28 junho 2020

Resenha | Mais Forte Que o Sol - Julia Quinn


Livro: Mais Forte Que o Sol
Série: Irmãs Lyndon # 2
#1 - Mais Lindo Que A Lua
Gênero: Romance de época
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2018

Resenha:
Desde criança Eleanor Lyndon mostrou que tinha tino para os negócios. Quando sua irmã Victoria se apaixonou por Robert e eles começaram a se encontrar, Ellie aceitou de bom grado ser subornada por Robert para deixar os dois sozinhos. O namoro da irmã terminou por culpa de seu pai e do pai de Robert, mas Ellie guardou o dinheiro e soube investi-lo muito bem. Victoria ficou tão decepcionada com o pai que acabou indo embora de Kent e a Ellie só restou perdoar o pai e aguentar seus desmandos como vigário local. Mas com o dinheiro e os investimentos que fez, Ellie percebeu que pode ser uma mulher independente e nunca quis se casar com ninguém. Até agora.

Seu pai acaba de ficar noivo com a Sra. Foxglove e o passatempo predileto dela é dizer que Ellie com vinte e três anos é uma solteirona que precisa urgentemente de um marido. E se Ellie não encontrar alguém por vontade própria vai ter que se casar com quem a Sra. Foxglove escolher. Por isso quando um homem cai do céu nos seus pés, ela acha que isso pode ser um sinal. O homem é Charles Wycombe, o sedutor conde de Billington que na verdade caiu de um carvalho por estar muito bêbado. E assim como Ellie, Charles acredita que Deus ouviu suas preces já que tem quinze dias para encontrar uma esposa ou vai perder toda sua herança para seu primo ao completar trinta anos ainda solteiro.

O pouco tempo que passa com Ellie faz com que Charles veja a mulher interessante que está na sua frente e ele não pensa duas vezes antes de pedi-la em casamento. Ellie não pensava em se casar, mas com sua futura madrasta pressionando ela resolve aceitar o pedido de Charles, desde que ele consiga resgatar o dinheiro que ela investiu no nome do seu pai, já que por ser mulher ela não poderia fazer qualquer transação de negócios e agora não consegue retirar o dinheiro sozinha. Assim os dois fazem um trato de se casarem para cada um obter o seu dinheiro. Mas o problema é que eles mal conseguem se manter afastados um do outro e esse casamento de conveniência acaba por ser muito vantajoso para ambos.

"O cabelo dela, pensou de repente. O cabelo de Eleanor era da cor exata do sol em sua hora preferida do dia.
Seu coração se encheu de inesperada alegria, e ele sorriu."

Depois da decepção com o primeiro livro não estava esperando muito desse, mesmo que todas as resenhas que li falavam que esse segundo livro era bem melhor que o primeiro. Concordo com as resenhas. Se comparado ao primeiro livro, esse é bem superior, mas ainda assim ele é somente bom, não tem nada de extraordinário ou do que eu esperava sendo um livro de alguém que cria personagens como Os Bridgertons. Ou se compararmos aos livros da Tessa Dare ou da Sarah MacLean por exemplo, o livro é apenas mediano. Mas ainda assim é uma boa leitura para quem não leu muitos romances de época ainda.

No primeiro livro a autora abordou o tema amor a primeira vista e nesse segundo casamento por conveniência. Geralmente esse tema rende ótimos enredos para romances de época, mas mais uma vez eu achei que a autora se perdeu e não soube desenvolver bem a história. No começo até que ela foi bem, a ideia foi legal até certo ponto, mas a autora foi inserindo coisas que não tiveram muito desenvolvimento e ela até tentou inserir alguns mistérios que logo de cara o leitor já sabe quem é o responsável pelos acontecimentos e teve alguma ação no final, mas que também achei totalmente desnecessária. O que me fez dar um bom para o livro foram os protagonistas, que diferente do primeiro livro, me cativaram bastante.

Ellie já no livro da irmã chama a atenção e ela continua uma ótima personagem em sua própria história. Ellie é inteligente, engraçada, inocente na medida certa e junto com Charles protagonizou um romance para nenhum romântico de plantão colocar defeito. As cenas entre eles renderam boas risadas e os diálogos foram agradáveis. Mas infelizmente o romance em si não conseguiu sustentar a história que foi mal desenvolvida. E nem a Judith, uma fofura em forma de criança, conseguiu aumentar a nota do livro. Geralmente quando tem crianças nessas histórias, eu amo, mas aqui nem isso resolveu. E para não falar só coisas ruins, eu amei essa capa. É tão simples, mas ao mesmo tempo tão detalhista que entrou para minha lista de favoritas de capas de romances de época.

Nota:







19 comentários:

  1. Oi, Sil como vai? Que chato que o livro lhe desagradou. Às vezes acontece de a leitura não agradar totalmente não é mesmo! Espero que o próximo livro lhe agrade. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ah, 3 florzinhas ainda é bom sinal... rs Infelizmente a gente vai toda feliz, esperando que o livro seja tão bom quanto a sinopse, ou por ter um clichê que não tem como dar errado... mas acaba se perdendo no meio do caminho... é bem chato quando isso acontece, mas vida que segue. =)
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  3. Oi
    eu já li esse livro, é legalzinho mesmo, só que está longe de ser o melhor livro da autora, ontem finalizei simplesmente o paraíso da autora e também não foi uma grande leitura.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá...
    Eu já li essa duologia e gostei bastante da história! No geral, consegui me conectar bastante com a história e amei demais, mas, é claro preferi o primeiro volume rsrs...
    Entendo completamente suas ressalvas e inclusive esta série está longe de ser a melhor da Julia.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oiii Sil

    Se você que já lê romances de época não gostou, pra mim então certamente não funcionaria nadinha nesse livro, que pena que o romance não sustenta a trama, e nem a presença de personagens mais fofinhos, espero que o próximo da Quinn seja melhor. Faz tempo que não leio nada dessa autora, tive uma decepção grande com um outro livro dela e nunca mais li nada dela.
    A capa desse livro realmente ficou linda.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sil! Tudo bom?
    Vish, que dor quando uma autora dessas cria uma história só ok né D: quanto mais expectativa a gente tem mais quebra a cara. Nunca vejo muito sobre essa série então vou evitar e ficar com os Bridgertons mesmo UHASUHASUHASUHASUH

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá Silvana,
    Gostei da sua resenha e da sua opinião. Eu gostei desse livro, me diverti com algumas cenas, mas concordo que sempre espero mais dos livros da Julia. Entretanto, não gostei nada do primeiro então a falta de expectativa ajudou muito.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir
  8. Primeiramente quero dizer que o layout do blog está muito lindo!! Sobre esse livro, parece que não é o melhor da autora. Eu ainda não li nenhum dela, mas vejo tanto nos blogs e instagram literários que bateu aquela vontade. Qual você me recomendaria para começar? Obrigada. Beijinhos virtuais.

    ResponderExcluir
  9. mais uma sugestão literária que vou levar!
    Aproveito para desejar uma boa semana!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  10. Oi Sil!
    Romance de epoca nao e meu forte Sil, então sinceramente não tenho muito interesse em ler as obras da Julia. Com esses pequenos deslizes, ai é que me desanima. Casal que nao cativa, nao rola.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. A premissa é bem clichê né?! Vemos muito de casamento por conveniência/contrato em vários gêneros de livros. E é bem ruim quando a base do livro já é conhecida e ele além de não trazer nada de novo, ainda é mal desenvolvido. Não sei se leria esse livro, mas devo concordar com você, que a capa é mesmo bem bonita.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil.
    Eu concordo com você, dei 3 estrelinhas para os dois. Essa duologia foi fraca mesmo e por ter lido depois dos Bridgertons também fui com muita expectativa. Acontece.
    Bjus

    ResponderExcluir
  13. Sil, menina, o primeiro livro tb me decepcionou demais. Mas esse aqui... ahhh, eu amei! É um dos meus favoritos da Julia Quinn! Uma pena que vc não tenha curtido tanto, mas pelo menos ele não te decepcionou como o primeiro, né?! Já é uma vantagem, hehe!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    ResponderExcluir
  14. Oi. Esse não é o primeiro livro da autora que te deixa assim. Tenho a impressão que algo nela não te pega assim de jeito. Rsrs...

    ResponderExcluir
  15. Eu gostei desse livro, achei gostoso de ler e curti o casal também, melhor do que o livro anterior, de fato.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  16. Eu adoro a escrita da autora, mas ainda não li esse livros. Espero gostar.

    Abraço

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  17. Oi Sil,
    Dos romances de época, eu acho que a única autora que não sinto vontade de ler é a Julia Quinn. Sempre tem críticas mais negativas do que das outras autoras e acho que cansei um pouco desde as irmãs Smythe-Smith, tanto que nem terminei a série. rs
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi Sil
    Não lembro muito do enredo, somente que os protagonistas casaram por conveniência e tals, mas eu particularmente gostei bastante da obra. Talvez porque não tenha lido o primeiro, não sei. Senti que esse funcionou comigo, mas é uma pena que a experiência não tenha sido tão boa para você.
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo