06 junho 2020

Resenha | Romance Entre Rendas - Loretta Chase

Livro: Romance Entre Rendas
Série: As Modistas #4
#1 - Sedução da Seda
#2 - Escândalo de Cetim
#3 - Volúpia de Veludo
Gênero: Romance de Época
Autora: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Ano: 2017

Resenha:
Na aristocracia inglesa os títulos são passados de pai para filho. O filho homem mais velho herda não somente o título, mas as propriedades e riquezas que a família venha a ter. Os outros filho ou contam com a caridade do irmão ou seguem alguma carreira como a militar, a sacerdotal ou a advocacia. Essa última foi a escolhida por George Radford. E seu filho Oliver desde pequeno já demonstra querer seguir os passos do pai. Em vez de brincar com seus primos e amigos ele prefere ficar com a cara enfiada em um livro, o que lhe rendeu o apelido de "corvo". Seus únicos amigos no colégio são Clevedon e Longmore, que parecem ser tão excluídos quanto Robert. E é através deles que Robert conhece Lady Clara Fairfax, irmã de Longmore que com seus nove anos já demonstra ter mais cérebro que muitas garotas mais velhas que ela. E no único encontro entre os dois Clara acaba com um dente lascado ao defender Radford de seu primo.

Mas essa lasca no dente não tira nada da beleza extraordinária de Clara, que é considerada a mulher mais linda de Londres e quem sabe até da Inglaterra. No alto dos seus vinte e dois anos Clara recebe uma proposta de casamento praticamente toda semana, as vezes até duas. Mas Clara ainda não aceitou nenhuma porque quer se casar com alguém que veja além de sua aparência. Uma vez ela quase foi obrigada a se casar com um vigarista, mas foi salva pelas irmãs Noirot, donas da Maison Noirot e hoje as irmãs contam com sua gratidão. Por isso sempre que pode Clara ajuda com a Sociedade das Costureiras para a Educação de Mulheres Desafortunadas, uma instituição criada pelas irmãs para dar uma profissão as mulheres que por um motivo ou outro são rejeitadas pela sociedade.

E quando uma dessas mulheres pede a ajuda de Clara para encontrar seu irmão mais novo que está metido com uma gangue, os caminhos de Clara e Radford voltam a se cruzar, já que ele é um advogado de renome reconhecido por ajudar os menos favorecidos. A princípio Radford nega a ajuda por achar que não tem nada a ser feito. E também ele está preocupado com outro assunto, porque justo ele pode vir a ser o próximo duque de Malvern  Mas quando ele fica sabendo que Clara esteve envolvida em um incidente com um dos piores jovens do submundo, ele decide intervir. Os dois conseguem salvar a criança, mas acabam fazendo um inimigo que vai fazer de tudo para se vingar dos dois. E Lady Clara fica doente e por sentir que a culpa é sua, Radford insiste em cuidar dela. E quanto mais tempo passam juntos mais eles se dão conta de que o amor não respeita classe social e logo os dois estão apaixonados.

“— Eu não teria feito dessa maneira
— Claro que não — disse ela. — Você é homem. Pode agir com mais liberdade. Eu estou amarrada por uma camisa de força de regras.”

Esse livro é considerado o quarto da série As Modistas, mas eu achei que é uma trilogia e esse um spin-off da história. As três irmãs modistas, apesar de serem citadas, nem aparecem nesse livro. Acho que esse quarto livro foi mais um presente para os fãs, e eu me incluo nessa, que queriam ler a história da Clara já que ela é uma presença constante na trilogia e se dá mal principalmente nos dois primeiros livros. E mais um motivo para eu achar que o livro não faz parte da trilogia é que a história muda completamente nesse livro, o foco é outro e mais parece um livro policial de época do que um romance. Tem romance sim, aliás um que fez meu coração derreter, mas a maior parte do tempo é ação e até um certo suspense.

Recomendo que esse livro seja lido somente depois de ter lido os outros três. Como disse a Clara participa ativamente das outras histórias. No primeiro ela é praticamente abandonada no altar por seu noivo que se apaixona por uma das modistas. No segundo ela se deixa envolver por um canalha da pior espécie e quase tem sua reputação arruinada. E no terceiro podemos ver que apesar de ter milhares de pretendentes ao seus pés, Clara praticamente desistiu do casamento. E só poderia mudar de ideia com alguém tão diferente dela e de todos que pediam sua mão e esse alguém é Radford. Eles são água e vinho, mas como dizem, os opostos se atraem. E isso foi o que deixou o romance entre eles gostoso de ler. Radford tratava Clara como uma igual, ele se recusava a tratar ela diferente por ser uma Lady e foi isso que conquistou Clara porque isso era tudo o que ela sempre quis.

Uma coisa que raramente vejo em um romance de época e que a autora mostrou bem nesse, foi a parte pobre da sociedade. A forma como eles viviam, as doenças, os ladrões, as dificuldades, tudo por não terem nascidos nobres. E a forma como os nobres fingem não ver que existe essa parte da cidade. Mas não Clara. Ela ajuda a quem precisa e faz o que está ao seu alcance e o que não está ela convence alguém a fazer por ela. E esse foi meu problema com ela e com o livro, o que até me fez tirar uma estrela da nota. Achei ela muito inconsequente. Não sei se por ter sido criada protegida, ela não conseguia ver os perigos que a cercavam. Acabou metida em várias confusões e quase morreu só por ser teimosa e sair fazendo tudo o que dava na telha.

Sou feminista, mas não é por querer meus direitos reconhecido que devo ser burra e tentar provar algo que eu nunca faria em sã consciência, e só estou fazendo para mostrar que posso. Não preciso levar um tiro ou algo pior só porque foi um homem que me disse que não saísse da carruagem durante uma batida policial. Acho que o bom senso sempre. Por isso tive uma relação de amor e ódio com Clara. Radford também me enervou em alguns momentos, mas dentre os protagonistas dessa "série", ele foi o que mais gostei. A capa está tão linda quanto as outras, mas assim como as outras não condiz com a protagonista. Enfim, é uma série que recomendo para quem gosta do gênero, mas ainda acho o livro O Príncipe dos Canalhas o melhor da autora.

Nota:










15 comentários:

  1. Oi, Sil como vai? A capa deste livro é muito atrativa. Que bom que você gostou da leitura. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Silvana. Que bom que gostou dos livros. Acho que essas leituras seriadas nesse estilo realmente não conseguem me atrair de primeira. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sil
    Acho legal que a Loretta sempre traz essa questão social nos livros dela, principalmente nesse último mas eu esperava mais. Gostei muito da Clara nos demais livros mas no dela não senti toda a conexão anterior, e acabei nem curtindo tanto a obra. Mesmo assim amo a capa e as obras da Loretta.
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Esse livro já me ganhou só pelo título, fiquei com muita vontade de ler
    Beijos ♡ Blog | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  5. Vou levar a sugestão!
    Aproveito para desejar a continuação de um bom domingo!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sil. Tudo bem?
    Gostei da questão social e amei o quote também, parece ser uma leitura interessante.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
  7. Oi Sil! Eu também queria muito um livro da Clara e esse volume foi um presente. Eu gosto muito da série e diferente de você, O Príncipe dos Canalhas é o que menos gosto da autora. O meu favorito dela é O último dos canalhas. Boa semana! Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Sil, esse e o segundo foram os que mais gostei da série. Confesso que não lembro bem da história kkkkkk
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  9. Eu não conheço a série, mas ela parece ser muito boa. Com relação a esse livro, concordo contigo, eu também sou feminista, mas eu não foi fazer algo que me machuque, por eu não saber fazer as coisas, só pra provar ao mundo que posso. No mais, parece ser um bom livro, pois amo romances policiais. Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  10. Oi Sil.
    Eu li a série dos Canalhas da autora e gostei bastante. Mas sinceramente, esse me chamou ainda mais atenção. Adoro coisas policiais e sinto que ia me apaixonar por essa história. Vou mergulhar nessa série.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  11. O livro parece nos deixar com sentimentos conflitantes. Eu ainda não conhecia, mas não costumo ler romances assim. E achei as capas bem combinadas entre si.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil, gosto muito das irmãs dessa série e também da Clara que merecia bastante um livro só dela. Sem contar essas capas maravilhosas! Estou sentindo falta de novos livros da Loretta!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Essa série está na minha extensa lista de desejados, mas, ainda pretendo a ler um dia! Adoro esse cenário de modistas e confecções, então, acho que tem tudo pra ser uma leitura especial pra mim.
    Gostei de saber que a autora fala desses assuntos pouco tratados no gênero, como a pobreza e o que ela acarreta.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil,
    Estou oficialmente ativa nos romances de época novamente e isso é culpa sua! kkkkkkkkk
    Eu parei de ler essa série do livro 3 e agora já quero voltar, rs.
    Ai Sil, vou abrir uma lista 'Indicações Prefácio' no meu caderninho só para não me perder.
    beeeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo