05 julho 2016

Resenha | A Sociedade do Anel - J. R. R. Tolkien


Livro: A Sociedade do Anel
Série: O Senhor dos Anéis # 1
Gênero: Fantasia
Autor: J. R. R. Tolkien
Editora: Martins Fontes
Páginas: 464
Ano: 2000

Resenha:
O mês passado um dos temas do desafio era um livro proibido, não que tivesse algum tema ou cena proibida, mas que tenha sido proibida a venda dele em algum país. Como a maioria dos livros da lista eu já li e outros não tenho vontade de ler, resolvi reler esse, que li a uns bons 15 anos atrás e de novo me encantar com essa incrível fantasia criada pelo autor. O livro foi proibido no Novo México e teve seus exemplares queimados por algumas igrejas que alegavam que ele fazia apologia ao satanismo. O que é uma ironia, visto que o autor era cristão. Creio que todo mundo, ou quase todos sabem do que se trata a história, mas vou fazer aqui uma pequena introdução porque vai que né? hehe

O Senhor dos Anéis apesar de ser considerado uma trilogia teve seu início em um outro livro, O Hobbit e nessa trilogia acompanhamos a continuação da saga do anel. Mas dá para ler a trilogia sem ter lido O Hobbit antes, porque no inicio do livro o autor situa o leitor dos acontecimentos anteriores. Os hobbits são um povo muito antigo que habitavam a Terra Média. Eles são um povo muito alegre e festeiros que vivem em tocas no chão. São pequenos se comparados aos homens, ainda menores que os anões, seus pés tem solas grossas e são cobertos de pelos por isso raramente usam sapatos. São divididos em três raças: Pés-peludos, Grados e Cascalvas. Esses últimos que fundaram o Condado, nossa área de interesse. Uma terra rica e boa onde praticamente se esqueceram do resto do mundo. É onde vive Bilbo Bolseiro, o Hobbit que deu o título ao livro.


Um dia chegou a casa de Bilbo, o grande mago Gandalf, o cinzento acompanhado de treze anões e juntos partiram para uma grande aventura. Foi nessa viagem que Bilbo, por mero acaso, encontrou o anel. Um anel que fazia que quem o usasse se tornasse invisível e que anteriormente estava de posse de Gollum, uma criatura que vivia dentro das montanhas e se referia ao anel como seu "precioso". Bilbo ficou com o anel e somente Gandalf e seu primo-sobrinho Frodo sabiam de sua existência, assim acreditava ele. Tudo ficou na mais perfeita paz até seu centésimo décimo primeiro aniversário que é quando começa nossa história. 

Para comemorar seu aniversário, Bilbo faz uma grande festa e a surpresa fica por conta de seu "desaparecimento" bem no meio dela. Na verdade ele decide voltar às montanhas antes de "descansar" e deixa tudo para Frodo, inclusive a contragosto, o anel. Mas Gandalf diz a Frodo para nunca usá-lo. Passam-se alguns anos e nada muda, mas chegam alguns rumores aos ouvidos de Frodo sobre o Inimigo e a Terra de Mordor. Então depois de muito tempo, Gandalf aparece para uma visita. E as notícias não são boas e ele conta para Frodo a verdadeira história do anel. O anel que está com Frodo pertence a Sauron, o Senhor do Escuro e depois de muito tempo ele ressurgiu e quer o Um Anel de volta. E ele já sabe que o anel se encontra no Condado.

Três Anéis para os Reis-Elfos sob este céu.
       Sete para os Senhores-Anões em seus rochosos corredores.
Nove para Homens Mortais fadados ao eterno sono.
       Um para o Senhor do Escuro em seu escuro trono.
Na Terra de Mordor onde as Sombras se deitam.
        Um Anel para todos governar, Um Anel para encontrá-los,
        Um Anel para todos trazer e na escuridão aprisioná-los
Na Terra de Mordor onde as Sombras se deitam. 


Então Frodo terá a difícil missão de levar o anel até um local seguro até que se decida como irão destruí-lo. Como Sam Gamgi, amigo de Frodo ouve tudo pela janela, fica decidido que ele vai junto com Frodo para Valfenda, morada dos Elfos. E ainda acompanham Frodo e Sam nessa missão, seus amigos Pippin e Merry. Eles saem do Condado com os Cavaleiros Negros no seu encalço. Chegar vivo a Valfenda já será uma missão quase impossível, imagine então conseguir chegar as Fendas da Perdição, único lugar onde o anel pode ser destruído. Para isso é criado uma sociedade para ajudar Frodo a levar o anel até lá e dela fazem parte além dos quatro amigos, Gimli, o anão; Legolas, o elfo; Gandalf, o mago; e dois homens de linhagem nobre, Boromir e Aragorn.

"— Mas onde buscarei coragem? — perguntou Frodo. —  É disso que eu mais preciso."


Os filmes da saga são incríveis, mas quem só assistiu os filmes e não leu os livro, não sabe a riqueza de conteúdo e detalhes que está perdendo. Eu mesma não me lembrava de tantas histórias e aventuras que ficaram de fora do filme. Foi muito bom reler. Não vou enfeitar aqui e dizer que é uma leitura fácil porque não é. Além do autor descrever coisas que a gente nunca viu, os nomes das pessoas e dos lugares são todos diferentes o que torna a leitura um pouco mais lenta. E a edição que eu li, as páginas são brancas e a letra minúscula. Mas em contrapartida, o mundo criado pelo autor é tão interessante que isso se torna apenas detalhes. Como disse o filme é muito bom, mas agora depois de tantos anos relendo o livro percebi que as "melhores cenas" são diferentes do livro. As principais cenas de ação como a fuga dos expectros do anel, e as cenas em Morin não foram bem assim.

Já os personagens são tão cativantes quanto no filme. Frodo e Sam formam uma dupla impecável e junto com os outros Hobbits formam a parte divertida da comitiva. As cenas mais engraçadas fica por conta deles. Já a parte mais séria temos Aragorn e Gandalf que também é o responsável pela magia. E quanto a Legolas e Gimli temos skm a disputa entre anões e elfos, mas pelo menos nesse livro não tem a disputa pessoal entre os dois. E Boromir está igual ao filme. Como disse antes se você só assistiu e gostou, tem que ler os livros. Tudo é muito mais detalhado. A cada menção de um lugar ou de um personagem o autor nos conta a história referente. Eu favoritei e assim que der vou ler a continuação porque do jeito que termina fica aquele gosto de preciso urgente do próximo.

"Mas, de  repente, o Espelho ficou totalmente escuro, como se um buraco se abrisse no mundo da visão, e Frodo olhasse no vazio, No abismo negro apareceu um único Olho que cresceu lentamente, até quase cobrir toda a extensão do Espelho.Tão terrível era aquela visão que Frodo ficou colado ao solo, sem poder gritar ou desviar o olhar."

 Nota:





16 comentários:

  1. Oi, Sil!
    Mulher, tu devias ganhar um prêmio por conseguir ler esse livro, viu? Eu só O Hobbit do Tolkien e quase quis me matar! Mas se você gosta, a leitura se torna prazerosa né?
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    nossa eu não consigo gostar de senhor dos anéis :(
    Nem do filme nem do livro. Vai entender rsrsrs

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie Sil =)

    Que post lindo <3 AMO Senhor dos Anéis! Depois de Harry Potter é minha série favorita. A escrita do Tolkien é fantástica. Tanto que até hoje o autor é inspiração e referencia na literatura do gênero. Não sei se você já leu Silmarillion. Em minha opinião é o melhor livro do autor e conta a origem da Terra Média <3

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  4. Oi Sil
    Eu nunca li nada do autor, mas olha só eu comprei O Hobbit e agora vc me deu uma visão geral da história e fiquei feliz em saber que estou no caminho certo, pois irei ler desde o início e quem sabe assim depois eu me interesse pra ler este também. Parece ser muito interessante e fiquei mais animada agora.
    Adorei sua resenha!!

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Sil. Eu já tentei, juro que tentei, ler o livro. Mas já no primeiro capítulo achei tão estranho e denso - parece mais um dicionário -, que acabei desistindo rapidamente de tentar entender o amor que as pessoas sentem pela trilogia. Nem os filmes eu gosto! Será que eu tenho algum problema? Espero que não. O problema é que depois de HP, poucos livros me interessam e acabo não conseguindo gostar de nada, mas que bom que resolveu reler o livro, é sempre bom matar a saudade!
    Beijo.
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha e gostaria de indicar um anime chamado Agatha Christie no Meitantei Poirot to Marple. Sei o quanto você gosta dela e tenho certeza que este anime é a sua cara. ;)

    ResponderExcluir
  7. Não sabia que tinha sido proibido, que loucura! Assisti aos filmes, mas confesso que não tenho grande curiosidade em ler os livros, mas imagino o quão mais ricos de detalhes e cenas eles sejam! Adorei a resenha :D

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!!!

    Ah Senhor dos Anéis é de fato a minha saga favorita! Já li os livros quinhentas vezes e já perdi a conta também de quanto assisti os filmes.
    Fico feliz que tenha gostado depois de tantos anos sem ler.
    Eu acabei gostando de Senhor dos Anéis por tabela. Cresci vendo minha mãe devorando os livros, mesmo antes de sairem os filmes. Mas quando eu fui ler já tinha visto o primeiro.
    Sucesso nas próximas leituras. As Duas Torres é o meu livro favorito dos três.

    Beijos

    http://www.booksimpressions.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu não curto muito senhor dos anéis, não sei, parece que não entra muito a história na minha cabeça sabe
    Beijos

    Blog Segredos da Cáh
    Instagram
    Facebook
    Canal do You Tube

    ResponderExcluir
  10. Oi Sil!!!

    Eu li os três de um vez pq peguei aquela versão que tinha os três completos! Demorei quase um ano pra terminar! Não é uma leitura difícil, mas como vc diz é rica em detalhes!! É um aboa ideia reler mesmo os livros, com o tempo a gente acaba esquecendo de muita coisa!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Oi Sil,
    Eu ainda estou adiando a leitura desses livros haha
    Uma vez me falaram que a leitura é meio maçante porque ele descreve tudo como cinza kkkkkkkkkkkk
    Mas tenho muita curiosidade porque adoro os filmes. Boromir falsiane.

    tenha uma ótima semana
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  12. Finalmeeente encontrei essa resenha que tanto queria ler um dia! Adoro de paixão Tolkien e a escrita diva dele haha, e ainda me lembro de quando li o primeiro livro. Tudo começou pelo Hobbit, que cai de paraquedas na minha vida, foi melhor presente. Fiquei tão entusiasmada que resolvi conhecer as outras histórias e não me arrependi nem por um segundo de ter lido. No incio achei que era chato, mas como sempre, depois que as coisas começaram a esquentar, vi que o livro é mara!

    Beijo <3
    www.leitorasvorazes.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Sil,
    Esse é um livro que eu tenho que pegar para ler mas vivo enrolando. Acho que tenho que encontrar o momento certo para essa leitura. Mas fico feliz que tenha gostado!
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  14. Oi
    eu tinha lido em algum lugar sobre a proibição, parece ser um livro interessante e envolvente, já assisti os filmes, mas não sou muito ligada. Só que tenho curiosidade em ler esse livro, gostei da resenha.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá Sil,

    Estou com o Hobbit e essa série aqui na minha lista de espera de leituras, sua resenha me deixou com uma curiosidade maior do que eu tinha, agora só falta tempo......kkk...bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oiiii Sil, tudo bem? Eu estou lendo esse livro, mas está bem difícil. Não pela história em si, mas por causa dessa edição. As letras são minusculas :( Se eu estivesse lendo no kindle, acho que já teria terminado :(
    O Hobbit ainda não li e os filmes eu odeio, acredita nisso? hahahha
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo