24 setembro 2020

Resenha | A Lista que Mudou Minha Vida - Olivia Beirne

Livro: 
A Lista que Mudou Minha Vida
Série: Não
Gênero: Chick-Lit
Autora: Olivia Beirne
Editora: Faro Editorial
Páginas: 304
Ano: 2020

Resenha:
Georgia costuma brincar que Amy, sua irmã mais velha, ficou com todos os genes bons e ela foi criada com as sobras. Não que Georgia se ressinta pela irmã ser melhor que ela em tudo, pelo contrário, Amy é seu maior orgulho. Enquanto Amy é ativa e gosta de desafios, Georgia gosta de ter sua vida tranquila, trabalhar o dia todo e ficar jogada no sofá o resto da noite assistindo TV. Então só pode ser uma piada do destino quando Amy começou a ter dificuldades para segurar as coisas e até para se manter em pé e ao fazer alguns exames descobriu que tem esclerose múltipla. E quando Amy conta para Georgia que fez uma lista de coisas para fazer antes de completar trinta anos, lista essa que agora ela não vai conseguir cumprir, e pede que Georgia a complete em seu lugar, a primeira reação dela é negar. 

Mas Amy é ótima em persuasão e convence Georgia a cumprir a lista sem nem mesmo olhar quais são os itens, que foram adaptados para Georgia, já que os interesses delas são diferentes. E Georgia quase cai para trás quando lê o que vai ter que fazer nos próximos meses. Como assim correr dez quilômetros se ela já fica exausta só de trocar a roupa de cama. E como fazer um bolo perfeito quando nem bater os ovos ela consegue fazer direito? Sua amiga Natalie sugere que Georgia comece pelo item mais fácil, marcar um encontro no Tinder. Mais fácil para quem? Porque na única vez que Georgia tentou usar o aplicativo, um cara pediu que ela enviasse uma foto do seu dedão do pé e ela deletou o aplicativo o mais rápido possível. 

E dessa vez a coisa não é muito diferente não. Georgia marca um encontro com um homem chamado Jack e até que se diverte bastante. Mas no dia seguinte ao conferir o aplicativo, ela descobre que o Jack do aplicativo não pôde ir ao encontro e ela não tem ideia de com quem foi que ela saiu. Isso até chegar ao trabalho e descobrir que o Jack falso é irmão da sua chefe Bianca. E ela pode ter falado um pouco a mais do que devia sobre sua chefe. Quando Georgia começou a trabalhar na Lemons Designs, era para ser como uma designer, mas a única coisa que ela fez até então foi ser a assistente da Bianca ajudando a chefe a planejar o próprio casamento. Mas enfim, ela prometeu para Amy que vai terminar a lista, nem que para isso sua vida tranquila se torne uma verdadeira confusão.

Quando vi o título desse livro e li a sinopse e vi que ia ter uma lista de coisas a cumprir já me interessei muito por ele. Porque já li outros livros assim e gostei de todos que li. Mas então quando chegou aqui e fui cadastrar no skoob, vi que o livro era indicado para os fãs de Sophie Kinsella e ultimamente me decepcionei muito com os livros que li dela. E não só dela, mas do gênero Chick-Lit em si. Teve uma época que esse gênero era meu favorito, mas não sei se foi porque hoje estou mais velha, mas os últimos livros do gênero que li, eu mais me irritei com as atitudes das protagonistas do que me diverti.

Por isso qual não foi minha surpresa ao me apaixonar pela história logo no primeiro capitulo. É impossível não gostar da Georgia. Eu acho que nunca ri tanto lendo um livro como ri com esse. Até achei que ia ser mais depressivo por conta da doença, mas ri horrores com a Georgia tentando cumprir as tarefas. Ela arrumando a cama é sensacional e a gente logo se identifica porque vamos combinar que é dificil mesmo, o lençol parece que encolhe na hora que a gente vai colocar na cama. E ela tentando  fazer um bolo então. Eu que sou péssima na cozinha me identifiquei, porque quando não corto um dedo, acabo me queimando. Mas o mais engraçado sem dúvida é o primeiro encontro. Por isso que não me aventuro nesses aplicativos de relacionamento. 

E uma coisa que gostei bastante foi que a autora soube dosar as cenas engraçadas com as depressivas por conta da EM. Acabou se tornando uma leitura agradavel mesmo abordando uma doença tão triste. E outra coisa que a autora acertou foi que o foco do livro não fica no romance e sim no empoderamento da protagonista. Alguns itens da lista até parecem bobos, mas ao realizá-los a Georgia vai adquirindo coragem e acreditando nela mesma. É incrível acompanhar a jornada dela e ver como Georgia era no começo do livro e como ela terminou ele. Como diz na capa do livro, as vezes tudo o que a gente precisa é de um empurrãozinho.

Como já disse antes, o livro não foca no romance, mas ele não deixa de ser fofo e a romântica de plantão aqui terminou o livro com um sorriso no rosto. Assim como acontece com Amy, Jack está ali para apoiar Georgia em tudo e incentivar ela a correr atrás dos seus sonhos. E Amy, que personagem incrível. Um dos pontos fortes do livro é sem duvida o relacionamento das irmãs. E gostei bastante da forma como a autora mostrou a realidade da doença e não ficou romantizando a situação. Ela foi objetiva e mostrou o quanto essa doença afeta a vida não somente do doente, mas de todos à sua volta. E não precisou ser apelativa para que a história se tornasse uma das melhores que li ultimamente, tanto que favoritei o livro.

Eu não estava esperando gostar o tanto que gostei da história. Foi um misto de sentimentos o livro todo. Eu chorei de rir, torci como louca para ela conseguir completar a lista, me acabei de chorar em algumas cenas de tão lindas que foram e queria que o livro tivesse o dobro de páginas para eu continuar mergulhada nessa história que me ganhou e quero que todo mundo leia para sentir o que eu senti lendo ela. Quanto a edição, vocês já estão até cansados de me ver elogiar os livros da editora por aqui. Mas o que eu vou fazer se cada livro que chega aqui é mais lindo que o outro? Enfim, leiam, acredito que a história vai surpreender.

Nota:







16 comentários:

  1. Oi Sil, tudo bem?

    Esse foi um livro que desde que vi o lançamento me deixou curiosa. Chick-lit não é um gênero que eu leio com frequência, mas até que gosto por ser histórias leves e fofas.

    Sua resenha me deixou ainda mais curiosa para ler A Lista que Mudou a minha Vida. Espero ter a oportunidade de conferir em breve!

    Beijos;*
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sil

    Eu só li um livro da Sophie e não curti, então fiquei com o pé atrás. Chick-lit não é minha praia, sabe? Mas que bom que você gostou e que não se decepcionou como vinha acontecendo. Eu não sou muito de ler livros engraçados não porque não gosto, e sim porque acabo nunca escolhendo livros assim. Eu ri aqui do lençol! hahahaha E nunca li uma história que abordasse a esclerose múltipla, bom que a autora conseguiu equilibrar a doença com as partes engraçadas.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Eu até curto livros com essa dinâmica de lista a cumprir pois o protagonista sempre acaba evoluindo e se conhecendo.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Oi Sil,

    Achei que era só eu que tinha me decepcionado com chick-lits ultimamente.
    Mas depois de ler sua resenha, fiquei bem animada em ler esse livro, acho que assim como você vou gostar muito da história.
    A Faro no quesito edição, acho que é a melhor editora no momento. Adoro o trabalho deles.

    PS: Sobre o Feitiço dos Espinhos, ( não sei se o seu já chegou) mas quando comprei pelo site da editora chegou super rápido pelos correios, foi coisa de uns 3 dias, talvez por morarmos em bairros diferentes ( acredito eu kkk) as entregas podem mudar de prazo. Mas espero que já tenha chegado rs.

    Bjs
    diarioelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ei, tudo bem? Eu ainda não conhecia esse livro, mas eu achei super interessante a premissa e com certeza vou adicionar esse livro a minha lista de leituras, histórias com uma dose de humor deixam a leitura bem mais leve e agradável. Eu amei a sua resenha, é contagiante a sua empolgação. Beijocas!


    https://resenhabookshouse.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil!
    Que maravilha de resenha, eu também pedi esse livro na Faro, mas os correios demoraram a entregar e agora vai ser Charlie antes desses hahaha.
    Mas fiquei animada depois de saber mais sobre o enredo e que a autora soube conduzir a trama e dosar o humor, meu medo de ler chick-lit é justamente esse, algumas perdem a mão e a leitura se torna aquele humor forçado. Então acho que vou gostar bastante!

    Beijos!

    Camila - https://www.bookobsessionblog.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil!

    Ahhh adorei, preciso desse livro pra ontem!! Também gosto bastante de obras com essa premissa de listas a cumprir, e quando a gente se identifica com a protagonista a leitura flui super fácil né! Adorei a resenha e os pontos que você levantou, sem dúvidas vou amar a história também <3

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Fico imaginando as aventuras da Georgia tentando cumprir a lista da irmã. Realmente deve ser hilário! kkk Até que me dou bem lendo chick lit, mas reconheço que algumas protagonistas são muito chatas e as situações são tão irreais que você sabe que nunca vai passar por algo parecido, mesmo que tente.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob


    ResponderExcluir
  9. Oi Sil,
    Minha primeira reação ao ver o lançamento desse livro foi querê-lo para mim. Depois fiquei com medo de ficar triste e resolvi adiar um pouco a leitura até ter resenhas sobre ele.
    Eis que você me vem com essa opinião destruidora de corações. É, foi automaticamente para o topo da minha lista de desejados e saiba que a culpa é sua! KKKKKKKKKKKKK
    Acho que vou gostar tanto quanto você!!!!!
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Apesar de não ser fã de romances, eu gosto bastante de chick-lits, mas concordo com vc, confesso que o gênero tem me decepcionado um pouco, ou é eu que já estou cansada dos clichês, haha. Quando vi a notícia do lançamento desse livro também fiquei com vtd de ler, fico feliz que ele tenha te conquistado, creio que será uma boa leitura pra mim.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi
    não conhecia essa história, fiquei super interessada ainda mais porque gostou bastante na leitura e te surpreendeu, legal saber que apesar de ter romance o o foco não é nele, quero ver a amizade das duas irmãs e como Georgia lidará com a doença da irmã.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Que amorzinho, Sil!!!!
    Eu lembre de algumas premissas, MAS parece ser o tipo de livro que nos conquista e EU SÓ TO DESEJANDO HORRORES DEPOIS DE LER SUA RESENHA
    Faz um bom tempo que nao leio nada da Faro, mas eu gosto bastante da editora!
    JA QUERO PRA ONTEM, MINHA QUERIDA HAHAHAHA
    vc se acabou de rir e chorar, tb quero fazer isso! kkkk

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  13. Oi, Sil como vai? O livro parece muito bom, ainda mais depois de ler sua empolgada resenha. A propósito sua resenha está muito boa, viu. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil! Este é o terceiro livro que tem uma lista a ser cumprida que eu leio e acho a temática gostosa de acompanhar. Estou chegando na metade e espero terminar a leitura tão encantada como você. A edição está fofa demais. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  15. Engraçado que você não é a única que diz essas coisas sobre esse livro. Não faz muito tempo, li uma postagem de outra blogueira cujas considerações são bem parecidas. Até achei que estava lendo de novo a mesma postagem, mas é porque ambas começam com a resenha padrão da editora. Não sei porque os blogs literários ficam adotando esse padrão de reproduzir as resenhas, mas com certeza deve agradar aos leitores deles.

    Enfim... É bom ver que mais alguém comentou positivamente sobre esta obra.

    Um abraço, Boa semana para vocês.

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo