25 julho 2017

Resenha | Horror na Colina de Darrington - Marcus Barcelos


Livro: Horror na Colina de Darrington
Série: ?
Gênero: Terror, Suspense
Autor: Marcus Barcelos
Editora: Faro Editorial
Páginas: 144
Ano: 2016
Sinopse:
Em 2004, Benjamin Simons deixa o orfanato em que viveu desde a infância para ajudar alguns parentes num momento difícil: com sua tia debilitada e o tio trabalhando dia e noite, precisavam de alguém para tomar conta de sua prima Carla, de apenas cinco anos de idade.
No entanto, certa madrugada, a tranquilidade da colina de Darrington é interrompida por um estranho pesadelo, que vai tomando formas reais a cada minuto. Logo, Ben descobre-se preso numa casa que abriga mistérios, onde o inferno parece mais próximo e o mal possui uma força evidente.
Passaram-se mais de 10 anos. Isso tudo aconteceu quando Ben estava com dezessete anos, e foram experiências das quais ele preferia esquecer completamente…
Mas aquele passado o acompanha de perto. Ben sente que precisa voltar e sabe que, ou desvenda tudo ou sempre viverá com medo. Então, ele decide contar, e traz numa narrativa angustiante e rica em detalhes tudo o que viveu e todas as batalhas impensáveis que travou para tentar manter a si próprio e a jovem prima em segurança. E se descobre no centro de uma conspiração capaz de destruir até a sua própria sanidade.
Onde termina o inferno e começa a realidade?

Resenha:
Geralmente costumo escrever as resenhas falando um pouco sobre o enredo do livro. Mas como essa sinopse resume bem do que se trata e não dá para falar muito mais que isso mesmo para não estragar a surpresa de quem vai ler o livro,  já que a história é toda suspense e mistérios, hoje vou só colocar a sinopse mesmo. O livro é narrado em primeira pessoa pelo olhos do nosso protagonista, o Ben. Como o livro alterna bastante entre presente, passado, passado mais passado ainda, eu achei ele um pouco confuso no começo e demorei para começar a entender certinho a história.

O grande diferencial desse livro é que ele é escrito na forma de filme, então você não apenas lê a história, mas também visualiza tudo como se estivesse assistindo as cenas mesmo. E tem até umas ilustrações bem legais para ajudar nessa questão. E já que falei das ilustrações, tenho que falar sobre essa edição, uma das mais bonitas que tenho na minha estante. Desde a capa, bem criativa com as grades do portão e o título em alto relevo, ao miolo que é na cor preta e na diagramação maravilhosa, esse livro dá gosto de pegar na mão e ficar admirando.


Eu estava louca para ler esse livro desde que li várias resenhas super positivas dele. Acho que já comentei aqui que sou fã de histórias de terror, mas acho bem dificil de encontrar um livro que realmente dê medo. Ou são livros que puxam para o lado psicológico ou para o lado de demônios, o que não gosto muito. E todas as ressenhas que li, prometiam que esse livro dava muito medo. Então imaginem a minha expectativa para ler ele. E mesmo assim comprei e demorei um tempão para começar a ler.

Logo no começo da história já tem uma cena de arrepiar, com o nosso protagonista vendo fantasmas na casa. Então já comecei gostando. Mas parou por ai. Infelizmente a história virou uma salada onde o autor não focou em apenas uma coisa sobrenatural, mas tem desde fantasmas, rituais satânicos, demônios, que já falei que não gosto, até a parte onde não se sabia se o que ele estava falando era realidade ou loucura da cabeça dele. E está ai um dos motivos do porque não gosto de livros em primeira pessoa. Terminei a história sem saber se o que ele contou aconteceu mesmo ou não. Ou então sou meio lerda para entender hehe.

Quanto ao protagonista, infelizmente não conseguiu me cativar. Mesmo sendo em primeira pessoa, não deu para saber muito sobre ele. Como disse, não entendi se o que aconteceu foi verdade mesmo ou não. E isso não é spolier porque logo no começo do livro sabemos que ele está internado em um sanatório. E chegou no final e também não entendi se vai ter uma continuação ou não. Infelizmente, o que o livro tem de bonito, tem de confuso. Ou como disse antes, pode ser que seja apenas comigo. mas como as notas que dou é baseado na minha opinião pessoal, a nota não foi muito alta. Enfim, leiam por sua conta e risco. Quem sabe você aprecie mais do que eu.

Nota:






15 comentários:

  1. Oi Sil
    Sempre fui curiosa por este livro, mas que pena que você o achou confuso e não te cativou.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Sil, tudo bom?
    Eu tenho problemas com livros confusos. Acho que só consigo aceitar trama assim do Stephen King porque já me acostumei com a escrita dele, mas outras obras que não expliquem as coisas direito (pelo menos não dentro da proposta) não rolam pra mim e_e
    E se o protagonista não cativa, ai complica :/
    Eu ainda quero conferir esse livro, tho. Como você, eu tô curiosa por causa de todos os comentários a respeito dele. E se dá um medinho já ajuda HUASHUUSAHSUAHUHSA

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Sil! Tudo bem?
    Nossa, estava animadona no começo da resenha, porque adoro histórias de terror e suspense e essa parecia ser ótima.. mas que pena que ficou essa coisa confusão depois :/
    Beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Amei a resenha! Gostei bastante do conteúdo do livro, acho que ia gostar de ler. Uma pena ter sido confuso, mas eu ainda assim leria nem que fosse pra não gostar tanto, só pelo gênero hahah.

    Beijos,
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sil!
    Livros de terror não faz muito o meu gênero, e gostei das ilustrações desse, deixa a leitura bem mais interessante. Acho tão triste quando os personagens não nos cativam. :(
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil,

    O livro tem uma diagramação bem bonita mesmo.
    Uma pena a história ser meia confusa.
    Gostei de conhecer um pouco história.

    Bjs e uma boa semana!
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil!
    Eu queria muito ler esse livro, mas só nessa farofada confusa eu desisti. É uma pena que a história seja assim, visto que ela tem bastante potencial.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Sorteio de Férias: cinco livros, um ganhador!

    ResponderExcluir
  8. Oi Sil...
    Tenho alguns amigo que super me indica esse livro, ainda pretendo ler... Mas é bom saber seus pontos negativos assim não vou com tanta expectativa...
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  9. Olha desde que li "som e fúria" eu acho qualquer livro confuso de boa HAHAH Mas enfim, apesar da nota baixa fiquei curiosa pra ler! Eu amo quando não dá pra entender o final às vezes (amo o mundo de sofia por exemplo!). Enfim, fiquei e não fiquei com vontade em ler rs

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Esse livro parece ser muito bom, tenho vontade de ler... É uma pena que o protagonista não agrade muito...

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sil. Tudo bem?
    Eu sou louca para ler esse livro desde que ele foi lançado. E o motivo? Todas as resenhas positivas que li a respeito hahahah. Ainda não adquiri o livro, mas pretendo fazer isso logo :)
    Pena ele não ter te agradado, mas eu adorei ler a resenha. Assim a ansiedade baixa um pouquinho e eu não vou com tanta sede ao pote hehehhe
    Beijoooos
    http://www.profissaoescritor.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil! Eu já não sou fã de terror, só se for em formas de contos rsrsrs sou muito medrosa, mas até que ultimamente ando arriscando. Enredo confuso é um problema, mas acho que vc está certa, talvez funcione diferente com cada um, leitura é assim mesmo rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Oi Sil,
    Ah, eu adoro terror HAHA
    Eu achei interessante essa questão de passar em um sanatório, trás muito pano para as cenas assustadoras, mas, uma pena que tenha soado confuso.
    Eu recebi um livro da editora e realmente, de edição eles entendem.

    Tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  14. Oi, Sil! Tudo bem? Menina, eu adorei esse lance de o livro se passar num sanatório e o leitor não saber se é verdade ou não. Às vezes gosto de ler umas coisas" viajadas assim hahahaha Talvez eu leia o livro em breve! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Que pena Silvana que o livro não funcionou para vc, talvez porque vc já está acostumada com o estilo terror e essa questão do medo é relativa, cada um tem o seu né!!??? Para mim esse livro além de lindo, foi empolgante e interessante (é tudo verdade sim, ele não está louco e pelo final é provavel que teremos sim uma continuação mas ainda não anunciada). Eu tenho as duas edições e foi um dos poucos livros que reli é sempre indico para quem gosta de suspense e terror. Enfim o importante é que vc leu e formou sua opinião. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    P.s. As ilustrações são perturbadoras, mas um trabalho lindo e caprichado.

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo