16 julho 2020

Top 5 | Estereótipos

Esses dias eu fiz uma postagem falando sobre clichês que são repetidos a exaustão e que me irritam. Mas pior do que um clichê que se repete em todos os livros que você lê, são alguns estereótipos que se forma na mente de alguns autores e a gente vê personagens e situações que a gente não aguenta mais em quase todos os livros. Selecionei alguns que acho que já deu.


Cor de cabelo que define personalidade
Sério gente que ainda existe autores que escolhem a cor do cabelo da mocinha para demonstrar a personalidade dela. Só vou citar algumas que estou cansada de ver nos livros. Cabelo ruivo: a mocinha é misteriosa, fogosa e tem sangue quente. E geralmente é usada naquelas histórias onde o autor quer colocar cenas mais hots. Cabelo loiro: infelizmente ainda é muito usado para descrever mocinhas tapadas, ou mocinhas ingênuas e geralmente também é a cor do cabelo das vilãs, mas dai no caso é pintado. E por fim cabelos escuros: são as protagonistas que são mais pé no chão ou as que escolhem seguir carreira em vez do amor e também geralmente é a virgem que o bilionário vai escolher para infernizar.


Um dos dois é milionário 
Será que não sabem mais escrever livros onde os dois protagonistas são com a maioria das pessoas reais e lutam para ter uma vida equilibrada? Grande parte das histórias ainda é o homem que é o bilionário, dai você vê uma história falando essa é diferente e vai ver só troca-se o gênero e a situação continua a mesma. E aqui cabe falar que é claro que o tal bilionário vai se interessar justo por alguém que não tem um gato pra puxar pelo rabo. Também já deu.

Mocinhas a frente do seu tempo
Esse não é exclusivo, mas grande parte está nos romance de época. Hoje em dia é raro de encontrar uma mocinha de romance de época que não seja "a frente do seu tempo". Por isso até fico feliz quando leio um romance de época que a mocinha se comporta conforme a época hehe.


Ter que escolher entre carreira e amor
Esse é um estereótipo que está presente tanto nos livros como nos filmes. Porque a mulher não pode escolher ter as duas coisas? Ou a protagonista escolhe o amor e a família ou escolhe a carreira. E pior quando ela escolhe a carreira é mostrado que ela está infeliz com a escolha. Chega de levantar a bandeira do patriarcado e do machismo.

Falsa representatividade 
Aqui a situação é pior porque dá aquela sensação de que o autor está erguendo a bandeira mas na verdade é só para dizer depois na hora de divulgar seu livro, "mas no meu livro tem personagem tal". Tem sim, o melhor amigo da protagonista. Já cansei de ler livros onde o melhor amigo é negro ou gay, mas que na verdade o tal personagem poderia ser qualquer um porque não tem nenhuma relevância para a história. Autores parem e escrevam algo com protagonistas e não com meros figurantes.

Esses são alguns esterótipos que me incomodam. E vocês, deixem nos comentários os que te incomodam mais.









17 comentários:

  1. O que mais odeio é "ter que escolher entre carreira e amor", porque sempre quem tem que fazer essa escolha é a mulher, acho meio zzzzzzz

    Renata

    ResponderExcluir
  2. Oi Sil,
    Adorei o post e realmente tem alguns esteriótipos que já estamos cansadas de ver nos livros. O que mais me irrita é o homem rico ou o chefe CEO e a mulher que se apaixona por ele é a nova funcionária na empresa.
    Nos romances de época também já cansei da mocinhas, parecem tudo iguais ehehehe.

    Beijinhos
    https://tecendoaliteratura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eita, já li vários livros com todos esses esteriótipos. Tb acho um saco a mulher ter que escolher entre o amor ou a carreira. Escolhe os dois e pronto, hehe!
    Um esteriótipo que eu odeio é quando colocam o mocinha virgem e burra, que não conhece o próprio corpo. Caramba, não é porque ela é virgem que ela não sabe da mecânica das coisas, né?! Eu amo romances com mocinhas virgens (até prefiro, arrisco dizer), mas já li cada absurdo nesse contexto aí, que só vendo. Socorro!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  4. Acho que de todos o que mais estou cansada é o clichê do milionário.
    NÃO AGUENTO MAAAAIS kkk

    Abraço! ♥
    Larissa

    Blog "Parágrafo Cult"

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sil! Eu ameeeei o post hahah eu inclusive também percebo esse esterótipo no cabelo. É uma coisa bizarra mas as autoras realmente gostam de definir a personalidade da personagem pelo cabelo que ela tem, meio alô, se toca! Eu canso muito do esterótipo de CEO ou rico, mas eu gosto porque eu mesma queria ter um gato rico no meu pé hahahah #meusonho. Mas cansa mesmo quando é usado descaradamente em quase todas as histórias que encontro no kindle!
    Falta sim muita representatividade... isso é um saco porque eu nunca consigo me ver nas protagonistas fisicamente, e só emocionalmente. Nunca encontro uma personagem negra que se assemelhe a mim, e imagino que pessoas homossexuais, ou que possui alguma condição possam sentir a mesma coisa. É triste mas eu ainda tenho esperança de que os autores consigam sair da bolha e inovar.
    Beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil! A falsa representatividade é o que mais me incomoda. Você está lendo um livro e do nada aparece um personagem aleatório só para o autor dizer que sua obra é isso ou aquilo, dá espaço para todos e tal, quando na real, como você citou, a pessoa não acrescenta nada na trama Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi. Acredito que este seja o problema de quem lê demais. Chega um ponto em que muita coisa passa a ser mais do mesmo. Entendi bem sua posição. Muitos desses itens que você elencou são vistos com outros olhos pelos leitores que ingressam a pouco tempo nesse caminho.

    Mas é isso. É sempre bom pra gente compartilhar algumas coisas nossas. Assim vamos conhecendo melhor uns aos outros e penso que é meio assim, com nosso toque pessoal, que se conduz um blog pessoal.

    Um abraço e obrigado por nos dar esse conhecimento sobre um pouco mais de você na leitura.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Sil tudo bem? Para mim todo clichê incomoda, infelizmente. Entretanto o que mais me irrita é o do CEO milionário. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá...
    Esses estereotipos são mesmo muito irritantes e o que mais me incomoda é definir a personalidade através da cor do cabelo. Outro fato que me irrita muito são esses milionários... Sério, gente pobre e que luta dia a dia pra ter uma vida confortável também ama e também vive, né?
    Parabéns pelo post, amei <3
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Sil,

    Adorei esse post! Falou tudo!
    Acho que da sua lista o que mais me irrita é o personagem bilionário que vai se interessar pela mocinha que não tem nada e que não vai dar bola para ele no começo da história, ai ele vai ficar curioso para saber quem é porque ela é diferente das outras que dão em cima dele o tempo todo. Já cansei de livros assim e essa temática que está voltado para New Adult eu larguei mão e olha que gente... tem muito livro assim no mercado.
    Outra coisa que não aguento mais e ultimamente vejo que está diminuindo são triângulos amorosos. Se tiver já desisto da história rsrs.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Por favor autores LEIAM ESSE POST! Eu também estou cansada desses estereótipos, principalmente os relacionados as mulheres e a representatividade. Sem contar com a gordofobia que quase sempre acontece. É cansativo revirar os olhos toda vez.

    Beijos
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  12. Concordo com voce e a unica pergunta que faço e
    Cade os romances com protagonistas negros ? Estou falando de romances comuns .nao esses livros especificos que abordam questoes raciais
    Alguma autora ou autor renomado vai publicar algum romance com protagonista negro?

    ResponderExcluir
  13. Eu conheço vários esteriótipos que me irritam também. Esses que você citou eu já percebi bastante nos livros que leio e o que mais me irrita é a falsa representatividade. Parece que alguns autores distorcem a trama e não sabem como colocar assuntos naturais ali. Também detesto quando o casal não conversa e fica o livro todo indo por caminhos errados só porque não conversa. Dá pra conversar ao menos uma vez????

    Abraço

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  14. Oi, Sil!

    Adorei o post! Realmente tem estereotipos que cansam, parece que os autores não sabem fugir daquilo. Concordo total sobre o romance de época, toda vez que leio parece que as protagonistas são independentes, teimosas e ousadas, sempre se rebelando e fazendo coisas que colocariam a reputação delas em risco. É legal ver mulheres assim, mas toda vez realmente cansa porque não é fidedigno com a época em que se passa a história.

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Estou escrevendo esse comentário com os pés, pois com as mãos eu to aplaudindo o post!
    Concordo totalmente com você, principalmente sobre a cor dos cabelos e mocinhas a frente do seu tempo. Por inúmeras vezes eu comecei imaginando personagens de um jeito, daí de repente o autor a descreve de uma forma diferente e com uma cor e até corte de cabelo estereotipado com relação à personalidade da personagem. Geralmente eu ignoro totalmente a descrição e sigo imaginando como quero, haha.
    Enfim, amei seu post!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  16. Post super interessante. Esse estereótipo do rico e da pobre acontece demais. Não sabia desse estereótipo do cabelo.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  17. Oi Sil,
    Por um momento, achei que você ia falar dos meus bad boys tatuados. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Bom, é um estereótipo também, não vou negar, mas eu amo kkkkkk.
    Mas o uso das ruivas/loiras são irritantes mesmo.
    E eu também acho que mocinhas a frente do seu tempo já deu, quando li um romance de época em que a mulher queria casar bem para ter o sustento da família, o povo falou tão mal dela e eu achei sensacional a abordagem realista! rs
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo