24 fevereiro 2018

Resenha | No Mundo Da Luna - Carina Rissi


Livro: No Mundo Da Luna
Série: Não
Gênero: Chick-Lit
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 476
Ano: 2015

Resenha:
A vida de Luna Braga não poderia estar pior. Tem gente que tem sorte de conseguir trabalhar com o que ama, mas tem outros, como ela, que tem que aceitar o que consegue e ir tentando o emprego que sempre sonhou. No seu caso, o de jornalista. Logo que se formou ela conseguiu um emprego na revista Fatos&Furos, emprego que todos os estudantes de jornalismo almejava, ainda mais por ter a chance de trabalhar com o grande redator-chefe Dante Montini. O problema é que ela só conseguiu a vaga de secretária e ela odeia o Dante com todas as suas forças. Nem seu nome ele faz questão de acertar e ela já até se acostumou a atender pelo nome de Clara. Fora isso, seu carro vive no mecânico e ela acabou de terminar um relacionamento de dois anos porque descobriu que estava sendo traída.

Mas tem dias que conseguem ser piores que os outros. Hoje é um deles. Entre tantas pessoas no mundo ela tinha que se encontrar com seu ex e ele tinha que fazer uma cena na frente de todo mundo implorando pelo seu perdão. E o dia que começou bem ainda melhora quando seu chefe chega na redação com cara de poucos amigos e anuncia que as coisas estão indo de mal a pior na revista e que dois colegas deles se demitiram, um deles a responsável pela coluna do horóscopo. Mas o que era uma noticia ruim acaba sendo bom para Luna, já que alguém vai ter que assumir a coluna e Luna tem sua grande chance como jornalista. Ela agarra essa oportunidade com unhas e dentes, mesmo que ela não entenda nada sobre o assunto, e nem acredita nessas coisas de horóscopo na verdade.

O que chega a ser engraçado porque Luna descende de uma família cigana. Mas quando Luna pede a ajuda de sua avó para escrever a coluna, ela se nega a ajudar porque sabe que Luna não leva seu lado cigano a sério, e até avisa a Luna para não brincar com isso. Então Luna recorre a um baralho de tarô e ao Google e escreve as previsões de cada signo de um jeito bem humorado. O que ela nem ninguém imaginava, era que a coluna assinada como Cigana Clara fosse fazer tanto sucesso. O que por um lado é bom, mas por outro não porque Luna não quer ficar fazendo a coluna de horóscopo o resto da vida. E não é somente sua vida profissional que começa a melhorar. Ela fica encantada com o novo fotógrafo da revista. Mas de repente ela não sabe mais o que é verdade ou o que é consequência dela estar brincando de vidente.

Sempre tem uma primeira vez para tudo. Infelizmente até para nos decepcionarmos com autores que gostamos muito. E dessa vez a decepção foi com a Carina Rissi. Até uma boa parte do livro eu estava gostando muito. A história tinha tudo para ser leve e divertida. Mesmo eu não acreditando em horóscopo e essas coisas do gênero não estava interferindo em nada eu gostar da leitura. Mas chegou num ponto que nem minha boa vontade para gostar da história teve jeito. Eu não sei no que a Carina estava pensando ao escrever cenas como a desse livro. Ainda mais sendo ela uma autora tão lida, principalmente por adolescentes e jovens adultas. Infelizmente nesse livro a autora pecou em romantizar uma relação totalmente doentia. Ainda mais num momento em que tanta gente está lutando exatamente pelo contrário. 

Quando a personagem diz que odeia seu chefe fica aquela dúvida do porque, já que até então ele não fez nem mostrou nada que merecesse esse ódio, que pelo que dá a entender é somente por ele não ter colocada ela no cargo que ela almeja e vamos combinar que quem está no mercado de trabalho sabe o quanto é difícil conseguir a vaga dos sonhos e nem por isso a gente sai odiando os outros por ai. E do nada o ódio transforma em amor. Não sei se as coisas mudaram hoje em dia, mas pelo que entendo de amor, antes de mais nada você tem que gostar da companhia da pessoa e se sentir bem ao lado dela. Aqui não, eles passam a história toda se odiando e chamam isso de amor. 

A partir daqui tem spoilers porque se não eu não vou conseguir explicar o porquê falei sobre relação doentia. A Luna acaba envolvida com o chefe. Cada vez que eles se esbarram eles fazem sexo e depois ela xinga ele de todos os nomes feios que conhece como se ele tivesse forçado ela a fazer alguma coisa. E Dante não fica atrás. Responde e ofende na mesma moeda. E não é qualquer ofensa, é aquele tipo dito para magoar mesmo. Aquela que dói mais do que se fosse uma agressão física. Relação bem saudável. Mas o pior foi quando a Luna está conversando com outro homem e o Dante joga a moto para cima dela que por pouco não é atropelada. Isso sem eles terem compromisso nenhum.

Foi a gota d'água em uma história que eu já vinha empurrando com a barriga. Me desculpe quem acredita nisso, mas amor nenhum no mundo muda o caráter de alguém. Pode até ser que aconteça em um caso em um milhão, mas para que arriscar? As pessoas, principalmente os autores, tem que parar de incentivar esse tipo de coisa. Dai no fim de tudo ele muda, ela também e dá tudo certo. Mas na vida real todo mundo sabe que não é bem assim. Minha indignação é ainda maior porque tem uma amiga minha que está passando por isso. Infelizmente ela acreditou que com ela ia ser diferente e felizmente não aconteceu o pior e o cara tá preso por tentativa de homicídio. Procure alguém que te faça bem e não o contrário. 

E o errado da história não é só ele não, porque a Luna meu Deus. Para começo de conversa ela age como se tivesse 11 anos. Dizem que o amor é cego, no caso dela é surdo também porque ela tinha audição seletiva. Ouvia só as partes que queria. Infelizmente o amor não era mudo também porque ela ouvia o que achava que era e saia magoando do pior jeito. Ainda se a autora tivesse aproveitado a cultura cigana para contar uma boa história, mas nem isso. E para completar não gostei dessa capa também. Eu não gosto de capas com pessoas, mas essa já é a marca registrada dos livros dela. Mas pelo menos poderia colocar uma modelo parecida com a personagem. Toda hora falava sobre os cabelos cacheados da Luna e a da capa tem o cabelo liso. Mas acho que não li o mesmo livro que o povo porque todo mundo morre de amores pelo Dante. Então leia por sua conta e risco.

Nota: 







17 comentários:

  1. Oiii Sil

    Sempre tem aquele momento em que nos decepcionamos e é um saco quando esperamos tanto de um autor ou de um livro e descobrimos que não era o que queriamos, acontece mas é um saco. Uma pena que não foi uma boa leitura, espero que os próximos da Carina te conquistem completamente. Esse da Luna nunca me chamou a atenção pra falar a verdade, sempre achei toda a temática meio chatinha, sei lá, nunca foi meu estilo, depois da resenha ja tenho ainda mais certeza de que não é pra mim. Quero ler Carina Rissi um dia, mas será por outro de seus livros com certeza.

    Beijokas

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Sil!
    Nossa que triste a leitura ter sido tão ruim. Acho que com tantos negativos eu provavelmente nem teria terminado e abandonaria. Uma amiga minha leu, mas diferente de você, ela gostou bastante. É chato demais quando a personagem é tão imatura :( Da autora eu só li Perdida e não tenho mais interesse em obras dela. Não escreve mal, mas não e minha vibe. Muito garotinha.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Sil,
    Eu me decepcionei com a Carina lá em Destinado. E de lá para cá, não li mais nada dela.
    Uma pena, eu adorava as histórias divertidas e amorosas dela, mas para mim, infelizmente, já deu! :(
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Sil, tudo bem? Eu gosto muito dos livros da Carina, mas me decepcionei com outras obras dela, acontece. Não Li No mundo da Luna, mas confesso que não sei se lerei tão cedo...

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Engraçado que eu sou daquelas feministas chatas bem implicantes com essas coisas, mas não senti isso em No Mundo da Luna. Claro que achei bobo até falar chega (principalmente a protagonista), mas achei xuxuzinho. Queria inclusive uma adaptação, pra ver se melhoram uma história que não tinha a menor necessidade de ser tããããão longa. Não acho Carina Rissi nenhuma obra prima mas gosto das histórias dela pra suspirar.
    Claro que eu não vou reler, mas talvez devesse pra ver se via essa romantização indevida dessa vez rs. Bom, já que vc não gostou, aproveito pra indicar dois filmes, duas comédias românticas, que esse livro me lembrou (mas garanto que são bem fofas): um é de 2010, com a Hilary Duff, e se chama Beleza No Mundo Dos Negócios (ou talvez vc encontre com o nome A Bela e o Mala), o outro é Cake - Na Receita do Amor, de 2005, se não me engano vc me disse num post em que eu citei ele que não tinha visto.
    Ficam aí as dicas então. hehe
    Bjss

    http://www.cafeidilico.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sil
    Eu já fui de ler muitos livros da Carina, até comprei o box dela recentemente, mas diferente de você, não senti isso que você achou nesse livro. Gostei da relação do Dante com a Luna, talvez porque eu não tenha colocado tanta expectativas no romance, e por ter imaginado que ela ficaria com outra pessoa, então não vi tanta "maldade" como você viu. Eu gostei muito desse livro na verdade, mas acho que ás vezes a Carina enrola muito, suas obras são grandes demais e não sei se ela faz isso só porque quer fazer um charme nos livros dela ou se já é automático dela.
    Enfim! É uma pena que tenha se decepcionado, espero que você consiga tirar essa impressão ruim com outra obra da autora.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Sil,
    Minha curiosidade em ler esse livro foi por causa da Astrologia, eu até curti em vários momentos, me diverti bastante com outras abordagens dela. Mas tb tenho várias ressalvas e por isso não releria. Sobre o romance, tem muita coisa desnecessária mesmo, aliás, o livro poderia ter sido bem menor. Várias situações só prolongam e prolongam a história que de boa poderia ser menor e entregar o que promete. Tive problemas com aquele lance da Luna refém, achei muito desnecessário.

    Desejo tudo de bom pra sua amiga, que ela fique bem.

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  8. Oi Sil! Tudo bom?
    Não conhecia o livro, mas não sei se leria por não ser meu gênero de costume e pela nota que vc deu tbm kkk
    Passando pra agradecer seu comentário lá no meu blog.
    Tenha uma excelente semana! <3

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sil!

    Eu até gostei da história quanto a parte de astrologia e da cultura cigana, mas de fato os dois protagonistas são bem complicadinhos de lidar, acho que a insistência da Luna no relacionamento e em suas atitudes me irritou mais do que a grosseria dele mesmo. Uma pena, porque a história tinha bastante potencial.

    xx Carol
    Vai rolar Booktour do meu livro O Poder da Vingança, vem participar!
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Sil! Ahh eu gosto tanto das suas resenhas e de como você se posiciona com a sua verdade! Adoro! ;)

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sil!
    Uma pena que você não curtiu esse livro. Eu particularmente me diverti bastante e foi o que me fez virar fã da Carina, mas entendo seus pontos de vista.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da Folia Literária 2018: cinco kits, cinco sortudos.

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil, tudo bem?
    Bah, que bad vibes. É foda se decepcionar com um autor admirado. Senti isso lendo o oitavo Harry Potter hahaha!
    Concordo com suas observações e também acho que amor não muda caráter. A própria pessoa tem que querer melhorar pra evoluir, não é passe de mágica não.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  13. OLÁ

    nossa, fiquei até um pouco apreensiva. Esse foi um dos primeiros livros da Carina que a sinopse me interessou e eu fiquei com vontade de ler.
    Que pena. Parece que não era tudo que eu esperava :(

    UM BEIJO
    litgrrrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil
    Não sou fã da autora, acho que já comentei aqui que não consigo ler os livros dela, tenho vontade até de dar uma chance, mas acho que ainda não é o momento. Pela sua descrição acho que eu iria odiar este livro e nem chegaria ao final dele eheheh. Gostei da sua resenha sincera.
    Que pena que vc se decepcionou com o livro da autora que vc gosta, é muito chato quando isso acontece.
    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oie Sil =)

    Li dois livros da Carina, mas apesar de ter gostado da história achei ambos bons e só isso. Estou com esse livro em casa faz um ano acho (peguei emprestado com a Fran), por que ao contrário de você amo astrologia e tudo o que tem esse toque esotérico.

    Ainda não li o livro, por que sempre acabo passando um na frente dele, mas após ler sua resenha vou levar em conta todos os pontos negativos que você citou e ir sem tanta sede ao pote.

    Espero que a Luna e o Dante não me irritem tanto rs...

    Beijos ;**
    Ane Reis | Blog My Dear Library 

    ResponderExcluir
  16. Oi, Sil

    Vim ver a resenha! Entendo seus pontos de vista e você tem todo direito de não achar legal. Na minha interpretação ela sempre gostou dele, achei aquela animosidade mais desejo incubado do que qualquer outra coisa. Essa parte da moto eu nem lembro, mas é uma coisa bem feia mesmo. Mas curti o livro e é um dos meus favoritos. Mas entendi mesmo suas ressalvas.

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo