02 fevereiro 2017

Resenha Premiada | Ninféias Negras - Michel Bussi


Livro: Ninféias Negras
Série: Não
Gênero: Policial
Autor: Michel Bussi
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Ano: 2017

Resenha:
Esse livro conta a história de três mulheres, que em comum, só tem o fato de morarem em Giverny e a vontade enorme de ir embora dela. Giverny é uma cidadezinha mundialmente conhecida, que atrai multidões do mundo todo por ter sido imortalizada por Claude Monet em seus quadros, ao pintar neles os jardins, a ponte japonesa e as ninfeias no laguinho da cidade.

A primeira mulher, a nossa narradora, é a mais velha delas, tem mais de 80 anos e é viúva. Ou quase. Ela mora em um moinho a beira de um regato e só usa preto. Ela tem um belo quadro e não está à procura de nada, mas sabe muitas coisas sobre as outras duas mulheres. Ela é a mais determinada das três, e é conhecida como a bruxa da cidade.

A segunda mulher, Stéphanie Dupain, tem 36 anos e nunca traiu seu marido. Ainda. Ela dá aulas e mora em um apartamento sobre a escola primária e sempre se maquia para o amante. Ela se interessa muito pelos artistas e está buscando o amor. Ela é a mais esperta das três, mas é a mais mentirosa também.

A terceira mulher, Fanette Morelle é a mais nova, está prestes a completar 11 anos e todos os meninos da escola queriam ser seu namorado. Ela sempre enfeita os cabelos para que voem ao vento e pinta muito bem. Ela vive com sua mãe numa casinha com as paredes descascadas, mas está à procura de um pai. Ela é a mais talentosa das três mulheres, mas a mais egoísta também.

Na visão das três mulheres, Giverny é como um grande e belo jardim cercado por grades, onde elas estão presas. Mas por 13 dias, essas grades se abrem. Precisamente dos dias 13 a 25 de maio. E elas veem sua grande chance de escapar. Mas existia uma regra: somente uma delas poderia sair, e para isso as outras duas terão que morrer.

"Olhe para esse jardim, inspetor, as rosas,  as estufas, o laguinho. Vou lhe revelar outro segredo. Giverny é uma armadilha! Um cenário maravilhoso, sem dúvida alguma. Quem poderia sonhar em viverem outro lugar? Um vilarejo tão bonito. Mas vou lhe confessar: o cenário está paralisado. Petrificado. É proibido mudar a decoração de qualquer casa, pintar uma parede, colher uma mísera flor. Dez leis proíbem tudo isso. Nos aqui vivemos dentro de um quadro. Estamos emparedados! Achamos que estamos no centro do mundo, que valemos a viagem, como se diz. Mas o que acaba escorrendo em nós é a paisagem, o cenário. Uma espécie de verniz que nos cola ao cenário. Um verniz diário de resignação."

E é no dia 13 de maio que nossa história ganha forma, quando um corpo é encontrado no lago imortalizado por Monet e a exemplo de seus quadros, o crime é como uma tela impressionista, onde nem a forma como a morto é assassinado está completamente claro, já que o morto, o médico Jérôme Morval, foi apunhalado no coração, teve sua cabeça esmagada por uma pedra e poderia ter se afogado, já que sua cabeça estava debaixo d'água. E no bolso do cadáver, um postal de Ninféias com uma citação de aniversário para alguém que completa onze anos.

Conforme os inspetores Laurenç Sérénac e Sylvio Bénavides começam a investigar, eles descobrem que o morto tinha duas paixões, à pintura, seu objetivo era ter um Ninféia de Monet, e as mulheres, cujo objeto de desejo era a professora da escola primária Stéphanie Dupain. Por isso eles começam a seguir três pistas distintas. O culpado tanto pode ser alguém ligado aos quadros, pode ser algum dos maridos traídos ou alguém ligado à criança do cartão postal. E para Bénavides a professora é uma forte candidata à assassina. Só que Sérénac está deslumbrado com ela e além de negar veemente sua culpa, ainda acredita que ela possa ser a próxima vítima.

"Em seus últimos meses de vida, Monet pintou Ninféias inacabadas, como as partituras do Réquiem de Mozart, se é que o senhor me entende. Pinceladas apressadas, uma corrida contra a morte, o cansaço e a cegueira. Telas herméticas, dolorosas, torturadas, como se ele houvesse mergulhado no próprio cérebro. Foram descobertas ninfeias de todas as cores pintadas com urgência sobre a tela: vermelho-fogo, azul monocromático, verde cadavérico... sonhos e pesadelos misturados. Só faltou uma única cor. A cor que Monet havia banido para todo sempre de suas telas. A que ele se recusava a usar. A ausência de cor, mas também a união de todas as cores."

Eu adoro romances policiais, vide que minha autora favorita é a rainha do gênero e quase surtei quando o livro Assassinato no Expresso do Oriente, meu livro favorito da vida, é citado pelo inspetor, mas isso não vem ao caso, o importante é que assim que vi a sinopse desse livro já fiquei intrigada e quis ler ele. Eu fiquei me roendo de curiosidade para saber como e onde as três mulheres se encaixavam no assassinato, qual era a ligação entre elas. E quando descobri fiquei de queixo caído.

A história não tem um grande suspense, ela é mais calma, vamos descobrindo as coisas aos poucos e a coisa vai crescendo e quando percebemos temos tantas pistas na nossa frente que é quase impossível vislumbrar uma solução para todo aquela trama. Eu formei mil teorias durante a leitura. E lá pela página 200 eu pensei em uma coisa que já tinha visto em um outro livro que gostei muito, mas não vou falar qual é para não soltar spoilers. E não é que era aquilo mesmo? Só que só a ideia era a mesma, o resto foi bem diferente e o autor foi genial no que ele escreveu.

A narrativa se dá em primeira e terceira pessoa. Primeira quando estamos vendo a história pelos olhos da narradora que não sabemos o nome e em terceira quando acompanhamos os detetives. E isso torna a história ainda mais interessante. E quando você pensa que aquilo tudo não vai dar em nada, o autor puxa todas as pontas soltas e explica a história toda do começo ao fim. Começo que precisei reler as primeiras páginas, porque depois de tudo explicado, vi todas as pistas que o autor tinha deixado na apresentação da história. 

Esse livro é daqueles que mesmo depois da última página lida você fica remoendo ele na mente e colocando todos os pingos nos is conversando com você mesmo. Eu lembrava de alguma coisa e pensava "ah, foi isso" ou "foi assim". E isso que na minha opinião torna um livro memorável. E além da história ótima, ainda temos personagens complexos e simples ao mesmo tempo, que aprendemos a amar e odiar ao longo da história e um cenário de tirar o fôlego. Depois que li O Código da Vinte comecei a me interessar por pinturas e aqui temos um passeio turístico pelas Ninféias de Monet.

A edição do livro está incrível e a capa tem tudo a ver com a história. Só me resta recomendar que leiam o livro. Não é apenas mais um romance policial. Com certeza ele é daqueles que vai virar um parâmetro e você vai comparar os livros que você ler depois, com ele.

Nota:


E em parceria com a Arqueiro o blog está sorteando um exemplar do livro para um sortudo. Tudo o que você tem que fazer para concorrer, é curtir a página da Editora no Facebook e comentar nessa resenha. Depois que fizer isso vão aparecer no formulário chances extras, mas só faz quem quiser, não é obrigatório.

Regras:
- Comentar na resenha algo que mostre que você leu o que está escrito
- Curtir a página da Arqueiro. Não é só para visitar, tem que curtir
- Ter endereço de entrega no Brasil
- As demais chances são opcionais
- O sorteio vai do dia 02/02 até o dia 28/02
- Qualquer dúvida deixe nos comentários





31 comentários:

  1. Oi, Sil

    Eu vi o kit que os blogueiros receberam desse livro e achei lindo.
    Lendo a sua resenha eu fiquei achando que quem matou foi a Fanette, mas daí fiquei pensando em como uma menina tão novinha seria capaz disso, como teria força como daria uma pedrada no homem...mas as coisas menos prováveis são a que mais chocam a gente, né? Enfim... eu sou bem ruim de palpite! Hahahahah
    Vou participar da promoção! \o/

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Vi que várias blogueiras literárias estavam postando fotos deste livro e eu estava curiosa para saber do que se tratava, mas sempre acabava me esquecendo de pesquisar. Quando entrei no seu blog e vi a resenha, aproveitei para saber do que se tratava o livro.
    Estou pasma. De boca aberta. Sabe quando você se interessa pelo livro só pela resenha? Sabe quando só de ouvir (ler) falar sobre o livro, você acha que já é ótimo!
    Preciso desse livro! Acho que vou me apaixonar pelo romance do livro, mas acho que vou gostar muito da menina de 11 anos, não sei o porquê, mas parece, entretanto, só vou saber mesmo quando ler!
    Amei a resenha, sério! Estou apaixonada pelo livro mesmo sem ter lido!
    Beijos...
    Magia é Sonhar
    Sorteio Marcadores de Página

    ResponderExcluir
  3. Já conhecia esse livro, pois já tinha visto na lista de lançamentos da editora arqueiro, porém e a primeira vez que leio resenha desse livro, e me surpreendi com essa história. Não tenho costume de ler livros do gênero de investigação policial, no entanto da para notar que todo esse envolvimento, e essa trama me pareceu bem construído, e meche com os nossos sentimentos, a ponto de querermos desvendar o que esta acontecendo. Estou muito curiosa para entender toda essa situação. Quero muito esse livro.

    ResponderExcluir
  4. Oi Sil
    Adoro livros policiais, eu acebei não solicitando este para editora, e me arrependi, pois vi muitos comentários positivos sobre e fiquei bem curiosa. Vou aproveitar e participar da promoção.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Sil preimeira resenha que leio desse livro, confesso que não tinha dado muita bola pra ele, mas depois da sua resenha fiquei bem interessada, participando do sorteio, espero ganhar rs!
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  6. Oie,
    não conhecia o livro, mas parece ser bem interessante
    Curti bastante a resenha, mesmo não curtindo a capa.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sil! Tudo bem? O louco dos policiais aqui tá querendo muito ler esse livro desde que anunciaram o lançamento dele. Isso que você falou dele virar um parâmetro para os próximos livros do gênero que lermos me empolgou demais! Vou participar da promoção e torcer muito para ganhar! ^^

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Silvana, eu vi a foto desse livro pelas redes sociais e estava curiosa para ver uma resenha sobre ele. Agora, depois da sua ótima resenha, estou extremamente curiosa para ler e descobrir qual a ligação das três personagens femininas, achei super tensa essa coisa de para uma sair, as outras duas terem que morrer.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Antes de tudo, devo frisar que a sua resenha ficou maravilhosa! E a história me pareceu bem complexa hahaha pensar no que as três mulheres tinham em comum, e o que levou a somente uma conseguir escapar. Adoro livros que nos forçam a pensar e ficar recaptulando a história toda depois que termina. São sempre os melhores.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Sil!

    Lá no blog a Marise está lendo e até agora não chegou numa conclusão, eu fico acompanhando a leitura dela e morrendo de curiosidade, confesso! Depois vou tentar ler tb, parece ser uma boa leitura, com um bom mistério.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Não conhecia o livro mas amei sua resenha! Adoro livros envolvendo esse tipo de mistério e pensar que três mulheres com vidas e idades diferentes possa estar envolvidas nisso é algo espetacular! Vou procurar mais sobre o livro.
    Beijos!
    http://focadasnoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ai meu Deus, preciso saber mais, preciso acompanhar esse desfecho, que resenha instigante menina, quase comi minhas unhas lendo sua resenha. adorei vou comprar esse livro sem falta. bjs

    Taynara Mello
    http://www.indicarlivros.com/2017/02/proximos-lancamentos-na-editora-arqueiro.html

    ResponderExcluir
  13. Oi Sil,
    Ah, eu também adoro o gênero então, estou bem curiosa sobre esse livro.
    Gostei das referências e agora você me deixou curiosa, com a relação ao outro enredo que lembra kkkk

    tenha um ótimo final de semana =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah esqueci de dizer, estou participando da promo.

      Excluir
  14. Oi, Sil!
    Nossa não sabia que esse livro era tudo isso não, logo de cara ele não me chamou muito a atenção, mas depois da sua resenha sei que vou precisar lê-lo! Haha
    É muito bom quanto terminamos um livro, e ele continua lá cativo em nossa mente, com certeza esse é melhor tipo de leitura.
    Não sou muito fã de romances policiais, mas eu gostaria de formular várias hipóteses com relação a essa trama! Haha
    Parabéns pela resenha! Participando do sorteio! :)

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Sil,
    Eu até que gostei desse livro, achei forte, sabe?
    Não é algo que eu esteja acostumada, mas reconheço que é bem inteligente.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Sil,

    Não costumo ler muitos livros assim, mas esse ano prometi que pegaria gêneros diferentes, e como todo esse suspensa me deixou curiosa vou participar do sorteio e torcer para ganhar.

    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  17. Oi, Sil.
    Eu também adoro romances policiais, embora eu não tenha lido muitos.
    Gostei muito da premissa de "Ninféias Negras". Essa mistura de suspense e pintura me interessa bastante.
    Estou participando do sorteio.

    Abraço!
    Tudo Online
    Participe do sorteio do livro "Febríssima"

    ResponderExcluir
  18. O livro parece ser bem interessante, não conhecia. Ser em primeira e terceira pessoa talvez me confundiria um pouco eu acho, mas interessante. Adorei e já estou participando do sorteio :D

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi, Sil!
    Terminei de ler esse livro esses dias e estou escrevendo a resenha. Que livro incrível, né?! Ao contrário de você, eu ainda não tinha lido nenhuma obra em que o autor fizesse o que Michel Bussi fez, então não desconfiei de nadinha. Também reli algumas páginas depois de descobrir tudo. Estava tudo ali! Adorei a leitura e a ambientação maravilhosa.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  20. Olá Sil,

    Recebi essa semana esse livro e estou super curioso, já tinha gostado demais do Voo da Libélula e as resenha que li desse livro me deixaram ainda mais animado, parabéns pela resenha...bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Sil, eu conhecia esse livro por causa de uma resenha que li á algum tempo no blog do Marcos, mas até tinha me esquecido dele. Eu gosto de romances policiais, não digo que é meu gênero favorito, mas lia muito dele na adolescência. Eu fiquei mega curiosa pelo fato das idades dessas três mulheres serem tão diferentes. Acho que isso dá uma visão diferenciada dos fatos né. Já quero ler o livro e claro que estou participando do sorteio. Tomara que eu ganhe porque ultimamente estou muito pé frio (rsrs).
    Beijos
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  22. Oi Sil! Eu estou doida para ler este livro, depois da sua resenha tenho certeza que vou amar. Adoro histórias que mexam com a gente desta forma.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  23. Nossa Sil
    Fiquei super interessada no livro, adoro história da arte e misturado com romance policial só pode ser perfeito (adoro o Dan Brown). Estou super curiosa sara saber quem e a assassina hahahaha

    ResponderExcluir
  24. Oi Sil,

    já tinha visto esse livo em vários outros blogs mas só agora li a resenha dele, e posso dizer que fiquei completamente fascinada pelo enredo tô louca pra descobrir tudo, achei bastante interessante ter personagens de tão diferentes idades e personalidades isso deve deixa a leitura bem mais interessante.

    ResponderExcluir
  25. Li um outro livro desse autor e gostei muito, então esse me deixou bem interessada. E parece que a história segue a mesma linha do outro, de ter a narrativa mais parada no começo e ir soltando as pistas ao poucos, atiçando a curiosidade, fazendo a gente criar teorias e etc. Acho que a graça fica por conta de tentar adivinhar a relação dessas três mulheres com o caso. E com o outro livro dele, quando cheguei ao final, também fui ler o começo porque percebi que ele soltava umas pistas bem lá no comecinho da historia que depois faziam total sentido. Achei isso legal. Vamos ver como esse vai ser. Espero ler, ele parece ser muito bom. E esse gênero é sempre tão interessante de ler. Adoro ficar fazendo minhas teorias =)

    ResponderExcluir
  26. SIL, mas já?
    Mulher você é um jatinho.
    Recebi esse livro semana passada e nem comecei a ler ainda. Estou muito curiosa para saber a história dessas 3 mulheres.
    Que excelente você fazer o sorteio de um livro tão desejado pelos leitores.
    Não vou participar, claro, já tenho o livro e não seria justo com os demais. Mas espero que quem ganhar adore o livro como você gostou.
    Beijos.

    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Nossa que resenha maravilhosa, já estava bastante interessada em ler esse livro pela sinopse e porque curto muito um romance policial, agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece super envolvente, preciso desse livro pra ontem.

    ResponderExcluir
  28. Achei bem misterioso esse assassinato, pois pra mim as três tem motivos para matá-lo ou melhor as duas não consegui imaginar um motivo pra bruxa fazer isso, agora estou na angustia querendo saber qual foi, isso é se foi uma delas rs. Fiquei intrigada porque só uma pode sair da cidade, qual o motivo, acho que a cidade também tem seus mistérios.

    ResponderExcluir
  29. Oi Sil,
    Somos suspeitas pela citação de "Assassinato no Expresso do Oriente", mas não tem como evitar haha, nessa parte da resenha o livro já me ganhou. Já fiz mil e uma teorias, vamos ver se alguma é a correta.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  30. Adoro livros de suspense, eu achei está história muito interessante!! Para uma trama diferente, três mulheres, com idades distintas, mas com o mesmo objetivo, ir embora da cidadezinha de Giverny !! Fiquei super curiosa para conhecer essas três mulheres!! Gosto de livros personagens bem construídos e desenvolvidos!! O livro parece ser cheio de pistas, mas o final nem sempre é aquilo que imaginamos. Fico admirada quando o autor consegue surpreender os leitores!!

    beti_bezerra@hotmail.com

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo