26 setembro 2017

Resenha | O que nós fizemos? - Ton R. Joseph


Livro: O que nós fizemos?
Série: não
Gênero: Conto, Literatura LGBT
Autor: Ton R. Joseph
Editora: Independente
Páginas: 20
Ano: 2017
Compre Aqui: Amazon
Sinopse:
Sol. Praia. Bebidas e diversão. Cristina e seus dois irmãos, Miguel e Rafael, estão tendo um final de semana perfeito em Ilhabela na casa de praia da família, o trio planeja os preparativos do primeiro aniversário de casamento de Miguel. Tudo está indo perfeitamente bem na viajem, até que duas garotas misteriosas são vistas do lado de fora da casa. Miguel sai para ver se ambas precisam de ajuda, mas acaba não retornando. Preocupados, Cristina e Rafael saem à procura do irmão, mas acabam sendo atacados por jovens mascarados que tentam a todo custo matá-los. Agora, presos dentro da casa e isolados do mundo, os irmãos tentarão encontrar uma maneira de sair dali e descobrir o que fizeram para aquelas pessoas quererem matá-los.
Resenha:
Rafael, Cristina e Miguel passaram por um período dificil. Não faz muito tempo eles perderam sua mãe para o câncer e seu pai entrou em depressão e tentou suicídio seis vezes, virou alcoólatra e perdeu o emprego e seus filhos tiveram que interná-lo em uma clínica psiquiátrica que também era um asilo. Tudo isso depois de rejeitar os três por eles não serem o que ele gostaria que eles fossem. Ele os rejeitou após saber que uma de suas filhas era lésbica, a outra agora é um garoto trans e seu único filho era gay
Rafael, o irmão mais velho está com 26 anos e é dono de uma agência publicitária, casado com Danilo está prestes a ser pai pela primeira vez. Amanda, irma de Danilo se ofereceu para ser a mãe de aluguel do filho deles.
Cristina, é a irmã do meio e está iniciando sua carreira de cineasta agora aos 24 anos e ela acabou de fechar contrato com uma produtora de filmes há dois dias, para dirigir seu primeiro longa-metragem. Ela  está em um relacionamento com Alice.
E Miguel, antes Clarissa, está com 22 anos, é formado em Letras e é professor de português. Ele é o motivo deles estarem na praia. Miguel vai completar um ano de casado com Tomas e quer fazer uma surpresa para seu marido que está estudando na Europa e que em poucas semanas estará de volta ao Brasil.
Mas o que estava sendo um final de semana perfeito acaba virando um pesadelo quando eles são atacados por um grupo composto por dois homens e duas mulheres. O grupo parece odiar os irmãos com todas as suas forças e mostra esse ódio através de toda violência de que são capaz.
Fui contatada pelo autor para uma parceria e resenha de seu conto. O tema abordado é um que infelizmente acontece o tempo todo, a violência gratuita por puro preconceito. O titulo do conto ressalta uma pergunta que infelizmente não existe uma resposta que justifique tal violência com que as pessoas "diferentes" estão sendo tratadas hoje em dia. E por mais que a bandeira esteja sendo erguida e temos muitos meios de comunicação apoiando a causa de uma classe que é considerada minoria, a violência e o ódio parece que aumentou. Sem falar nessa leis absurdas de cura gay.
No fim do conto o autor trás algumas informações que eu não sabia. A cada 28 horas, um homossexual é morto no Brasil. Enquanto você lê essa resenha um negro é assassinado no Brasil. A pergunta que fica é porque tanto ódio? E como as pessoas que cometem tais atos conseguem justificar tal violência para colocar sua cabeça no travesseiro e dormir a noite? Porque as pessoas se incomodam tanto com quem não é igual a eles a ponto de cometar atos que não podem nem ser considerados de um ser humano.
O conto choca, o autor não mede palavras para descrever a violência e a crueldade, mas não é isso que vemos, ou infelizmente não vemos porque a maioria das histórias são abafadas, nos noticiários? Isso é o mais triste, lermos algo tão cruel e saber que ele é baseado em varias histórias reais. Acredito que esse é um assunto que tem que ser debatido, por isso indico a leitura do conto. Temos que abrir nossos olhos para o que acontece ao nosso redor. E fiquem com as palavras do autor que descreve bem o que senti depois de ler o conto.

"Acima de qualquer coisa somos humanos, possuímos sentimentos, temos vidas, planos, família e amigos que nos amam. Preconceito é ignorância, preconceito é intolerância, preconceito é o câncer dessa nação."

Nota:




25 setembro 2017

Divulgação | Sobreviventes do Caos

Em junho eu trouxe para vocês a noticia de que o livro Sobreviventes do Caos estava sendo vendido na sua versão física. E o sucesso foi tanto que hoje começam as vendas da segunda edição do livro. Se você não garantiu o seu ainda, aproveite essa oportunidade.



Os 10 primeiros compradores vão ganhar:
- 2 marcadores de papel, um autografado
- 1 marcador magnético
- 1 marcador com pingente
- 1 chaveiro minibook
- 1 saquinho de organza
O livro segue com dedicatória

Compre aqui



Confiram a resenha aqui.




23 setembro 2017

Parceria | Editora Sinna

Hoje tenho o prazer de anunciar que o blog é um dos novos parceiros da Editora Sinna. O que mais chama a atenção na editora é o cuidado e o apoio com os livros nacionais.

A Editora Sinna surgiu como um sonho de tornar sonhos realidade. Depois de observar várias reclamações sobre o mercado editorial e notar como muitos autores nacionais ainda enfrentam muitas portas fechadas, a criação da Editora veio para tentar solucionar essas questões, dando aos escritores brasileiros a oportunidade de tornar a escrita uma verdadeira profissão. 

Para quem ainda não conhece os livros da editora vou mostrar alguns aqui, mas não deixem de seguir as redes sociais da editora para ficar sabendo de todas as novidades.

Site - Facebook - Instagram - Youtube



Criada em um pequeno bairro chamado Forecast, Kate West nunca foi uma garota exatamente normal. Determinada, com segredos e um medo absurdo de se apaixonar, ela conseguia viver bem tendo apenas relacionamentos passageiros, os quais chama de R.A., mas a sua vida está prestes a mudar quando sua avó, já falecida há quatorze anos, lhe envia uma mensagem.
“Sua herança vai chegar. Aceite a mudança quando 21 primaveras completar”.
Curiosa, Kate tentará descobrir o que precisa aceitar, porém uma herança nem sempre é o que se imagina.
Em meio a rotina da faculdade, a chegada de um novo aluno e o misterioso homem de olhos azuis que sempre a salva nos pesadelos, Kate terá que lidar com os perigos que surgirão no caminho.
Descobrir a sua herança não será uma opção.


Espelho, espelho meu, por que ninguém pode ser mais bela do que eu?!
Era uma vez em um reino, uma princesa e um príncipe que tiveram o tão sonhado “felizes para sempre”, apesar de lutarem bravamente contra todos os obstáculos impostos pela vilã.
Dragões, maçãs envenenadas, rocas de fiar, ganchos...
Mas, quem era aquela vilã? Quem era o tão temido vilão dos contos de fadas? Muitos já se perguntaram se eles realmente eram maus, mas poucas vezes foi dada a eles a chance de contar suas verdadeiras histórias.
Essa é a oportunidade de saber que nem todos tiveram seus finais felizes. Conheça o outro lado do reino, daqueles que foram esquecidos, os terríveis vilões. VILÕES?!


Um caso de Daniel Meirelles... Para o jornalista Daniel Meirelles, uma investigação era encerrada com a prisão dos acusados e com a sentença sendo emitida. Mas, isso era apenas o que ele pensava.
Buscando o fim da corrupção que assola a cidade de Ribeirão Freire por anos, Daniel acaba descobrindo um esquema muito maior, secreto e que possui relação com um assassinato ocorrido na região há 20 anos.
Tudo sai de controle, e Daniel precisará ser rápido o suficiente para descobrir quem está eliminando todas as peças essenciais para a solução do crime. Quem é o enganador que se esconde por trás de uma combinação das letras IB?
Neste jogo, o seu oponente não tem rosto...


Meu chefe é um geminiano idiota! Minha irmã diz que as arianas gostam de se aventurar sem pensar muito nas consequências. Então, ou meu mapa astral está muito errado ou estou sem tempo para isso.
Em dois anos vi diversas mulheres tendo seus corações partidos por Marcelo, sinto pena delas e, por isso, para o meu bem me blindei. Sei que não preciso entendê-lo, mas... realmente quero.
Talvez com isso consiga amenizar a aceleração no meu coração que ocorre toda vez que o vejo.


Aguardem que logo teremos resenhas dos livros da editora por aqui.







22 setembro 2017

Promoção de Aniversário do blog Além da Contracapa


Para comemorar os 6 anos do Além da Contracapa, convidamos os nossos blogs amigos e nossas editoras parceiras para fazer uma super festa. E os presentes, é claro, vão para nossos leitores. A todos vocês o nosso muito obrigado e aproveitem a festa!

E não deixe de acessar o Além da Contracapa para conferir todos os prêmios. 

Regulamento:

A promoção terá início no dia 22 de setembro e término no dia 22 de outubro.

Para participar, basta preencher os formulários abaixo, usando sua conta do Facebook ou seu e-mail, e ter um endereço de entrega no Brasil.

Todas as entradas são opcionais.

O resultado será divulgado no blog e nas redes sociais até três dias após o encerramento da promoção, sendo que o sorteado será contatado por e-mail, tendo o prazo de 48 horas para fornecer seus dados e o blog se responsabiliza por confirmar o recebimento das informações. 

Os livros sorteados são:
Além da Contracapa: Belas Maldições - Terry Pratchett e Neil Gaiman
Alegria de viver e amar o que é bom: O Resgate - Nicholas Sparks
Balaio de Babados: Morrer em Praga - J.B. Gelpi
Caverna Literária: A Ilha da Relíquia Sagrada - Marcello Simoni
Conjunto da Obra: Em meus pensamentos - Bella Andre
Diário de Incentivo à Leitura: Cadu e Mari - A.C. Meyer
Livro Lab: Sombras do Destino - Fernanda França
Livros: Ontem, Hoje e Sempre: A Rainha Vermelha - Victoria Aveyard
Minha Vida Literária: Machamba - Gisele Mirabai
My Dear Library: O Encantador de Flechas - Renan Carvalho
Prefácio: Vale-presente Saraiva no valor de 30 reais
The Tony Lucas Blog:  ebooks "O garoto que só queria ser amado" e "Miguel & Manuela" - Tony Lucas
Roendo Livros: Livro surpresa

primeiro sorteado poderá escolher 6 prêmios entre as 14 opções, o segundo sorteado poderá escolher 5 prêmios entre as 8 opções restantes, e o terceiro sorteado ficará com os 3 prêmios restantes. 

O prazo para envio dos prêmios é de 40 dias úteis. 

A Equipe do Além da Contracapa se reserva ao direito de dirimir questões não previstas neste regulamento.






20 setembro 2017

Resenha | O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares - Ransom Riggs


Livro: O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares
Série: O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares #1
Gênero: Fantasia
Autor: Ransom Riggs
Editora: Leya
Páginas: 336
Ano: 2015
Resenha:
Quando criança Jacob Portman era fascinado pelas histórias que seu avó Abraham contava. As histórias eram sobre sua infância e aconteciam em um orfanato que ficava em uma ilha no País de Gales, onde as crianças ficavam protegidas dos monstros graças a uma ave velha e sábia. Essas crianças tinham peculiaridades, uma podia levitar, outra podia erguer muito peso e tinha até uma que era invisível. Mas Jacob foi crescendo e começou a duvidar da veracidade das histórias e seu avó mostrou algumas fotos que ele tinha dessas crianças. E mesmo aos seis anos, era possível ver que as fotos não eram muito reais. Mas Jacob queria acreditar e continuou assim por algum tempo, até que seu pai contou a verdade. Que Abraham na verdade era um refugiado da Segunda Guerra e a peculiaridade das crianças era que todas eram judias fugindo dos monstros alemães.


Então aquilo aconteceu e mudou a vida de Jacob. Quando estava com quinze anos seu avô que passava a maior parte do tempo vivendo em suas próprias histórias e era considerado um demente, ligou para Jacob pedindo ajuda e quando Jacob chegou até ele, Abraham estava quase morto, como se tivesse sido atacado por algum animal e antes de morrer ele fez Jacob prometer que iria para a ilha, único lugar onde ele estaria seguro e falou algumas frases desconexas: "Encontre a ave", "Na fenda", "Do outro lado do tumulo do homem velho", "Três de setembro de 1940", "Emerson... a carta", mas o que apavorou mesmo Jacob foi ver uma das criaturas que seu avô descrevia quando ele era criança. Ninguém acreditou no que ele viu, e por meses Jacob teve o mesmo pesadelo com o avó e o monstro todos os dias e precisou da ajuda de um especialista, o que não resolveu muita coisa.


Mas então em seu aniversário de dezesseis anos ele enfim teve acesso ao livro de Emerson e dentro havia uma carta escrita há quinze anos por uma tal Alma Peregrine, diretora escolar. Jacob então convence seus pais de que ele precisa ir até a ilha para conseguir se curar daquele pesadelo. Mas ao chegar na ilha, no lugar do orfanato ele só encontrou um mausoléu destruído há muitos anos, na época da guerra, precisamente no dia 3 de setembro de 1940 e aparentemente seu avô foi o único sobrevivente do bombardeio. Porém Jacob não se dá por vencido e decide investigar o orfanato. Depois de muito procurar ele encontra um baú repleto de fotografias iguais ao que seu avô lhe mostrou. E é nessa hora que ele percebe que não está sozinho, crianças iguaizinhas as da foto estão lhe observando. Depois da susto ele corre atrás de uma das garotas e acaba indo parar em um cairn, uma das tumbas neolíticas que deram nome a ilha. Mas ao voltar pelo túnel, ele acaba encontrando o que foi procurar na ilha.

"Virei-me na direção da janela e olhei para fora, maravilhado. O quintal estava cheio de crianças; quase todas elas eu reconheci das fotografias amareladas. Algumas descansavam à sombra de árvores frondosas, enquanto outras jogavam bola e corriam atrás umas das outras em meio a canteiros de flores que explodiam em cores. Era exatamente o paraíso que meu avô me descrevera em suas histórias. Essa era a ilha encantada; essas eram as crianças mágicas. Se eu estava sonhando, não queria mais acordar. Pelo menos, não por um bom tempo."

Quando vi esse livro pela primeira vez eu jurava que era de terror. Acho que por causa das fotos. Só vim descobrir sobre o que era realmente quando veio o filme e dai todo mundo começou a resenhar. E na BF do ano passado aproveitei e comprei os três livros de uma vez que estavam muito baratos e eu estava morrendo de curiosidade de ler. Mas só agora consegui colocar eles na lista de leitura hehe. Mas não consegui comprar todos da mesma editora. O primeiro livro só achei o capa dura da Leya, e os outros da Intrínseca, mas não deu muita diferença não. Os três são lindos. Por fora temos uma jacket com uma das fotos que estão dentro do livro, e a capa dura é na cor rosa. O livro é uma união da história com as fotografias, que segundo o autor, são todas autenticas. A diagramação está perfeita e não vi erros de revisão. É uma edição que dá gosto ter na estante.


Fui fisgada pelo autor logo no prólogo. Não sou muito fã de livro em primeira pessoa, principalmente em livros de fantasia, a visão da história fica muito limitada. Mas Jacob é um personagem que a gente ama logo na primeira página, por isso não me incomodei com a narração. Li em algumas resenhas que o começo do livro é muito lento e que as coisas demoram para acontecer. Eu não achei isso. A primeira parte é essencial para entendermos onde o autor quis chegar com a história. É claro que queremos chegar logo na parte onde estão os peculiares, mas a jornada até lá é tão importante quanto o restante da história. E eu que adoro histórias com viagens no tempo, fui surpreendida quando cheguei nessa parte da história e descobri que as crianças viviam em uma fenda temporal. Já estava amando a história antes, depois disso então...


O autor é muito bom. O livro é de fantasia, mas a história poderia ser real. E tudo acontecer em meio a Segunda Guerra torna o enredo ainda mais interessante. E ainda assim não poderia ser mais atual ao levantar a bandeira sobre a diversidade, assunto tão comentado hoje em dia. Não temos "poderes" que nos diferenciam, mas não somos todos peculiares de uma maneira ou de outra? E isso não nos torna nem melhor, nem pior do que ninguém, só diferente. Enfim, só me resta indicar o livro para quem ainda não leu. Quanto ao filme, li muitas criticas negativas sobre ele e as diferenças entre os dois, mas ainda assim irei assistir. Ainda bem que já tenho o segundo livro porque eu preciso ler a continuação dessa história.


Nota:







18 setembro 2017

Parceria | Ton R. Joseph

O blog fechou mais uma parceria. Dessa vez foi com o autor Ton R. Joseph que tem um conto publicado na Amazon e está com um livro em andamento. Vamos conhecê-lo?

O Autor:

Ton R. Joseph é o autor do conto O que nós fizemos?, sua primeira história, que narra a perturbadora viajem que três irmãos fazem à casa de praia da família no literal paulista. Lá eles são atacados por jovens mascarados que tentam matá-los a todo custo. Isolados do mundo e presos na casa, os irmãos tentarão encontrar uma maneira de sair dali e descobrir o que fizeram para aquelas pessoas quererem matá-los. Com o tema voltado para a discussão de gêneros e LGBTTfobia O que nós fizemos? é muito mais que um thriller de terror, é o horror cometido por essa sociedade preconceituosa.
Antes de se dedicar a escrita de seus livros, Ton tentou ser ator e roteirista, mas não eram as profissões que achou que deveria seguir. O que nos fizemos? é baseado em histórias que chegaram até ele de alguma forma e não saíram da sua mente durante um tempo. Ele tem 22 anos, graduando de Letras Português e espanhol pela Universidade Federal de Sergipe, nasceu em Itabaiana-SE e atualmente vive em Aracaju-SE.
Ton faz uso da ficção para abordar temas complexos da vida. Acreditando que a leitura tem o poder de levar informações construtivas as pessoas, além de ser um ótimo refúgio da vida real.


Sua Obra:

Sol. Praia. Bebidas e diversão. Cristina e seus dois irmãos, Miguel e Rafael, estão tendo um final de semana perfeito em Ilhabela na casa de praia da família, o trio planeja os preparativos do primeiro aniversário de casamento de Miguel. Tudo está indo perfeitamente bem na viajem, até que duas garotas misteriosas são vistas do lado de fora da casa. Miguel sai para ver se ambas precisam de ajuda, mas acaba não retornando. Preocupados, Cristina e Rafael saem à procura do irmão, mas acabam sendo atacados por jovens mascarados que tentam a todo custo matá-los. Agora, presos dentro da casa e isolados do mundo, os irmãos tentarão encontrar uma maneira de sair dali e descobrir o que fizeram para aquelas pessoas quererem matá-los.


Links:






© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo