14 julho 2020

Resenha | Desejo à meia-noite - Lisa Kleypas


Livro: Desejo à meia-noite
Série: Os Hathaways #1
Gênero: Romance de Época
Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Ano: 2013

Resenha:
Aos 26 anos Amelia Hathaway já pode ser considerada uma solteirona. Ela nunca foi uma beldade, mas é bastante atraente para o sexo oposto. Mas não foi esse o motivo de ela não ter se casado. Tempos atrás Amélia entregou seu coração e teve ele despedaçado ao ser trocada por alguém mais rica que ela, por isso decidiu permanecer solteira. Até porque seus quatro irmãos já lhe dão muito trabalho. Principalmente Léo que depois que recebeu o título de visconde só quer saber de gastar o dinheiro da família com jogos, bebidas e mulheres. Mas dessa vez ele passou dos limites. Faz três dias que ele não dá notícias e Amelia decide sair a sua procura.

Merripen, o cigano que seu pai salvou da morte quando ele ainda era um moleque e desde então nunca mais foi embora, insiste em lhe fazer companhia e isso foi providencial já que em sua primeira parada o Jenner's, ele encontram um homem meio cigano. É Cam Rohan o gerente do lugar que só responde a pergunta de Amelia depois que Merripen fala com ele no velho idioma dos rom. Ele diz que Léo esteve ali mais cedo, mas que foi para o bordel e quando Amelia diz que vai até lá Cam vai junto. Primeiro porque Amélia é uma dama e segundo porque faz muito tempo que uma mulher não despertava nele o que Amelia fez ele sentir só com um olhar. E Amelia parece estar sentindo o mesmo.

Mas ela não vai precisar pensar muito nessa atração, nem no beijo que Cam roubou, porque eles nunca mais vão voltar a se ver já que definitivamente Léo precisa se afastar de Londres e Amelia decidi ir com toda a família para a propriedade em Hampshire. Logo que chegam a Hampshire Amélia percebe que as coisas não serão nada fáceis já que a casa está caindo aos pedaços e em seu primeiro passeio pela propriedade ela encontra ninguém menos que Rohan. E a atração entre eles parece estar ainda mais forte. Mas nenhum dos dois quer ceder a ela já que Cam acredita na liberdade e não quer ficar preso a um casamento e Amelia está a tanto tempo cuidando de todos à sua volta que não sabe mais como deixar que alguém cuide dela.

"Acredito em magia e mistério, em sonhos que revelam o futuro. E acredito que algumas coisas estão escritas na estrelas... ou mesmo na palma das mãos."

Eu tenho esse livro, a série toda na verdade, desde que lançou aqui no Brasil há seis, sete anos mais ou menos. Mas sempre aparecia outro lançamento de romance de época e eu colocava eles na frente. Inclusive os livros da Lisa mesmo, que por sinal essa série Os Hathaways foi lançada aqui no Brasil antes da série As Quatro Estações do Amor, que na ordem cronológica das histórias é antes de Os Hathaways, sendo seguida pela série Os Ravenels. Dai você deve estar se perguntando: "Mas vou ter que ler tudo isso de livro para entender a história?" Não necessariamente porque cada livro tem a história de um casal com começo, meio e fim. Mas eu particularmente recomendo que sejam lidos na ordem porque os personagens mais antigos acabam aparecendo nas outras séries.

Nesse primeiro livro dessa série mesmo, temos a presença de Lillian e Westcliff do livro Era Uma Vez No Outono e de Evie e Sebastian de Pecados No Inverno que também traz o nosso protagonista Cam. Quando conheci ele lá em Pecados no Inverno já fiquei bastante interessada no personagem, e por um momento acreditei que ele fosse fazer par com Daisy protagonista de Escândalos Na Primavera. Mas quando isso não aconteceu acabei me esquecendo dele. E foi uma felicidade reencontrá-lo nesse livro porque Cam é um cigano e não lembro de ter visto algum protagonista cigano em um romance de época. E gostei bastante dele, até certo ponto.

Até metade do livro mais ou menos eu estava amando a história e estava até achando que ia favoritar o livro. Mas então começou a me dar um nervoso com os dois protagonistas que a nota acabou baixando. Me irritei bastante com o Cam por algumas frases e por alguns comportamentos dele em relação a Amelia. Mas como ele foi criado com o povo cigano e segundo a autora eles são assim, e acredito nela já que desconheço a cultura deles, até que relevei o machismo dele. Mas não deu para relevar a teimosia da Amelia. O mulher pior que mula empacada. Ela colocava o orgulho acima de tudo.

Não tinha onde cair morta, não tinha o que comer, o que vestir e nem lugar para ficar e não queria aceitar ajuda de ninguém. Até se fosse só ela tudo bem, deixe que sofra sozinha, mas ela tinha mais quatro irmãos para pensar. Mas fora isso eu gostei bastante da história e quero ler logo os outros livros da série, mesmo já prevendo muita irritação com os livros do Léo e do Merripen, pois nenhum dos dois me desceu nesse livro. E para finalizar indicando o livro é claro para quem é fã do gênero, não posso deixar de falar dessa capa, todas dessa série, que no meu ver são as mais bonitas de romance de época já publicadas aqui no Brasil.

Nota:








17 comentários:

  1. Esse foi o primeiro livro da autora que eu li. Me apaixonei na hora! Eu comprei a série toda numa das bienais do RJ, mas tb custei a ler. Mas quando comecei, não parei mais, rsrs... Li um atrás do outro. Deu até vontade de reler, agora!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  2. Oi Sil! Este foi o primeiro da autora que li e admito que não é meu preferido. Eu quase nem segui com a série, mas acabei arriscando e foi ótimo. A série segue bem daqui para frente. O da Poppy é meu favorito e o do Leo é muito bom também. O Leo não causa mesmo uma boa primeira impressão, mas muda depois. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Já ouvi muito falar desse likvro e estou curiosa hahaha, parece ser muito bom.
    Bisous,
    pequenomuffin.com.br | @blogpequenomuffin

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho esse livro faz muito tempo e nunca li.
    Amei a resenha e a possibilidade de conhecer cada personagem nos outros livros.
    Beijos
    http://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Nem imaginava que as séries da Lisa se passava em um mesmo universo, então eu tenho que ver se a série das estações me interessa para eu me embarcar nos livros dela. Também não conheço a cultura dos ciganos, e espero que a autora tenha feito jus à cultura.

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Legal essas junções que acontecem nos livros da autora, de personagens de outros livros. Ouço muito bem elogios dessa série e acho as capas lindas. Que bom que agora você pegou para ler, e que gostou desse primeiro.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Sil, foi um dos primeiros romances de época que li e gostei bastante, mas não é também meu preferido da série! Lisa tem uma escrita maravilhosa!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Que enredo diferente, curti demais. Acho de um encanto incrível quando os autores conseguem colocar histórias em épocas diferentes, vou conferir com certeza. Obrigada pela dica.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sil
    Faz tantos anos que li esse livro que não lembro muito bem da trama hahaha então essas características da personagem me passaram despercebidas. Estou tentando encontrar essa série para poder reler, mas tá foda, ninguém mais vende :x
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Que louco os personagens e suas histórias! Não esperava de um romance de época, achei engraçado até. rs Não gosto de personagens com atitudes machistas também, fica difícil a leitura pra mim, mas sou fascinada por romances de época, faz tempo que não leio um bom! Quem sabe esse não seja um dos que marquem meu retorno a eles? As capas dessa série são belíssimas!

    Beijos
    https://monautrecote.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sil tudo bem? Que bom que o livro lhe agradou. Para quem curte este gênero é um deleite. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá...
    Confesso que essa série está na minha lista há muito tempo também, pois, somos bombardeados com lançamentos e também sempre vou colocando outro e outro na frente e acabei me esquecendo de Os Hathaways! Adoro demais a escrita de Lisa Kleypas e espero ainda poder ler ;)
    Amei sua resenha <3
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    No final da sua resenha eu tive que rir, quando disse que "ela é pior que mula empacada" hahahahahahha
    Às vezes dá uma raiva dos livros, né?!
    Gostei demais da sua resenha e mesmo não favoritado eu quero ler toda a série.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Silvana. É meio chato quando o livro vai dando aquela declinado mas acontece. Faz parte.

    ResponderExcluir
  15. Oi Sil, tudo bem?

    Esse foi meu primeiro contato com a escrita da Lisa e por todos os motivos que você listou em sua narrativa, até hoje não li mais nada da autora.

    Que protagonista insuportável! Não tinha onde cair morta, mas o nariz estava lá em cima sempre. Já me falaram que os outros livros da série são melhores, mas de verdade tenho medo de passar nervoso de novo. Se for ler algo da Lisa, vou tentar outra série (rs...).

    Beijos;*
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  16. Eu não tenho o costume de ler romances de época principalmente porque é muito difícil engolir certas coisas, tipo machismo, que na época em que esse tipo de livro se passa, era considerado "o normal". Muito complicado isso. Uma pena que tenha tido algumas passagens que não lhe agradaram, mas que bom que no final a leitura foi agradável de algum modo. Eu tenho muita vontade de ler algo dessa autora por ser bem famosa no gênero, entretanto eu não fiquei desejando ler esse livro... sei lá, a sinopse não me interessou. Mas confesso que a capa é bonita, mesmo.

    Au revoir ♡
    Tecer Flores e Cheirar Livros

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo