14 outubro 2020

Resenha | Nunca Saia Sozinho - Charlie Donlea

Livro: Nunca Saia Sozinho
Série: Rory Moore/Lane Phillips #2
#1 - Uma Mulher Na Escuridão
Gênero: Suspense
Autor: Charlie Donlea
Editora: Faro Editorial
Páginas: 352
Ano: 2020

Resenha:

Um ano atrás a Escola Preparatória de Westmont foi palco de um massacre terrível, onde dois estudantes perderam suas vidas. Dentro dos muros da escola as regras são rígidas, mas fora deles, na floresta que rodeia o campus, mais especificamente em uma casa abandonada no limite da escola, que antigamente era usada pelos professores antes dos trens começarem a passar por ali e o barulho ficar insuportável, só existe uma regra a ser seguida: não deixe sua vela apagar por mais de dez segundos. Se isso acontecer você vai ter que encarar o Homem do Espelho, um jogo usado pelos alunos mais velhos para admitir novos membros em uma sociedade secreta. Não demorou muito para a polícia encontrar o culpado pelas mortes, já que ele deixou tudo escrito em um manifesto nos mínimos detalhes.

Foi o professor Charles Groman, que tentou se matar antes de ser preso se jogando na frente do trem e hoje vive em estado vegetativo no hospital. Mas o caso que estava encerrado volta a tona quando Mack Carter, um famoso apresentador de TV é contratado para produzir um podcast sobre crimes reais intitulado “A Casa dos Suicídios”, e se descobre que três dos alunos que sobreviveram ao massacre retornaram ao local para se suicidarem, no ponto exato e da mesma forma que Charles tentou fazer um ano atrás. E um desses alunos é entrevistado por Mack antes de se matar e deixa claro que Charles não é o culpado pelas mortes. 

Como a coisa mudou de figura Lane Philips, psicólogo forense e analista de perfis criminais é contratado para elaborar um perfil do assassino e se certificar que Charles corresponde a esse perfil e tentar descobrir o porque dos alunos sobreviventes estarem voltando a cena do crime para tirar suas vidas. É assim que Rory Moore, perita em reconstituição criminal, acaba envolvida na história, já que ela e Lane tem um relacionamento. Rory queria descansar após o dificil caso que ela acabou de resolver, mas sua mente peculiar não a deixa descansar enquanto ela não entra de corpo e alma nesse novo caso. E quando um novo incidente acontece, fica claro que o jogo ainda não acabou, e que apesar de silencioso, ele continua mais forte do que nunca.

"— Os jovens que estão se matando talvez estejam fazendo isso para escapar do seu sofrimento — Rory disse. — Talvez a culpa os esteja atraindo de volta para a cena do crime, e a morte parece ser a única opção deles. 
— Eles estão se sentindo culpado do que?
— Um segredo? — ela sugeriu. — Os segredos têm uma maneira de comer as pessoas vivas."

Quando tem lançamento do Donlea, o livro já entra para minha lista de desejados e quando vi então que a protagonista seria a Rory, que já conhecemos no livro Uma Mulher Na Escuridão, eu fiquei necessitada em ler o livro. A Rory é uma personagem excepcional e me encantei com ela no outro livro e torci para ter mais livros com ela, o que de fato aconteceu. E já quero deixar claro que mesmo o livro tendo uma história totalmente nova com começo, meio e fim, não sendo absolutamente necessária a leitura de Uma Mulher Na Escuridão para o entendimento desse caso, eu recomendo que o livro seja lido antes sim, já que a Rory e sua mente peculiar nos é apresentada no outro livro e grande parte do desenvolvimento das investigações passam pela mente dela.

Diferente dos outros livros do gênero, que começam mais lentos Nunca Saia Sozinho já começa em um ritmo frenético e se piscar a gente perde alguma coisa. E nesse tipo de suspense a gente não pode perder nenhuma pista que o autor vai deixando para ajudar o leitor a desvendar o crime. Como já é de costume em seus livros, vamos acompanhar a história alternando entre passado e presente e vamos acompanhar diversos personagens que em um primeiro momento alguns deles nem tem nada a ver com a história, mas que no final vemos que tudo está ligado. Inclusive vamos acompanhar uma pessoa, que pode ser ou não o assassino, contando partes de seu passado escrito em um diário para alguém que supõe-se seja uma terapeuta. 

E assim como aconteceu em Uma Mulher Na Escuridão fiquei fascinada pela Rory assim que ela apareceu. Rory tem autismo e por isso sua mente trabalha diferente das de outras pessoas, permitindo que ela enxergue fora do padrão estabelecido. E nesse segundo livro o autor deu ainda mais enfoque em seus pensamentos, o que foi um dos pontos altos do livro na minha opinião. E quase morri de alegria no final porque deu a entender que teremos mais livros com a Rory como protagonista. Espero que seja daquelas série que nunca mais terminam porque a Rory é um dos melhores personagens que já encontrei no gênero. E ainda tem a parceria dela com o Lane que acaba naquele, um complementa o outro.

E uma coisa que amei no livro foi que como leitora do gênero há mais de trinta anos, existem poucas histórias que acabam me surpreendendo. Sempre acaba que já vi aquilo em um outro livro. E nos quatro livros do autor que li até agora, todos eles eu acabei descobrindo as coisas antes, mesmo que faltem um ou outro detalhe, o essencial acabei descobrindo. Mas nesse não. Fui totalmente surpreendida. Não descobri nada, cheguei nas ultimas páginas totalmente sem saber como o autor ia juntar todas as peças para formar o quebra-cabeça. Ele colocou tantos cenários diferentes e tantos personagens que agora sabendo o que eu sei, estava tudo claro, era só juntar as peças, porque cada um deles tinha uma peça, mas durante a leitura fiquei no escuro e só enxerguei a verdade junto com os personagens.

E que personagens. Apesar da Rory reinar absoluta, diferente do que aconteceu em Uma Mulher no Escuridão onde temos basicamente ela e mais um personagem de destaque, nesse livro temos vários personagens que poderiam ser os protagonistas de seus próprios livros. Cada um brilhando em seu momento. E espero que alguns deles voltem a aparecer nos outros livros do autor. Mas enfim, já falei demais e vou parar por aqui, indicando o livro é claro para todos os amantes de um bom thriller. A edição está com a mesma qualidade dos livros da editora. E quanto a capa apesar de achar assustador esse negócio de aparecer só uma parte da mulher, gosto porque combina com os outros livros do autor.

Nota:







16 comentários:

  1. Oi, Sil como vai? Tenho curiosidade em ler este livro, pois não o li. Parece-me um ótimo thriller, eu sou apaixonado por este gênero. Li só um livro deste autor e gostei, espero gostar deste também. Ótima resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sil
    Incrível como todas as capas desse autor são parecidas KKKKK Eu não gosto do gênero, mas me anima saber que o ritmo é frenético porque quando eu arrisco uma leitura de um livro que não me chama tanta atenção, luto pra que a leitura seja eletrizante pra não me fazer desistir. Então apesar de não saber se lerei num futuro, vou deixar a dica anotada!
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  3. Oi Sil, tudo bem?

    Uma coisa bem engraçada é que não gosto de ler thrillers, mas adoro assistir filmes do gênero. Minha mãe e eu às vezes assistimos vários filmes na sequência. Então sempre que leio suas resenhas, como essa fico imaginando a história adaptada e que de fato eu iria gostar muito (rs...). Acho que para algumas narrativas eu sou mais visual.

    Fico me perguntando por que ninguém adaptou as obras desse autor ainda. Todas parecem dar um roteiro bem interessante.

    Beijos;*
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  4. Essas capas impressionam mais quando a gente vê pessoalmente. Assim foi com O Casamento, de Victor Bonini, que quando vi me apaixonei porque o impacto bem interessante. Acho que foi colocado no lugar certo e na hora certa, pois o mesmo não acontece quando eu vejo pela Internet. E as páginas da arte que precede a trama, para começar a nos colocar no clima da coisa toda, também é algo que aprecio.

    Parece que a trama é muito boa. Espero poder ler algum dia. Estou com A GAROTA DO LAGO aqui na fila, já tem um ano.

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Eu não costumo ler suspense pois, fico muito nervosa e não consigo dormir rs
    Mas, amei saber que gostou e que a qualidade dos livros continua a mesma, já a capa eu amei e a folha do inicio parece que foi feita em 3D de tão perfeita que ficou.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sil!

    Tenho muitaaa vontade de ler esse livro e todos os outros do autor haha você fala tão bem das obras dele que é difícil não ficar curioso! A premissa desse em especial me chamou bastante a atenção, tem tudo pra ser ótimo

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil!!!
    Essa também é a minha última resenha, haha
    Eu amei esse livro. E tive dificuldade pra escrever, foi muita informação pra minha cabeça, tava morrendo de medo de soltar spoiler rs
    Eu tive as mesmas impressões que você e também não desvendei o mistério rs

    Beijinhos 😘
    Thay - Sankas Books

    ResponderExcluir
  8. Eu AMO suspenses, eles me tiram das ressacas e das preguiças de ler facilmente. Eu adorei a resenha, já vou anotar a dica no meu skoob. Aliás, essa capa me deixou com medo, parece bem capa de terror.
    Beijos beijos,

    Marcela Miranda

    ResponderExcluir
  9. Que bacana ver que o autor lhe surpreendeu nesse livro. Ele deve estar aperfeiçoando a escrita e narrativa. Quando lemos bastante de um mesmo gênero, às vezes não nos surpreendemos mais, e é tão bom achar uma história que tira nosso fôlego de novo.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  10. Nossa, já sei que quero de Natal! kkkk Depois que "fiz as pazes" com os livros do Donlea, estou assim também, o livro mal é lançado e já está nos meus desejados! Eu fico feliz de saber que a protagonista se repete, será que ela será a personagem cativa do autor, igual o Poirot era da rainha do crime? Tomara que seja. Ainda não li Uma mulher na escuridão, mas tenho o livro aqui, é até bom , pois assim já chego sabendo quem é a Rory.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  11. Oi Sil,
    Fiquei animada em ver a Rory novamente! Estou de olho nesse livro, nem preciso falar, né? rs
    'Uma Mulher na Escuridão' foi uma boa experiência, então estou otimista com este.
    Adoro essas edições da Faro! Fico babando!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Sil. Tudo bem?
    Eu só li um livro desse autor (Não Confie em Ninguém) e amei. Ainda não tive oportunidade e estou muito empolgada para ler os outros e estou louca para conhecer a Rory.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
  13. Eu estava doida para ler o livro, mas vi que tinha o outro antes e desanimei, agora que sei que dá pra ler separado animei outra vez rs
    Amei que a personagem tem autismo e podemos ver outros lados de pessoas com.
    beijos
    http://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil, tudo bem?
    A sinopse também me fisgou quando vi o lançamento! Mas ainda bem que você avisou sobre aconselhar ler o outro livro dele antes pra conhecer a Rory. Me incomodo em pegar livros que aparecem personagens já usados e eu não saber disso previamente. :(
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  15. Oi Sil! O livro é maravilhoso e assim como você, queria a Rory de volta e quero ela em infinitas histórias do autor. A trama é ótima e a forma como a personalidade da protagonista foi explorada, só engrandeceu mais a história. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  16. Ei, Sil, eu não li o primeiro livro, mas ousei pegar spoilers do segundo volume porque não é um gênero que eu gosto, mas de qualquer maneira a história parece muito interessante e cativante, ainda mais com as características que você mencionou na resenha, eu só não me arrisco, pois tenho certeza que esse tipo de livro vai me deixar mal, mas com certeza é uma ótima indicação para quem curte o gênero. Beijocas!

    https://resenhabookshouse.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo