14 novembro 2018

Lançamento de Novembro da Harlequin

Já viram o lançamento do mês da Harlequin? Eu me apaixonei por essa capa. E já vi bastantes elogios aos livros da autora, por isso estou bem ansiosa pela leitura.


Mick Trewlove é o filho bastardo do duque de Hedley, mas ninguém sabe disso. Mesmo depois de se tornar um empresário de sucesso, ele ainda busca vingança contra o homem que o abandonou. E qual a melhor forma de fazer isso do que seduzir a noiva do filho legítimo do duque? Lady Aslyn está noiva do conde Kipwick, filho único do duque de Hedley, mas se vê, inesperadamente, apaixonada pelo misterioso bilionário Mick Trewlove. Durante os passeios pelos parques de Londres, ela começa a desconfiar de que algo se esconde por trás do sorriso sedutor, mas não tem certeza. Quando os segredos são revelados, uma reviravolta inesperada surpreende Mick, que terá que escolher entre manter seu plano de vingança ou ser feliz.







12 novembro 2018

Resenha | Leonardo da Vinci e os Sete Crimes de Roma - Guillaume Prévost


Livro: Leonardo da Vinci e os Sete Crimes de Roma
Série: Não
Gênero: Suspense, Mistério
Autor: Guillaume Prévost
Editora: Gutenberg
Páginas: 256
Ano: 2018

Resenha:
Apesar do título do livro, a história não é narrada por Leonardo da Vinci e sim por Guido Sinibaldi, um estudante de medicina que na verdade queria seguir os passos de seu pai, que por treze anos foi o chefe da polícia de Roma, mas que por medo de perder o filho como aconteceu com o marido, sua mãe não quis nem saber de Guido seguir a carreira das armas. Guido é melhor amigo de Flavio Barueri, filho do atual capitão da polícia que foi ajudante do pai de Guido, e é Flavio quem avisa Guido da tragédia que acaba de se abater sobre Roma. A cidade já foi palco de muito sangue por causa dos combates e guerras que aconteceram. Mas nesse crime o que chama a atenção de todos não é o assassinato em si, mas a forma como o assassino expôs seu crime.

O local escolhido para o assassinato foi a Coluna de Marco Aurélio e o corpo foi deixado sobre a estátua do imperador. O corpo está nu e decapitado. E no interior da coluna, escrito com sangue, a seguinte frase: "Eum qui peccat..." [Aquele que peca...]. Guido, que aprecia um bom mistério, resolve acompanhar o caso e logo após suas aulas ele vai até o local onde o corpo está sendo dissecado e é assim que ele conhece o Mestre Leonardo da Vinci, que está no local fazendo algumas pesquisas sobre anatomia e é chamado para olhar o corpo. Os dois começam a conversar e Guido que ia voltar ao local do crime, sugere que Leonardo vá com ele. E quando Leonardo vê a inscrição, ele diz que o assassino ainda não terminou.

Três dias depois com a policia ainda longe da solução do mistério, um bilhete é deixado na casa do Mestre das Ruas com uma indicação clara da identidade da vítima, que é um jovem aprendiz de pintor que ganhava a vida se prostituindo e pode ser por isso a citação sobre pecado. E no dia do Natal mais um corpo é encontrado, dessa vez é o corpo nu de um velho e está em outra coluna de um imperador, a Coluna de Focas. Guido e Leonardo logo deduzem que as colunas podem ter alguma ligação com os crimes e vão até a Coluna de Trajano, onde encontram a cabeça do primeiro corpo. E dentro da coluna, uma cabeça de uma velha e na porta está escrito ."... Deus Castigat" [... Deus castiga]. Seguindo de pista em pista eles vão se deparar com um assassino muito mais inteligente e mais cruel do que eles podiam imaginar.

Quando vi que esse livro seria relançado pela editora, eu solicitei ele para ler. Ele foi lançado em 2013 pelo selo Vestígio, do Grupo Autêntica mesmo, e agora foi relançado pela Gutenberg com um acréscimo no título. O enredo do livro lembra muito os livros do Dan Brown, para quem é fã do estilo do autor é uma boa pedida. E também lendo o livro lembrei bastante de Sherlock Holmes e seu fiel amigo Dr. Watson. Da Vinci e Guido fazem bem esse papel, um o que pensa e deduz e o outro o que age seguindo as instruções. E foi um livro que me surpreendeu positivamente em alguns pontos, mas que deixou a desejar em outros. Mas como um todo é uma leitura que vale a pena.

Acho que o diferencial desse livro é usar uma pessoa real como personagem fictício, aqui no caso, Leonardo da Vinci. Acredito que ele é mais conhecido como pintor, principalmente pelos quadros Mona Lisa e A Última Ceia. Mas ele era muito mais do que um pintor, o homem era praticamente um bom bril. E nessa história veremos mais seus talentos como anatomista, já que é assim que ele e Guido se conhecem. Mas não é só ele que o autor resolveu colocar na história. Temos outros personagens reais como o papa Leão X, o pintor Rafael e outros nomes que viveram em Roma na época que se passa a história, em 1.514.

Outra coisa que me chamou bastante a atenção na história, foi que pela época que a história acontece não temos praticamente nenhum tipo de tecnologia que temos hoje. E por isso a investigação é bem mais lenta do que nos livros do gênero que estou acostumada a ler. Mas ai que entra a inteligencia e a sorte, porque eram duas coisas que eles tinham que contar muito para conseguir descobrir as coisas. Naquela época não existia autópsia, que dirá DNA, era feito dissecação nos cadáveres. E achei bem legal ver a forma como as investigações eram conduzidas. Outra coisa que chamou minha atenção foi o respeito que eles tinham com os artistas da época, a todos eles eram referidos como Mestre.

E voltando ao estilo Dan Brown, tudo acontece e gira em torno da Igreja Católica e assim pude conhecer um pouco mais sobre toda a estrutura da Igreja da época. Eu particularmente gosto bastante de livros assim, onde uma pista vai levando a outra e enigmas vão sendo deixados, para tanto o personagem como o leitor, tentar desvendar a verdade. E confesso que nem por um momento me passou pela cabeça a identidade do assassino. Guido foi um personagem bem cativante, inteligente e que eu leria outros livros com ele. Já da Vinci acho que por ser o carro chefe do livro, poderia ter aparecido mais do que apareceu. Mas a investigação só seguiu o rumo certo por causa de suas deduções. Eles formaram uma ótima dupla.

Como disse antes é um livro muito bom, mas acho que por eu estar acostumada com livros mais complexos do gênero, achei que faltou um algo a mais que me prendesse mesmo a história. O livro apesar de curto, acabou sendo uma leitura mais demorada por que a história não me prendeu totalmente. Mas acho que para quem não leu muitos livros do gênero, não vai sentir o mesmo que eu e vai amar a leitura. Por isso deixo aqui a minha indicação. Quanto a edição, achei muito bem feita e a capa achei essa mais bonita do que a da outra edição.

Nota:








11 novembro 2018

Sorteio de Aniversário do Frases Perdidas

Para comemorar esses 5 anos de amor pela literatura compartilhado na internet, em parceria com os blogs e canais Prefácio, Reino da Loucura, Resenhando Sonhos e Comparando Livros,  o Frases Perdidas está sorteando alguns prêmios. 




Confira as regras e participe:
  • A promoção é válida de 10/11 a 30/11;
  • As primeiras regras do formulário são obrigatórias e as demais são chances extras de ganhar;
  • Na opção de visitar uma fanpage é preciso curtir a página. Caso a fanpage não tenha sido curtida, a opção não valerá. 
  • O resultado sairá no mesmo post;
  • Entrarei em contato com o ganhador através de um e-mail, portanto, deixe o seu e-mail nos comentários.
  • Caso o ganhador não responda o meu e-mail no prazo de 3 dias um novo sorteio será realizado;
  • O envio será feito por cada canal/blog responsável, no prazo de até 30 dias após o sorteio;
  • Os canais/blogs não têm responsabilidade por extravio ou perda por conta dos Correios;
  • O ganhador deve ter endereço de entrega no Brasil.
Uma dica: preencha as opções extras, são mais chances para você ganhar!

a Rafflecopter giveaway

a Rafflecopter giveaway


BOA SORTE A TODOS!

O resultado do sorteio será divulgado no formulário e também na fanpage do Frases Perdidas.





10 novembro 2018

Sorteio de Aniversário Queria Estar Lendo

[SORTEIO] Aniversário de 3 anos do Queria Estar Lendo!

É aquela época do ano de novo! O Aniversário do Queria Estar Lendo chegou e nos unimos com alguns blogs amigos queridos para presentear os leitores que nos acompanham por todo esse tempo. Esse ano são 2 kits, com 6 prêmios cada, o que significa que teremos 2 ganhadores!
Além do sorteio aqui no blog, também estamos sorteando uma caixa misteriosa exclusiva lá no instagram, para participar é só clicar aqui
REGRAS

  • Residir ou ter endereço de entrega em território nacional;
  • O prêmio não pode ser trocado por dinheiro;
  • Apenas um vencedor por kit;
  • Sorteio inicia em 10/11/2018 e vai até 10/12/2018;
  • O sorteio será realizado através de formulário Raffeclopter;
  • Na opção para "VISIT US" no facebook você deve CURTIR a página;
  •  Após o cumprimento das regras obrigatórias, o formulário dará as opções de regras opcionais;
  • O ganhador terá até 48 horas (dois dias) para responder ao e-mail de notificação, caso não responda, o sorteio será refeito;
  • Caso o vencedor não tenha cumprido uma das entradas obrigatórias, o sorteio será refeito;
  • O prazo de envio do prêmio será de 45 dias após a divulgação dos vencedores;
  • O envio dos prêmios é de responsabilidade dos blogs/autores que o disponibilizaram;
  • O envio é de total responsabilidade dos vencedores. Os blogs e autores não se responsabilizam por eventuais extravio dos correios. Em caso de endereço errado, o reenvio é por conta do vencedor;´

Os prêmios são:
Adeus, Tóquio (Meu Epílogo)
O Jogo das Sombras e O Tipo Certo de Garota Errada (Galáxia dos Desejos)
O Dia em que o Presidente Desapareceu (My Dear Library)
Austenlandia (Além da Contracapa)
Vale presente da Saraiva no valor de R$30 (Prefácio)
30 marcadores (Vivendo de Sentimentos)
Os Números do Amor (Queria Estar Lendo)
A Profecia de Mídria (Denise Flaibam)
O Homem de Areia + 30 Marcadores (Capítulo Treze)
Horror na Colina de Darrington (Minhas Escrituras)

KIT 1

[SORTEIO] Aniversário de 3 anos do Queria Estar Lendo!


KIT 2

[SORTEIO] Aniversário de 3 anos do Queria Estar Lendo!






07 novembro 2018

Resenha | Enganando o Futuro Duque - Mari Scotti


Livro: Enganando o Futuro Duque
Série: Família Hallinson #3
#1 - Montanha da Lua
#2 - A Noiva Devota
Gênero: Romance de Época
Autora: Mari Scotti
Editora: Amazon
Páginas: 392
Ano: 2018

Resenha:
Enganando o futuro duque é o terceiro livro da série Família Hallinson. No primeiro livro conhecemos Mical e Octávio que colocaram fim na antiga maldição que rondava a família Hallinson. Antes ninguém queria se casar com um Hallinson, pois segundo a maldição, as mulheres que se casavam com eles morriam no primeiro ano de matrimônio, hoje em dia o contrário acontece porque agora a "maldição" virou sinônimo de amor e felicidade eterna. Com isso os dois filhos homens do casal são praticamente perseguidos por todas as moças com idade para se casar. No segundo livro da série vamos acompanhar a história de Samuel, segundo filho do casal, e nesse terceiro que acontece praticamente ao mesmo tempo que a história do segundo livro, vamos conhecer melhor Gregório, Barão de Loch e herdeiro do ducado.

As famílias Hallinson e Acker sempre foram próximas, por isso Isabel, a filha mais velha do casal sempre nutriu uma paixão secreta por Gregório. Mas ele nunca nem olhou direito para ela, que é considerada a moça mais linda de toda a Madascocia. Quem estava interessado em Isabel na verdade era Samuel, que acabou envolvido em uma confusão com Rosalina, irmã mais nova de Isabel e se viu comprometido em um casamento que ele não queria. Isabel em todas as oportunidades que teve, tentou chamar a atenção de Gregório, mas quem conseguiu tal feito foi sua prima Catarina. Gregório foi fisgado a primeira vista e desde então se corresponde por cartas com Catarina, que mora na França, e em sua ultima carta, ele lhe propôs matrimônio, a ser realizado dentro de um ano.

Com o casamento de Samuel e Rosalina prestes a acontecer, as famílias ficam ainda mais próximas e Gregório passa a conhecer Isabel melhor e repara que apesar de linda, ela tem uma tristeza presente a todo instante em seu olhar. Para tentar retirar um pouco da tristeza do seu rosto, Gregório decide realizar um desejo de Isabel, que é o de abrir uma confeitaria. Mas como é inaceitável para a sociedade que uma mulher solteira trabalhe, Gregório diz que será seu sócio na confeitaria. E enquanto resolvem os assuntos da confeitaria, Gregório percebe que Isabel é tudo o que ele sempre desejou em uma esposa. Só então ele se lembra que já propôs casamento a outra mulher e justamente agora ela resolve aparecer aceitando o pedido. Mesmo que a carta com o pedido parece ter sido a única que ela recebeu nesse tempo todo. E ainda tem os segredos que Isabel esconde de Gregório que podem decidir o futuro dos dois.

– Vou me casar, Isabel, eu dei a minha palavra!
Ela me encarou intensa, de repente irritada. Irritada demais para quem não desejava reparação.
– Eu espero, então, meu lorde, que a Maldição retorne!

Esse é o oitavo livro que leio da Mari e cada vez mais me surpreendo com a qualidade de sua escrita. E vejo que os romances de época estão se tornando sua especialidade. Ainda bem porque é o meu gênero favorito hehe. Eu tinha gostado muito de Montanha da Lua, amei A Noiva Devota e gostei ainda mais de Enganando o Futuro Duque. A história está mais romântica e com muito mais detalhes da época. Aprendi bastante coisa nesse livro e olha que sou meio expert no gênero porque foi o que mais li até o momento e é o que mais tenho na minha estante. São mais de três prateleiras de livros de época hehe. Por exemplo já tinha lido sobre a famosa "gaiola" que as mulheres eram obrigadas a usar, mas é a primeira vez que vi o quanto elas eram perigosas para a integridade física das mesmas.

Outra coisa que gostei bastante de ver nesse livro, que é narrado em primeira pessoa com os capítulos divididos entre Isabel e Gregório, em sua maioria por Gregório, foi ver como os homens também não tinham vida fácil. Geralmente nos livros do gênero é abordado a dificuldade das mulheres, mas é a primeira vez que leio sobre os deveres e limitações que o homem criado para assumir um lugar como o de duque, tinha. Tanto um como o outro passavam a vida sendo atores, nunca podendo agir da forma como queria e sim como demandava as regras da aristocracia. Tá certo que nada se compara ao que as mulheres passavam, mas achei interessante a autora mostrar esse outro lado, o dos homens.

E falando em outro lado, já dizia o ditado que toda história tem dois lados e comprovei isso com Isabel. Eu odiei ela no livro anterior, que contava a história da sua irmã Rosalina. Até comentei isso na resenha. Mas aqui pude ler seu lado da história e vi que ela não era nada daquilo que eu imaginava. Isabel é determinada, romântica e muito inteligente. Mas tem um segredo que deixa seu coração angustiado e impede que ela possa amar de verdade. Por isso Gregório era a pessoa perfeita para ela, porque somente alguém criado com tanto amor por Mical e Octávio, que poderia entender tudo o que se passava dentro dela. Boa parte da história eu achei que amava mais Samuel do que Gregório, mas no fim ele me conquistou e agora não sei qual irmão eu amo mais.

Apesar que Samuel é um tantinho mais "rápido' que Gregório. Rápido no sentindo de esperto mesmo. Não vou dizer o que é porque tentei falar sobre o enredo o minimo possível para não soltar spoilers, mas teve uma coisa que todo mundo na história descobriu e ele nada. Mas ele compensa isso de outras maneiras, como seu senso de honra por exemplo. Outra coisa que preciso citar e que amei, foram os diálogos de duplo sentido entre os protagonistas. E também não posso esquecer que tem uma criança nessa história e sempre que elas aparecem, rende cenas de muita fofura. Foi uma leitura muito prazerosa. Teve até uma cena que me acabei de chorar de tão linda que foi. E até comentei isso com a Mari no grupo do whats. Porque sim. Essa é a vantagem de se ler um nacional, você pode falar tudo o que sentiu lendo o livro direto com a autora. Por isso deixo aqui minha indicação. Leiam essa série, a Família Hallinson é demais.

Nota:









06 novembro 2018

Literary Box Vitrine 42 de Julho e Agosto

Já faz quase um ano que compro as caixinhas literárias da Vitrine 42 e até então nunca tinha tido problemas com eles. Mas infelizmente aconteceu. Em Julho comprei duas caixas e acabaram enviando só uma. Entrei em contato e como já estava quase na época do envio das caixas de agosto eu disse que eles podiam enviar a que faltou em julho junto com a de agosto. Mas foi uma grande dor de cabeça. Por duas vezes me passaram um código de rastreio errado, as caixas foram parar em estados completamente diferentes de onde eu moro. E finalmente na terceira vez as caixas chegaram.

Julho

Em julho escolhi Lançamento de Fantasia Surpresa e amei o livro que veio. Comprei a caixa Meiga que vem livro, mas tem menos itens.



Marcadores com as artes das capas.


Veio um porta moedas como brinde dos primeiros assinantes. Um apoio para celular/tablet. Botom, prendedor e marcador de fita do tema. E um card de Frases Épicas.


Esse porta livros tipo luva do tema é muito fofo. E o livro Graça e Fúria que estava na minha lista.


Agosto


Já em agosto eu comprei duas caixas divertidas que vem sem livro e você pode escolher entre caneca ou almofada. Comprei duas, uma com o tema O Rei Leão e outra com o tema As Crônicas de Nárnia. E veio também a caixa divertida que era do mês passado com o tema Bookstagram.



Como eram três caixas, veio tudo isso de marcadores.


Amei essa caneca. E a guloseima veio pelo atraso das caixas.


Gostei dos itens de O Rei leão, mas sinceramente esperava mais.


Veio esse porta Frases Épicas super legal para quem coleciona os cards. Acho que foi o brinde para os primeiros assinantes.


E essa almofada de Nárnia é tudo de bom.


Passei bastante dor de cabeça por isso não sei se vou continuar comprando. Mas vou receber ainda as de Setembro e Outubro, por isso aguardem as postagens.





© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo