06 janeiro 2020

Resenha | Esposa Perfeita - Karin Slaughter


Livro: Esposa Perfeita
Série: Will Trent #8
Gênero: Suspense
Autora: Karin Slaughter
Editora: HarperCollins Brasil
Páginas: 464
Ano: 2017

Resenha:
Faz anos que Angie teve a oportunidade de segurar sua filha em seus braços, mas quando a enfermeira ofereceu a criança recém-nascida, ela rejeitou. Agora ela teve uma segunda chance. Mas em vez de sua bebê perfeita, Angie está diante de uma garota se esvaindo em sangue. Ela ainda não morreu porque a lâmina em seu peito está mantendo o sangue no corpo, mas é questão de tempo até seu coração bater pela ultima vez. E como se não bastasse, ela também está perdendo muito sangue por causa da ferida em suas costelas. E o suposto assassino de sua filha está prestes a entrar no comodo em que elas estão. E Angie só tem uma maçaneta de porta para se defender.

Will Trent estava no veterinário quando sua parceira Faith Mitchell chegou dizendo que eles estavam atrasados para seu novo caso. A vitima é o detetive aposentado Dale Harding e seu corpo foi encontrado na boate de Marcus Rippy, o jogador de basquete profissional que até uns dias atrás estava sendo investigado por Will por estupro. Foram sete meses de investigação para os advogados caros de Marcus fazerem seu serviço e ele nem ser levado a julgamento. A sala onde Harding foi encontrada está repleta de sangue, mas quando Sara Linton, médica legista e namorada de Will, examina a cena, ela diz que o sangue na sala não é do detetive, que só tem um ferimento de uma maçaneta no pescoço.

Havia uma mulher na cena e pela quantidade de sangue ela provavelmente vai morrer nas próximas horas. Mas isso nem é o mais chocante. Uma arma é encontrada no local e ela pertence a Angie Polaski, esposa de Will. A esposa que Will conhece desde os onze anos quando se encontraram em um orfanato. E a esposa que Will vem tentando encontrar no último ano para que ela assine o divórcio. Angie fez da vida de Will um inferno. Ela é o tipo de pessoa tóxica que consegue tirar o pior dele. E agora ela parece ter dado o golpe final, porque Will não sabe se sua carreira, seu relacionamento amoroso ou mesmo sua vida vai resistir depois disso.

"— Certo, Angie está ferrando com ele. Com que objetivo?
— Está ganhando tempo.
— Para quê?
— Essa é a pergunta que vale sessenta mil dólares, não? Qual é o objetivo de Angie Polaski?"

Esse é o terceiro livro que leio da autora e mesmo já conhecendo a qualidade da escrita dela, ainda assim me surpreendi. É claro que o livro tem defeitos, mas a Karin está entre minhas autoras favoritas do gênero. Eu escolhi esse livro para o primeiro livro do desafio que estou participando, o IDY. Eu já participei de outras edições dele no passado e esse ano topei participar novamente porque quero dar uma desencalhada na estante. O tema escolhido para o mês de janeiro é um livro de terror ou suspense, e optei por suspense e claro já pensei em Esposa Perfeita que está parado na minha estante faz tempo.

E vou começar falando do que não gostei no livro. Quem lê no ônibus por exemplo como eu, já desista da ideia porque os capítulos são enormes. Tem capítulos que tem quase cinquenta páginas. E confesso, isso deu uma quebrada no ritmo da leitura. Mesmo a história sendo intensa, os capítulos enormes deixam a história cansativa sim. Ainda mais que o livro tem quase quinhentas páginas. Outra coisa que me incomodou e isso não é defeito do livro e sim das editoras, e isso acontece muito aqui no Brasil, foi que o livro é o oitavo de uma série. A série é intitulada Will Trent, mas pelo que andei lendo todos os personagens desse livro aparecem nos livros anteriores. E mesmo esse caso do livro tendo começo, meio e fim, envolve a vida do personagem principal e com certeza quem leu os outros livros da série, aproveitou muito mais a leitura.


Mas fora isso eu amei tudo o que li. A narração é em terceira pessoa e cada capítulo acompanha um dos personagens, o que deu uma visão bem completa do que estava acontecendo na história. E como disse antes, mais uma vez fui surpreendida pela competência da autora em criar uma história que pode ter vários finais diferentes e o final escolhido é claro, é o que a gente não imaginou. E ela amarra todas as pontas soltas durante o livro e a gente vê que o quebra cabeça ficou completo, mas se ela quisesse poderia tê-lo montado de uma outra forma e teria se encaixado da mesma maneira. Eu gosto muito de autores que conseguem fazer isso, mostra o quanto ele é genial e o quanto sua história é boa.

Quanto aos personagens, Will é alguém que a gente se apega logo de cara, mas como disse antes, quem acompanhou sua história até agora entendeu muito melhor sua personalidade e o porque da situação tê-lo afetado tanto. Sara também já gostei logo de cara, e me solidarizei com ela e achei que ela foi até muito controlada por tudo o que aconteceu. Faith também é um personagem muito interessante e quero ler mais livros da série para conhecer mais de todos eles. Mas quem me ganhou mesmo foi a Amanda, chefe desse povo todo. Achei ela o personagem mais complexo da série. Agora quem me irritou e queria entrar no livro e dar uns safanões nela foi a Angie. Gente que personagem manipuladora e tóxica. Mas tenho que reconhecer que a fulana é muito inteligente e deu as cartas o tempo inteiro.

O livro é dividido em três partes, mais o prólogo e o epílogo. No prólogo vemos a cena do crime, na primeira parte temos a polícia investigando o caso, na segunda voltamos ao passado e conhecemos os passos de Angie até o dia do crime e no terceiro a resolução de tudo. Na primeira parte a gente acha que já descobriu tudo, mas dai entra a segunda e temos uma reviravolta que eu particularmente nunca que ia imaginar. E o final, eu tiro meu chapéu para a autora, porque ela foi incrível. E não posso deixar de falar sobre a violência presente na história, o que depois de três livros já percebi que é uma característica da autora. Temos estupro, relação abusiva e violência domestica. As cenas são nuas e cruas, ela não enfeita nada. Quanto a edição do livro eu confesso, tenho medo dessa capa. Mas adorei o livro ter uma jacket com um das capas a garota estando mergulhada no sangue.

Nota:









15 comentários:

  1. Oi, Sil como vai? Me parece ser um livro incrível, apesar de os capítulos serem extensos e deixar a leitura por vezes cansativa. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sil. Tudo bem?
    Eu amo esse tipo de livro com suspense e não conhecia a autora. Autores que conseguem fazer livros como quebra cabeças interessantes e mesmo com cenas cruas de violência carregam uma carga dramática de qualidade sempre me chamam a atenção, vai para a lista.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
  3. Amei a resenha. Ainda não li esde livro e vou colocar no meu cronograma desse ano. Amo um bom suspense e esse parece ótimo.
    Beijos
    www.dearlytay.com.br

    ResponderExcluir
  4. Apesar de não ser meu estilo de leitura achei sua resenha sobre bem interessante. Parece realmente bom!

    _______________

    - Conhece meu cantinho? Te encontro lá, hein?

    Meu Baú de Estrelas
    Meu Canal no Youtube
    Blog Bilhetes de Busan


    ResponderExcluir
  5. Olá!! Quero demais ler esse livro, gosto dessa temática mas, uma das metas pessoais é não comprar livros esse ano e sim continuar relendo os que tenho e pegando outros emprestado.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil,

    Nunca li nada da autora, mas tenho curiosidade com a sua escrita.
    Essa história parece se intensa, mas confesso que fiquei com um pé atrás com esses capítulos longos, pois isso cansa a leitura infelizmente.

    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil
    Acho essas capas bem relevadoras sobre a trama, mas o que o autor faz enquanto desenvolve tudo que é interessante. Eu já ouvi falar muito bem da autora mas não gosto de suspense, então dificilmente lerei o livro.
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Sil, tudo bem? Eu também tenho problemas com capítulo muito longos, prefiro os curtos. E ainda não li nenhum livro da autora, mas como estou na onda de suspenses pretendo conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Livros cansativos me cansam, assim como filmes lentos. Mas, que bom que você chegou ao final e gostou! *O*

    Bjx,
    aguardo você!
    www.priscilafrr.com l Instagram l Facebook l Pinterest

    ResponderExcluir
  10. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro mas fiquei interessada! Achei a capa muito intrigante (fiquei um tempão tentando entender porquê tinha dois livros na foto até ler que era a jacket kakkak e achei legal a sacada dela mergulhada no sangue, eu não tinha percebido de primeira). Também desbravo várias histórias nos ônibus mas ao contrário de você eu não ligo para o tamanho dos capítulos e não tenho a mania de parar a leitura exatamente quando um capítulo acaba... eu simplesmente paro e agora percebi que isso é meio estranho e pode prejudicar o entendimento da história. Vou tentar mudar isso!

    Que ódio sinto quando as editoras publicam livros soltos de séries e fingem plenitude como se nada tivesse acontecido! Isso deveria ser proibido, né?

    Au revoir ♡
    Tecer Flores e Cheirar Livros

    ResponderExcluir
  11. Oi Sil! Pretendo ler este livro este ano também, ano passado conheci o trabalho da autora e fiquei impressionada com a força de sua narrativa. Só fiquei pensando na questão dos capítulos enormes, é algo que não curto muito, reduz meu ritmo de leitura. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  12. Parece um bom livro. Bem extenso e com um mistério. Não sei como podem fazer capítulos tão longos.

    ResponderExcluir
  13. Oi Sil.
    Adorei a ideia da narrativa e parece ser um suspense fantástico. Eu não tenho problemas com capítulos longos, até gosto mais porque não sinto necessidade de parar no fim de um capítulo então sinto que assim flui mais. Ainda não li nada da autora mas fiquei bem entusiasmada com a leitura.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  14. Amei sua resenha, Sil. Essa capa e a sinopse me chamaram muita atenção. Também não gosto quando os capítulos são longos, acho que a leitura fica cansativa. Mas que bom que a história vale a pena. Quero muito me aprofundar nela! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  15. Que livro incrível! Que resenha incrível!

    Beijos! Aguardo sua visita!
    >>> https://blogjulianarabelo.blog/

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo