não tem. Mas nesse não, umas boas 100 páginas foram reservadas para mostrar como ficaram as coisas após a guerra. E eu poderia ficar aqui horas falando sobre cada um deles e descrever meu amor por Aragorn, Legolas, Gimli, Gandalf e até mesmo Gollum que querendo ou não esteve presente quando eles precisaram dele, mas vou parar por aqui, porque sei que quase ninguém lê resenhas enormes. Só me resta indicar os livros para todos amantes de fantasia. E se você assim como eu já leu os livros, bora reler hehe.

Nota:







24 junho 2022

#127 | A Estante Aumentou!

Final do mês passado foi meu aniversário e me presenteei com alguns livros que estavam na minha lista de desejados. Mas só comprei também porque entraram em promoção hehe. Também chegaram alguns livros de parceria e do Clube Intrínsecos. E fiz uma promessa de meio de ano que só vou comprar livros físicos se ler os que já estão na minha estante, fora os que forem de série porque dai não vou conseguir me segurar. Vai funcionar assim, tenho que ler pelo menos 5 livros físicos para poder comprar 1 novo. Espero que assim consiga ler os que estão na estante e também diminuir os e-books que estou lendo, porque se deixar só leio e-books e os físicos só ficam lá pegando pó hehe. 

Recebidos

Recebi da Faro Editorial esses três livros. No lugar errado, na hora errada foi lançamento de maio e os outros dois de abril. Foi um parto para conseguir receber os livros por conta da transportadora que fez a maior confusão na entrega dos parceiros. E acabou vindo o pedido duplicado. Nunca chegava e quando chegou veio dois de cada hehe. Já tem resenhas de todos eles no blog.


Do Clube Intrínsecos veio esse livro que vou esperar as resenhas para saber se quero ler, porque incialmente não me atraiu. E esse brinde se alguém recebeu e sabe o que é me avisa porque eu não sei hehe. E infelizmente a Intrínseca anunciou que o Clube terá seu fim em setembro. É uma pena porque foi o clube que eu mais gostei de assinar.


E esses foram os que comprei. Esse acabei conseguindo pegar a edição com os brindes, mesmo não tendo comprado na pré-venda. Mas é outro que vai ficar na estante até eu ter lido a trilogia Caraval, que estou esperando a editora publicar ainda. 


Esses três são livros que estavam na minha lista de desejados da Amazon e aproveitei que baixaram os preços para comprar. Nona Casa eu quero desde que lançou, mas nunca baixava. Quando aconteceu comprei na mesma hora. Carrie eu já li, mas queria ter essa edição na minha coleção.


Também comprei esse da Literalize na pré-venda. Que edição maravilhosa, assim que der vou incluir ele na fila de leitura. 




Desapegos

Consegui separar alguns livros para doar esse mês. São livros que já li há muito tempo e não vou reler e também tem esses dois da Faro que acabei recebendo duplicado. E tem esse de não-ficção que veio na Trama Box e que não vou ler. 




Desejados

Esse mês não teve muita coisa que entrou no meu radar não. Só esse de época que achei a capa linda e esse da Agatha que faço coleção. 





© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo