05 julho 2018

Resenha | Efeito Dominó - Alana Gabriela


Livro: Efeito Dominó
Série: Efeito Dominó # 1
Gênero: Distopia, Policial, Suspense
Autora: Alana Gabriela
Editora: Amazon
Páginas: 376
Ano: 2018

Sinopse:

"Afinal todos somos peças sobre um tabuleiro inclemente, esperando para serem tombadas pelas mãos impávidas que regem o sistema."
Depois de perder a mãe em um crime sem explicações, orquestrado pela D77 - uma organização terrorista que o governo persegue para destruir - imersa em um luto profundo, Cora é levada a conhecer o tentador jogo da verdade, chamado de Efeito Dominó. Com a promessa de encontrar o criminoso que assassinou sua mãe, ela embarca numa busca perigosa pela verdade. Mas suas ações desencadeiam uma sucessão de eventos premeditados que ela não estava pronta para lidar.
Em meio a mentiras e assassinatos, Cora precisa descobrir quais segredos são dignos do silêncio e se sobreviverá ao efeito dominó.

Resenha:

Há um ano atrás mais ou menos resenhei aqui no blog o livro Efeito Dominó. Mas a Alana ainda não tinha terminado de escrever a parte dois, então ela resolveu reescrever a primeira parte e assim terminar de vez essa história. Quando ela me procurou para reler e resenhar o livro novamente, eu aceitei é claro porque a Alana é uma autora que eu adoro tudo o que ela escreve. Achei que o livro teria poucas mudanças, porque na minha opinião já estava ótimo, inclusive eu dei nota máxima ao livro hehe, mas a Alana mudou muita coisa, por isso recomendo que mesmo que você já tenha lido, releia porque eu que já tinha amado a primeira versão, gostei ainda mais dessa.

A história já começa bem diferente da outra, aqui estamos ainda no Rio, mas no futuro, em 2099. E enquanto no primeiro livro se passou seis meses que a mãe de Cora morreu, aqui foram apenas dois. Mas de igual forma Cora ainda não conseguiu superar a morte da mãe que supostamente foi morta por terroristas, e está tendo um comportamento bem diferente do usual, até brigando na escola por qualquer motivo, por isso seu pai decide que ela vai ter a ajuda de uma psicóloga. Como estamos no futuro, as coisas são bem diferentes do que vivenciamos hoje, e uma coisa que me doeu o coração foi que o Cristo Redentor não existe mais.

Nem o Bondinho do Pão de Açúcar, mas esse pelo menos está sendo restaurado e em fase de testes. É por isso que Lucas e Cora estão na praia, Lucas que estuda robótica, é fissurado por tudo que envolve o assunto. E de repente eles são atacados e Cora é sequestrada. E quando um dos sequestradores tira a máscara ela descobre que ele é Aziz, um aluno novato que estuda com ela. Mas o que chama a atenção de Cora é que Aziz diz que sabe quem matou sua mãe e que se Cora quiser saber a verdade vai ter que participar de um jogo chamado Efeito Dominó, onde vai receber novas pistas conforme for avançando em suas descobertas. E ainda ameaça fazer mal a Lucas se Cora não aceitar participar do jogo. Mas será que Cora está preparada para as consequências de participar desse jogo?

A premissa da história é basicamente a mesma, mas a Alana pegou a ideia e colocou em outro cenário e com isso a história cresceu muito. Temos novos personagens e uma outra linha de investigação. E sem falar que é uma distopia, por isso temos um novo governo e uma coisa que gostei muito que a Alana foi explicando como chegou aquela situação ao longo do livro. Porque geralmente somos jogados em algum novo cenário distópico e a maioria das vezes não temos respostas de como tudo aquilo aconteceu. 

E fora essa diferença na história, uma coisa que notei logo de cara foi que nessa nova versão temos uma escrita muito mais poética, que deu um ar totalmente diferente para a história. Eu particularmente tenho uma certa dificuldade para escritas poéticas porque acho que demoro mais na leitura. Mas não posso negar que a história ficou bem melhor assim. É a mesma história, só que maior e com mil novas possibilidades. Agora tenho menos ideia ainda do que virá pela frente na parte 2.

Mas o engraçado é que alguns dos personagens eu mudei minha opinião. A Cora mesmo, eu tinha ficado na dúvida se gostava ou não na primeira versão e aqui eu acabei gostando bem mais dela. A Alana fez mudanças sutis, mas que deu outro ar para a protagonista. Outro personagem que mudei a forma de ver foi o Azis que antes tinha sido meu personagem favorito, mas nesse eu fiquei com um pé atrás com ele. Os outros continuaram igual. E teve novos personagens inserido na história que não vou falar muito para não estragar a surpresa, mas vou dizer que foram ótimos acréscimos.

O clima de suspense e mistério continua o mesmo, a cada nova revelação eu mudava minhas teorias. Uma hora achava que sabia tudo, no capitulo seguinte via que não sabia nada. E confesso que estou muito curiosa para saber quem realmente está falando a verdade nessa história. Enfim, recomendo que leiam o livro. Eu que já tinha amado a versão anterior e não achava que dava para melhorar, acabei me rendendo e tiro meu chapéu para a Alana por mais essa história super bem escrita.

Nota:








12 comentários:

  1. Oi, Sil

    Como assim Rio sem Cristo Redentor? Que heresia! Hahahaha
    Que bom que você gostou ainda mais dessa repaginada e que até mudou de opinião sobre alguns personagens. Às vezes também acontece isso comigo quando releio algum livro. E que bom também que esse toque poético não te atrapalhou, também tenho um certo probleminha com esse estilo.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Love your post dear! If you want you can check out my blog.I write about fashion, beauty, and lifestyle.Maybe we can follow each other and be great blogger friends!

    http://herecomesaajla.blogspot.ba/

    ResponderExcluir
  3. Interessante reler a história e mudar sua perspectiva a cerca de personagens. Acho que vai muito de encontro a nós no momento de ler o livro também e da evolução que temos ao longo dos anos.. É tipo que nem rever um filme e ter outras visões sobre a história..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sil! Tudo bem?

    Não é a primeira vez que ouço falar bem desta autora e justamente por isto, tenho muita vontade de conhecer o trabalho dela, mas ainda não tive a oportunidade.
    Acho que já tinha ouvido falar deste livro, na primeira versão e tinham elogiado bem, mas com certeza me interessei nesta nova versão. Até por ser ambientada no nosso país o por ela criar essas diferenças, como o Rio de Janeiro sem o Cristo Redentor. É impossível imaginar.

    Beijos,
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  5. Hey Sil! Tudo bem?
    Acho que eu nunca li uma distopia policial, me parece ser bem diferente, e a história bem singular também.
    Obrigada pelo comentário lá no blog.
    Volte sempre!

    miiistoquente

    ResponderExcluir
  6. Não é um género que aprecie muito, mas a história pareceu-me interessante =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil
    O trabalho da Alana é sensacional, mas eu gosto mais dos livros românticos dela, até porque os demais gêneros não me agradam tanto assim. Que bom que você gostou das alterações, é bom saber que a autora não piorou e só acrescentou.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Sil
    Conheço a autora, mas ainda não li nada dela. Que legal você ter a oportunidade de reler e ainda com a história completa. Fiquei interessada na obra.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Sil, tudo bem? Nunca li nada da Alana, mas leio resenhas bem positivas dos livros dela. Embora distopia não seja meu gênero favorito, gostei da premissa e da ambientação, que bom que a autora soube fazer boas mudanças!

    Bjs, Mi


    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Olá Sil! Tudo bem?
    Ainda não li nada da Alana, mas amei ideia de distopia no rio! Gente, parece super original!! Fiquei bem curiosa!
    Beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sil!
    Eu tenho a primeira versão, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Que legal saber que as mudanças melhoraram a trama e te ver ver mais possibilidades e te fez gostar mais ainda. Fiquei curiosa para saber das mudanças.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  12. Oooi!
    Eu não conhecia ainda esse livro, mas olha fiquei chocada e super curiosa para ler, hahaha. Sério. De começo achei que a história nao ia me interessar, até porque nao faz muito meu estilo, mas conforme fui lendo a resenha fui me interessando ainda mais e mais. Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo