04 novembro 2019

Resenha | O Dia Depois do Fora - Laura Conrado


Livro: O Dia Depois do Fora
Série: Não
Gênero: Romance
Autora: Laura Conrado
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 266
Ano: 2019

Resenha:
Melissa tem 23 anos, está no ultimo semestre da faculdade de odontologia e sua vida não poderia estar mais perfeita. No semestre anterior, mais precisamente na primeira edição da festa Hoje Não Uso Branco que reuniu os alunos da área de saúde, ela conheceu seu príncipe encantado Fred e desde então sua vida tem sido maravilhosa ao lado dele. Ela até já tem seu futuro ao lado de Fred todo planejado. Mas então do nada, Fred vem e termina o namoro entre eles. Melissa quer morrer porque não entende o que aconteceu para que Fred tomasse essa atitude. E quando ele deixa Melissa no prédio onde ele acha que ela mora, mas na verdade é o local de trabalho do seu pai Raimundo que é porteiro, Melissa só quer saber de chorar até colocar toda aquela sensação ruim para fora.

No dia seguinte, um domingo, ela acorda para a realidade depois do fora. Sua irma gêmea Michele, que está 30 quilos acima do peso, tomou banho de perfume de novo. Sua mãe Glenda está preparando o almoço para a família que é enorme, já quando seu pai se casou com ela, já tinha três filhos. Soma-se a isso uma irmã de sua mãe que se casou com um dos seus meio-irmãos e tiveram duas filhas. E para completar sua ex-melhor amiga Luane que vende de tudo o que você possa imaginar, resolve aparecer para falar com sua mãe. Sem ter com quem desabafar já que quando começou a faculdade Melissa se afastou de todos por falta de tempo, o pouco que ela tinha era usado para estudar, Melissa resolve ligar para João Paulo, que ela sabe é apaixonado por ela e está sempre a sua disposição.

Depois de beijar muito e tomar todas ela volta para casa desejando que a segunda feira nunca chegasse para não ter que enfrentar a situação. Então melissa resolve conversar com alguém lá de cima e implorar por ajuda. É então que ela sente tudo rodar, o que ela atribui as caipirinhas que tomou mais cedo. Mas no dia seguinte ela acorda para viver um pesadelo. Ainda é domingo e tudo o que aconteceu no dia anterior somente ela tem lembrança. Melissa faz algumas coisas diferentes do dia anterior, mas quando acorda no dia seguinte ainda é domingo. E o mesmo acontece nos dias posteriores. E Melissa só entende o porque de estar vivendo o mesmo dia repetidamente quando encontra uma espécie de auxiliadora que mostra a Melissa que ela precisa aprender com seus erros para poder seguir em frente.

"Ah, senhor Tempo, talvez eu possa escolher diferente agora. Posso?"

O que me chamou a atenção nesse livro primeiramente foi essa capa de arrasar. Achei tão forte e tão delicada ao mesmo tempo. Mas quando vi o título do livro achei que a história fosse ser uma espécie de chick-lit onde ela ia reviver o mesmo dia tentando mudar a situação para ter o namorado de volta. Mas fui totalmente surpreendida ao começar a leitura e ver que estava muito enganada. O Dia Depois Do Fora é uma lição de vida e confesso levei alguns tapas na cara. As emoções que senti lendo o livro me lembrou muito as que eu senti quando li O Pequeno Príncipe, é aquele tipo de história que mexe com a gente e faz com que consigamos ver coisas que está debaixo do nosso nariz e não conseguimos enxergar.

Logo de cara já dá para ver que Melissa não é aquele amor de pessoa que ela diz ser. Ela não vem de uma família rica e claramente se afastou de todos por ter vergonha deles. Então ela vai reviver o mesmo dia até refazer todos os relacionamentos que ela perdeu. O primeiro é com sua irmã Michele que ela só conseguia ver o quanto elas eram diferentes, tanto fisicamente já que sua irmã estava muito acima do peso e também em como ela se esforçou e conseguiu fazer uma faculdade e sua irmã não, se conformou em ser uma manicure que canta aos domingos na igreja. E é lindo de ver como Michele dá uma lição de autoestima e aceitação para Melissa.

Depois é a vez da mãe dela Glenda, que aos olhos de Melissa é uma mulher apagada e que só fica servindo aos outros o tempo inteiro. Mas ela vai ter uma lição de feminismo e sororidade com a mãe que é muito, mas muito mais esperta do que ela pensa. O próximo na fila é seu pai, que também ela sempre viu como o cara que fez um monte de filhos sem ter uma condição financeira boa, mas na verdade é ele quem abre seus olhos para o porque de seu relacionamento com Fred ter terminado. Seu pai até pode não ter tanto estudo, mas tem a sabedoria de quem já viveu muito. Depois vem o resgate da amizade com sua ex amiga, e mais uma vez me emocionei com as cenas.

E por fim vamos conferir os dias depois do fora, quando Melissa vai enfim viver a vida da maneira que deveria ter sido desde o inicio, sem vergonha de suas origens e sem se achar melhor do que as outras pessoas por estar fazendo uma faculdade. E eu não poderia dar uma nota menor do que a máxima já que eu me apaixonei pela história e me emocionei muito com ela. E ainda nem citei a "auxiliadora" que dá aquela forcinha para Melissa enxergar seus erros. Enfim, é uma leitura mais do que recomendada. Além de ter uma história leve e engraçada, vamos ter uma lição de vida e acompanhar o amadurecimento da personagem ao longo do livro. Sem dúvida depois de ler ele vou querer conferir outros livros da autora.

Nota:









15 comentários:

  1. Amei sua resenha, ainda não conheço as obras dessa autora, mas depois da sua resenha é impossível não colocar esse livro na lista de desejos! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sil como vai? Que resenha adorável! Me parece uma leitura marcante, presumo. Fiquei interessado em lê-lo. Abraço!



    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sil! Tudo bom?
    Eu tô com esse livro aqui tentando encaixar ele na listinha de leitura. A premissa é muito legal e eu ADORO essa coisa de ficar preso no espaço/tempo, tem poucas histórias a respeito. Espero conseguir ler em breve!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nossa, realmente, parece uma leitura tocante e bem forte. Quando o narrador é o protagonista, a gente acaba tendo só uma visão do mundo ali do livro e muitas vezes não os vemos com os olhos dos outros. Saber que a personagem não era quem achava que era, que se afastara de todos e que destruiu alguns de seus relacionamentos com pessoas que a cercavam e que teria que consertar tudo para parar de reviver seu fatídico fora deve ter sido um bom tapa na cara para a personagem. Anotei o nome do livro para ler assim que puder.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  5. Essa história é bem antiga, acho que anos 80, e se chama "Feitiço do Tempo".
    Boa semana. Tudo de Bom.

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil,

    Esse livro é uma das minhas próximas leituras. Bom saber que a história é boa, pois já vi vários elogios da autora.
    Espero que eu goste igual a você.

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil!
    Eu vou ler esse livro e gostei de saber que não é mais somente um chick-lit.
    Essa capa é linda demais!!!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Oi Sil, eu já achei de cara a premissa mega interessante, agora mais ainda. Gosto quando tem uma boa evolução dos personagens, como me parece ter sido o caso! E adorei a capa!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oi Sil! Está aqui para ser lido em breve, me anima saber que a história te empolgou bastante. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Simplesmente apaixonada por sua resenha, estou louca de vontade de ler esse livro. Ainda não pude comprar mas, está na minha lista de leitura.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Sil, a capa é realmente linda e nos instiga a querer conhecer mais. Que bom que se surpreendeu, é tão bom quando levamos uns sacodes e somos surpreendidos lendo um livro!
    Amei a dica e já está anotada!!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  12. Oi, Sil!

    Gostei do título do livro, vem bem a calhar com a história. De início também pensei que fosse ser um chick-lit, mas gostei de saber que vai muito além disso e traz grandes reflexões. Acho que todos nós às vezes precisamos de uma balançada, estar mais no presente e reconsiderar a forma como pensamos e agimos. Já adicionei nos desejados!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Que linda parece ser a história, e tem personagens que marcam muito na narrativa.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil!
    So a capa ja diz que uma baita narrativa bem desenvolvida. Achei ela linda desde que vi o pessoal no insta postando. Que bom q a personagem agradou tanto q pareceu uma drama envolvente. Fiquei curioso.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Sil,
    Já assisti uns romances da Hallmark com premissa parecida. Esse negócio de presa no tempo sempre rende boas lições mesmo.
    Gostei e quero muito conhecer, apesar que já tive uma experiência com a autora que só ficou no "bom"

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo